Power se culpa por resultado decepcionante em Long Beach

Australiano defendeu equipe, afirmando que maior erro foi na classificação e não em pit stop

Power se culpa por resultado decepcionante em Long Beach
Will Power, Team Penske Chevrolet
Will Power, Team Penske Chevrolet
Will Power, Team Penske Chevrolet
Will Power, Team Penske Chevrolet
Will Power, Team Penske Chevrolet
Will Power, Team Penske Chevrolet, Scott Dixon, Chip Ganassi Racing Chevrolet
Will Power, Team Penske Chevrolet

Will Power viu ruir suas esperanças de um bom resultado em Long Beach no domingo após uma segunda parada lenta nos pits. O que poderia ter rendido um lugar no pódio, lhe resultou apenas na sétima colocação. Power teve um problema na conexão da mangueira de combustível do carro #12 que o manteve parado por quatro segundos adicionais.

Em entrevista ao Motorsport.com, ele comentou o assunto.

"Em qualquer corrida normal, uma parada lenta significaria um pouco mais de trabalho a fazer na pista. Mas poderíamos ter feito isso, porque eu tinha o mesmo downforce, como Simon Pagenaud, vencedor da corrida."

"Mas tínhamos que atingir a nosso meta de combustível. Eu tinha entrado uma volta antes então, os resultados foram basicamente decidido pelos pit stops."

Power disse que seu mecânico, Quinton Washington, chegou a pedir desculpas quando ele estava saindo do carro após a prova, mas disse que não era necessário.

"Aquele cara acerta 99% do tempo", disse Power ", que é uma porcentagem melhor do que a minha, certo? Quero dizer, ele é totalmente consistente. Então disse, 'não há problema, cara."

"Eis uma verdade sobre todos os membros que tive este ano e no ano passado: eles me deram paradas realmente boas. É só olhar para quantas posições eles me fizeram ganhar."

Erro na classificação

Power acrescentou que, embora a extensa parada em Long Beach lhe custou um potencial lugar no pódio, ele acreditava que havia arruinado suas chances em erro antes, no dia anterior, no treino de classificação.

O piloto havia dominado duas sessões de treinos livres, no entanto, na classificação, ele deslizou em uma área de escape, enquanto aquecia seus freios e pneus antes de sua volta rápida.

Perguntado se a sexta posição no grid foi determinante para suas pretensões, ele respondeu: "sim, sim, acredito que sim."

compartilhar
comentários
Em meio a polêmicas, Danica comemora oito anos de vitória
Artigo anterior

Em meio a polêmicas, Danica comemora oito anos de vitória

Próximo artigo

Sato surpreende e é o mais rápido do dia em Barber

Sato surpreende e é o mais rápido do dia em Barber
Carregar comentários