Perícia determina que estrada e handbike não influenciaram acidente de Zanardi

compartilhar
comentários
Perícia determina que estrada e handbike não influenciaram acidente de Zanardi
Por:

Documento com a investigação sobre o caso foram entregues em Siena nesta semana

O relatório sobre o acidente sofrido por Alex Zanardi foi entregue em Siena, na Itália. Após uma grande investigação, foi determinado que a estrada e a handbike do piloto não influenciaram no momento da batida, sendo removidas das causas que causaram a colisão em 19 de junho.

Enquanto o piloto segue em uma Unidade de Tratamento Semi-Intensiva no Hospital San Raffaele em Milão, o engenheiro Dario Vangi entregou o relatório técnico detalhando a dinâmica do acidente envolvendo o campeão da Indy e medalhista paralímpico.

Leia também:

Zanardi sofreu um acidente em junho, quando bateu de frente com um caminhão em movimento enquanto participava de uma prova de revezamento com outros ciclistas paralímpicos. Ele capotou duas vezes e bateu em um caminhão com reboque.

O italiano sofreu múltiplas fraturas no crânio por causa da colisão. O motorista do caminhão, cujo nome não foi revelado, é investigado pelo Ministério Público, mas seu advogado diz que o condutor foi pego de surpresa e ainda conseguiu evitar uma batida frontal.

Para realizar a análise técnica sobre o acidente, Vangi fez uma inspeção no ponto de impacto entre a handbike de Zanardi e o caminhão menos de um mês depois do caso. Ele usou o momento também para avaliar a condição da estrada.

Vangi também examinou a handbike de Zanardi, que foi apreendida após o acidente para verificação de possíveis falhas técnicas ou defeitos de construção que poderiam ter levado Zanardi ao acidente.

Segundo informações da investigação, nem a pista nem a handbike mostraram problemas. As únicas falhas encontradas no veículo de Zanardi são consequências do impacto contra o caminhão.

Porém, uma questão segue sem respostas: por que Zanardi derrapou naquele ponto e perdeu controle? Mas o que surgiu dessa consulta também é importante, evitando que o celular e o sistema de navegação de Zanardi sejam colocados como a causa do acidente.

Portanto, esse também não é o motivo para o italiano ter perdido o controle de sua handbike. Um processo foi aberto pelo Ministério Público de Siena, com o piloto do caminhão sendo colocado como suspeito de causar danos sérios. Porém, essa é apenas uma formalidade legal do acidente.

A trajetória do ídolo

Alex Zanardi teve algumas passagens pela F1 durante os anos 90, correndo por equipes como Minardi, Jordan e Williams. Nesse mesmo período, correu também pela Indy, onde teve seus melhores resultados, sendo campeão em 1997 e 1998.

O italiano sofreu um gravíssimo acidente em 2001 durante uma prova da Indy em Lausitzring, na Alemanha, quando rodou e parou no meio da pista, sendo acertado a mais de 300 km/h por Alex Tagliani. O grave acidente levou à amputação de suas pernas.

Cerca de dois anos depois, já estava de volta ao esporte a motor, competindo com a BMW no Campeonato Mundial de Turismo, e, no mesmo ano, venceu sua primeira prova na categoria, em etapa na Alemanha.

Seu percurso no mundo do esporte paralímpico começou dois anos depois, e, desde então, firmou-se como um dos maiores nomes do esporte adaptado. Ele tem seis medalhas paralímpicas, sendo quatro de ouro, duas conquistadas em Londres-2012 e outras duas na Rio-2016. Ele é o maior campeão da modalidade nos Jogos. Além disso, Zanardi possui dez ouros nos campeonatos mundiais da modalidade.

Uma das medalhas conquistadas na Rio-2016 veio no dia em que seu acidente na Alemanha completava 15 anos. Ele celebrou duplamente, afirmando que estava feliz por vencer no Brasil, em que não havia ganhado na época da Indy, que corria no antigo autódromo de Jacarepaguá. Desde que começou sua trajetória no ciclismo, Zanardi divide seu tempo entre a modalidade e o automobilismo. 

O relato de como Zanardi surpreendeu a todos na UTI e a inspiração de amar a vida

PODCAST: Motorsport.com debate a crise sem fim da Ferrari na temporada 2020 da F1

 

VÍDEO: Piloto sai ileso de capotagem 'feia' na Copa HB20 em Londrina

Artigo anterior

VÍDEO: Piloto sai ileso de capotagem 'feia' na Copa HB20 em Londrina

Próximo artigo

CEO da W Series diz que F1 terá uma piloto em breve

CEO da W Series diz que F1 terá uma piloto em breve
Carregar comentários

Sobre esta matéria

Categoria Geral
Pilotos Alex Zanardi
Autor Giacomo Rauli