MotoGP
18 out
-
20 out
Evento encerrado
25 out
-
27 out
Evento encerrado
01 nov
-
03 nov
Evento encerrado
15 nov
-
17 nov
Evento encerrado

Aprilia: Vitória de Dovizioso no Catar não deve ser retirada em apelação

compartilhar
comentários
Aprilia: Vitória de Dovizioso no Catar não deve ser retirada em apelação
Por:
21 de mar de 2019 12:11

CEO de time italiano diz que triunfo da Ducati em Losail não deveria ser questionado em audição sobre legalidade de aleta

O CEO da Aprilia Racing, Massimo Rivola, acredita que Andrea Dovizioso deva manter a vitória no GP do Catar, independentemente do resultado da apelação de sexta-feira referente à legalidade da aleta da Ducati.

A Ducati argumentará que seu polêmico apêndice deve permanecer em suas motos no Tribunal de Apelações da FIM na sexta-feira.

Rivola vai se juntar a representantes da Honda, Suzuki e KTM para que a solução seja banida, alegando que proporciona um benefício aerodinâmico.

Mas apesar de ter sido uma das forças por trás do protesto inicial contra a Ducati no Catar, Rivola acredita que o tribunal de recursos não deve tentar anular a vitória de Dovizioso.

"Não deve haver retroatividade no resultado, Dovizioso deve manter a sua vitória no Catar e, a partir do GP da Argentina, a Ducati deve correr sem este dispositivo em sua moto", disse Rivola à Motosprint.

"Poupe a vitória e comece a discutir uma nova regra sobre esse assunto."

No centro do caso da Ducati está o fato de o diretor técnico da MotoGP, Danny Aldridge, ter dado a aprovação ao fabricante italiano para usar a aleta à frente do pneu no Catar com o objetivo de arrefecer o pneu traseiro.

O diretor geral da Ducati, Gigi Dall'Igna, advertiu que a falta de respeito pelas decisões de Aldridge pode estabelecer um precedente perigoso.

"Tendo questionado o diretor técnico da Federação, que é o único por regulamento que pode decidir se algo montado na moto é legal ou não, existe o risco de nos tornarmos como uma cidade do velho oeste na qual o xerife foi morto". Dall'Igna disse ao MotoGP.com.

"Primeiro, eles questionaram o diretor técnico e questionaram o primeiro painel de comissários. Isso sugere uma total desconfiança da Federação."

No entanto, Rivola acha que Aldridge é culpado por não ter questionado a explicação da Ducati para o propósito da aleta.

"Eu acho que ele [Aldridge] deu sua aprovação com base nas informações que ele tinha, o que a Ducati deu a ele", acrescentou Rivola. "Mas ele não checou bem, ele confiou na explicação deles”.

"Se ele está agindo de boa fé, ele deve agora explicar o que ele entendeu mal nessa solução e, portanto, que a regra deve ser refeita.”

"O diretor técnico coleta mais informações, depois elabora um novo documento técnico e uma nova regra é adicionada. E todos estaríamos mais felizes."

Reportagem adicional por Matteo Nugnes 

Próximo artigo
Na MotoGP, vencedor da primeira corrida foi campeão 47% das vezes

Artigo anterior

Na MotoGP, vencedor da primeira corrida foi campeão 47% das vezes

Próximo artigo

Lorenzo: "É como se a Honda tivesse juntado C. Ronaldo e Messi"

Lorenzo: "É como se a Honda tivesse juntado C. Ronaldo e Messi"
Carregar comentários