MotoGP
R
GP do Catar
05 mar
-
08 mar
Próximo evento em
39 dias
R
GP da Tailândia
19 mar
-
22 mar
Próximo evento em
53 dias
R
GP das Américas
02 abr
-
05 abr
Próximo evento em
67 dias
R
GP da Argentina
16 abr
-
19 abr
Próximo evento em
81 dias
R
GP da Espanha
30 abr
-
03 mai
Próximo evento em
95 dias
R
GP da França
14 mai
-
17 mai
Próximo evento em
109 dias
R
GP da Itália
28 mai
-
31 mai
Próximo evento em
123 dias
R
GP da Catalunha
04 jun
-
07 jun
Próximo evento em
130 dias
R
GP da Alemanha
18 jun
-
21 jun
Próximo evento em
144 dias
R
GP da Holanda
25 jun
-
28 jun
Próximo evento em
151 dias
R
GP da Finlândia
09 jul
-
12 jul
Próximo evento em
165 dias
R
GP da República Tcheca
06 ago
-
09 ago
Próximo evento em
193 dias
R
GP da Áustria
13 ago
-
16 ago
Próximo evento em
200 dias
R
GP da Grã-Bretanha
27 ago
-
30 ago
Próximo evento em
214 dias
R
GP de San Marino
10 set
-
13 set
Próximo evento em
228 dias
R
GP de Aragón
01 out
-
04 out
Próximo evento em
249 dias
R
GP do Japão
15 out
-
18 out
Próximo evento em
263 dias
R
GP da Austrália
23 out
-
25 out
Próximo evento em
271 dias
R
GP da Malásia
29 out
-
01 nov
Próximo evento em
277 dias
R
GP de Valência
12 nov
-
15 nov
Próximo evento em
291 dias

Bautista: Momento de chance na Ducati é “irônico”

compartilhar
comentários
Bautista: Momento de chance na Ducati é “irônico”
Por:
25 de out de 2018 14:11

Espanhol acha curioso que primeira oportunidade na Ducati seja justamente em pior pista e com saída da MotoGP consumada

Álvaro Bautista diz que é "irônico" que sua primeira chance na Ducati na MotoGP tenha chegado depois que anunciou sua saída do campeonato para a temporada de 2019.

Bautista corre na MotoGP desde 2010, e pilotou para Suzuki, Honda e Aprilia antes de se juntar à equipe da Aspar Ducati no ano passado. Ele é o 12º na classificação deste ano com três corridas pela frente.

O piloto de 33 anos não conseguiu garantir um lugar no grid para 2019 depois de perder a vaga na SIC Yamaha para o piloto da Moto2, Fabio Quartararo, mas ele seguirá na Ducati no Mundial de Superbike.

Neste final de semana, Bautista foi chamado para substituir o lesionado Jorge Lorenzo em Phillip Island.

"É irônico que hoje eu seja um piloto oficial da Ducati e em 2019 eu não esteja aqui", disse ele. "Mas o que eu fizer não vai mudar nada para o próximo ano."

Bautista, que pilota uma moto de 2017 na equipe Angel Nieto, fará sua estreia na Ducati GP18 em Phillip Island, uma das pistas mais fracas para o time.

"Esta oportunidade vem no pior circuito possível para a Ducati", admitiu ele. "No momento não quero esperar nada.”

"Subi na moto do Jorge ontem e é muito diferente da minha, por isso começaremos com coisas básicas. No meu caso, o tanque é mais estreito que o meu. O Jorge pilota muito com a parte de baixo do corpo e eu com os braços.”

"Olhe para Jorge e Andrea Dovizioso e você vê que eles pilotam de forma diferente. O que está claro é que a Ducati que eu terei é mais rápida nas retas."

Bautista acrescentou que está cada vez mais empolgado com a sua temporada de 2019 na WSBK, já que ele e Chaz Davies têm a tarefa de transformar a nova moto V4 Panigale da Ducati em vencedora.

"Minha situação não é confortável, mas estou calmo. Sei que tenho que me concentrar no meu trabalho", disse ele.

"Estou feliz por ser piloto oficial na WSBK e cada vez que penso nisso fico mais e mais entusiasmado, porque a Ducati fez um grande esforço neste projeto."

Próximo artigo
Rossi: Márquez não tem nada a provar saindo da Honda

Artigo anterior

Rossi: Márquez não tem nada a provar saindo da Honda

Próximo artigo

Viñales revela reunião pouco amistosa com Yamaha após Motegi

Viñales revela reunião pouco amistosa com Yamaha após Motegi
Carregar comentários

Sobre esta matéria

Categoria MotoGP
Evento GP da Austrália
Sub-evento Thursday
Pilotos Alvaro Bautista
Equipes Ducati Team Compre Agora
Autor David Gruz