Bagnaia assegura lugar na Ducati para MotoGP em 2019

Italiano garantiu contrato com fabricante italiana, se juntando à Pramac na próxima temporada

Bagnaia assegura lugar na Ducati para MotoGP em 2019
Francesco Bagnaia, Aspar MotoGP Team
Francesco Bagnaia, Sky Racing Team VR46
Francesco Bagnaia, Sky Racing Team VR46
Danilo Petrucci, Pramac Racing
Carregar reprodutor de áudio

Francesco “Pecco” Bagnaia, de 21 anos, que faz parte da Academia de Valentino Rossi, emergiu como uma opção para a Pramac, depois de uma forte temporada de novatos na Moto2.

Ele revelou estar em negociações avançadas com a marca italiana no mês passado, e agora entrará em sua segunda temporada na classe intermediária já com vistas à MotoGP para o ano seguinte, assegurando lugar na Pramac em 2019.

Bagnaia passou quatro anos na Moto3, como piloto de referência para a Mahindra, quando conquistou duas vitórias quando foi o quarto colocado em 2016.

Ele foi colocado na equipe VR46 de Rossi para sua graduação na Moto2 e terminou como o melhor novato em 2017 com o 5º lugar na classificação.

A Pramac colocará a GP18 para Danilo Petrucci e uma GP17 para o recém-chegado, Jack Miller, na próxima temporada da MotoGP.

Nenhum deles têm contrato após 2018, embora Miller seja amplamente esperado, Petrucci já confirmou que ele e a Pramac não estarão juntos depois de quatro temporadas.

Enquanto a maioria dos assentos da MotoGP ainda não foram confirmados após a temporada atual, Bagnaia se junta a uma crescente lista de pilotos que têm seus futuros pós-2018 garantidos.

Os novatos Franco Morbidelli e Xavier Simeon têm acordos plurianuais com seus respectivos times - Marc VDS Honda e Avintia Ducati, assim como Cal Crutchlow contratado pela Honda na LCR, enquanto o novo acordo entre Yamaha e Maverick Viñales vai até 2020.

compartilhar
comentários
Rossi: Após morte de Simoncelli, segui correndo "por amor"
Artigo anterior

Rossi: Após morte de Simoncelli, segui correndo "por amor"

Próximo artigo

Tech 3 e Yamaha anunciam separação a partir de 2019

Tech 3 e Yamaha anunciam separação a partir de 2019