Dani Pedrosa anuncia aposentadoria das pistas

Espanhol anunciou nesta quinta-feira em Sachsenring, que está deixando a MotoGP após a temporada 2018

Dani Pedrosa anuncia aposentadoria das pistas
Dani Pedrosa, Repsol Honda Team
Dani Pedrosa, Repsol Honda Team
Dani Pedrosa, Repsol Honda Team
Dani Pedrosa, Repsol Honda Team
Press Conference, Dani Pedrosa, Repsol Honda Team
Carregar reprodutor de áudio

Após meses de indefinição sobre seu futuro, Dani Pedrosa anunciou nesta quinta-feira, em uma coletiva de imprensa em Sachsenring, palco da etapa deste fim de semana da MotoGP, que se aposentará das pistas após a temporada 2018.

O piloto de 32 anos está no meio da pior campanha desde sua estreia nas 125cc em 2001, tendo marcado apenas 41 pontos em oito corridas, 99 menos do que o companheiro de equipa da Honda, Marc Márquez.

No mês passado, foi confirmado que Pedrosa deixará a equipe Honda no final de 2018 e será substituído por Jorge Lorenzo, que neste ano disputa sua última temporada com a Ducati.

Pedrosa admitiu na semana passada que a falta de certeza sobre seu futuro estava afetando suas performances na pista, enquanto Marc Márquez sugeriu que os problemas de seu companheiro de equipe são estão ligados à falta de motivação.

Leia também:

Os melhores resultados de Pedrosa neste ano foram dois quintos lugares em Le Mans e Barcelona, enquanto ele terminou em 15º em Assen.

A aposentadoria de Pedrosa abre uma oportunidade inesperada para outro piloto estar ao lado de Franco Morbidelli na nova equipe satélite da Yamaha, fortemente ligada a Pedrosa, na próxima temporada.

O piloto Álvaro Bautista, da Nieto Ducati, já declarou que seu futuro na MotoGP estava diretamente ligado à decisão de Pedrosa, enquanto Bradley Smith, da KTM, disse que estava perdendo sua vaga para Johann Zarco.

compartilhar
comentários
Márquez luta para ampliar domínio em Sachsenring
Artigo anterior

Márquez luta para ampliar domínio em Sachsenring

Próximo artigo

Azarado, Pedrosa é o mais bem-sucedido da MotoGP sem título

Azarado, Pedrosa é o mais bem-sucedido da MotoGP sem título