Indy Toronto

Indy: Herta prejudicado pelo próprio cabelo após falha na balaclava em Toronto

Piloto da Andretti admitiu que perseguição a Scott Dixon e defesa diante de Felix Rosenqvist foram comprometidas ao fim da corrida pela falta de visibilidade

Colton Herta, Andretti Autosport w/ Curb-Agajanian Honda

Colton Herta, que largou da pole position na Indy, e conquistou seu primeiro pódio desde a vitória no GP de Indianápolis em maio, disse que teve o trabalho dificultado nos momentos finais da corrida por conta do seu famoso cabelo, que acabou caindo para frente e dificultou a sua visão. 

"Eu não conseguia ver muito porque meu cabelo caiu todo para frente, no meu rosto. Eu consegui ver o Felix quando entrei na curva 3. Eu meio que podia julgar a diferença...Eu estava olhando para os lados do meu visor em vez de olhar para frente."

Leia também:

Questionado se Rosenqvist havia o fechado porque ele usou muito os pneus tentando se aproximar de Dixon, Herta respondeu: "Não, eu honestamente acho que muito foi por conta da balaclava. Isso para uma desculpa esfarrapada e eu tento não dar desculpas. Mas, sim, eu não conseguia ver muito."

"Independentemente disso, mesmo que eu pudesse ver, Felix parecia estar realmente muito rápido, meio que no mesmo ritmo do Scott e nós parecíamos ter um pouco mais de degradação. No fim, eu estava começando a lutar onde Felix estava mais apto para sair das curvas e estar perto de mim. Talvez ele não estivesse lutando tanto"

"A balaclava que eu tenho precisa segurar muito cabelo, então consigo entender porque quebrou. Mas, é a primeira vez que eu vejo ou escuto algo do tipo. Vou para o corte do Felix na próxima semana!"

Herta insistiu que o remédio seria “usar um novinho em folha toda vez que eu corresse” em vez de cortar o cabelo porque “isso também resolveria as coisas, mas eu não vou”.

Questionado sobre alguns potenciais acessórios para o cabelo, Herta disse: "Cortar o meu cabelo e usar uma peruca ou algo assim? Eu não sei."

Colton Herta, Andretti Autosport w/ Curb-Agajanian Honda

Colton Herta, Andretti Autosport w/ Curb-Agajanian Honda

Photo by: Perry Nelson / Motorsport Images

Herta elogiou a equipe Andretti pelo ritmo nos quatros carros, afirmando: "O carro foi muito bom para toda a corrida. Andretti trouxe um bom pacote para cá e isso foi mostrado.

"[Alexander] Rossi estava correndo bem até eu não saber o que aconteceu [colisão com Rosenqvist]. Eu estava lá em cima também Todos os carros que ficaram entre os 12 primeiros na classificação conseguiram a pole, um segundo lugar ao fim da corrida. Eu estou feliz com isso. É bom voltar a ter um resultado assim depois do Mid-Ohio.

Herta, que está em oitavo no campeonato, a 97 pontos do líder com sete etapas para o fim, disse em relação a uma pergunta sobre um possível título: "Nós realmente precisamos acumular pódios e vitórias se quisermos ter alguma chance.

"Nós estamos bem atrás, talvez precisemos de um pouco de sorte e muitos resultados bons, mas podemos fazer isso."

 

Os melhores vídeos sobre esporte a motor estão no canal do Motorsport.com. Inscreva-se já, dê o like ('joinha') nos vídeos e ative as notificações para ficar por dentro de tudo o que rola em duas ou quatro rodas.

Podcast #186 – Vitória da Ferrari na casa da Red Bull é marco para recuperação no campeonato?

 

ACOMPANHE NOSSO PODCAST GRATUITAMENTE:

 

Faça parte da comunidade Motorsport

Join the conversation
Artigo anterior Dixon vence em Toronto e se torna o 2º maior vencedor da história da Indy ao lado de Mario Andretti
Próximo artigo Indy: Newgarden domina em Iowa e vence primeira corrida do fim de semana; Castroneves é 16º

Principais comentários

Ainda não há comentários. Seja o primeiro a comentar.

Cadastre-se gratuitamente

  • Tenha acesso rápido aos seus artigos favoritos

  • Gerencie alertas sobre as últimas notícias e pilotos favoritos

  • Faça sua voz ser ouvida com comentários em nossos artigos.

Motorsport prime

Descubra conteúdo premium
Assinar

Edição

Brasil