Gibernau: Batida com Rossi em Jerez em 2005 abriu precedente ruim na MotoGP

O ex-piloto da MotoGP falou que sua batida infame com Rossi "abriu a porta" para tornar o contato algo aceito na categoria

Gibernau: Batida com Rossi em Jerez em 2005 abriu precedente ruim na MotoGP

Sete Gibernau, que venceu nove corridas ao longo de sua carreira na MotoGP, teve uma rivalidade amarga com Valentino Rossi no começo dos anos 2000, com um incidente na última curva do circuito de Jerez, quando Rossi bateu em Gibernau tirando-o da pista para garantir a vitória, sendo considerado o mais famoso entre os dois.

Falando para o canal BT Sport após uma reprise desse GP em Jerez em 2005 como parte de uma série de grandes corridas da MotoGP, Gibernau falou que o que se entende como corrida foi alterado após aquele dia, negativamente, abrindo um precedente para uma MotoGP mais agressiva.

Leia também:

"Eu não sei quantas vezes falamos sobre aquela curva, mas quanto mais tempo passa, mais eu entendo que após aquilo, as coisas mudaram", falou Gibernau, que voltou ao mundial no ano passado na MotoE, após sua aposentadoria da MotoGP em 2009.

"Muitas pessoas estavam vendo aquele movimento, e a partir dali, abriu a porta para acontecer mais vezes. No final da corrida, nós fizemos o que achávamos que era melhor para o campeonato. Mas, desde então, as coisas mudaram na MotoGP e como os pilotos correm, o que é algo que eu não concordo".

A MotoGP tem uma abordagem mais relaxada para uma pilotagem agressiva, em comparação com outras categorias.

Em 2013, Marc Márquez escapou de uma punição após um movimento similar em cima de Jorge Lorenzo na mesma curva, para garantir o segundo lugar na última volta, sendo apenas um de muitos casos similares que foram classificados como contato aceitável.

Quando perguntado se a direção de prova teria olhado para aquele incidente se ele tivesse acontecido hoje, Gibernau respondeu: "Pra falar a verdade, acho que não. Eu tenho opiniões diferentes sobre isso, que não minha, e, como disse, não preciso estar certo ou errado".

"Eu não quero que ninguém se machuque. É uma de minhas prioridades e é como eu entendo o esporte e a corrida".

Falando mais sobre isso, Gibernau acredita que é necessário fazer mais para erradicar esse tipo de pilotagem, apesar de admitir que seria algo difícil.

"A MotoGP já é tão perigosa que na minha opinião deveríamos juntar todos os nossos conhecimentos para evitar esses tipos de situação", acrescentou. "É algo difícil de fazer? Sim. É impossível? Não acho".

"É a responsabilidade de quem estiver a frente do campeonato e colocar as regras para evitar estes tipos de situação, porque, como eu digo, estamos arriscando mais que apenas uma queda".

GALERIA: A carreira de Valentino Rossi na MotoGP

1996 (125cc) - 9º no mundial (1 vitória), 111 pontos
1996 (125cc) - 9º no mundial (1 vitória), 111 pontos
1/42

Foto de: Gold and Goose / Motorsport Images

1997 (125cc) - Campeão (11 vitórias), 321 pontos
1997 (125cc) - Campeão (11 vitórias), 321 pontos
2/42

Foto de: Gold and Goose / Motorsport Images

1998 (250cc) - Vice-campeão (5 vitórias), 201 pontos
1998 (250cc) - Vice-campeão (5 vitórias), 201 pontos
3/42

Foto de: Gold and Goose / Motorsport Images

1998, GP de Imola (250cc)
1998, GP de Imola (250cc)
4/42

Foto de: Gold and Goose / Motorsport Images

1999 (250cc) - Campeão (9 vitórias), 309 pontos
1999 (250cc) - Campeão (9 vitórias), 309 pontos
5/42

Foto de: Gold and Goose / Motorsport Images

1999, GP da Itália (250cc)
1999, GP da Itália (250cc)
6/42

Foto de: Aprilia Racing

1999, GP de Imola (250cc)
1999, GP de Imola (250cc)
7/42

Foto de: Gold and Goose / Motorsport Images

2000 - Vice-campeão (2 vitórias), 209 pontos
2000 - Vice-campeão (2 vitórias), 209 pontos
8/42

Foto de: Gold and Goose / Motorsport Images

2001 - Campeão (11 vitórias), 325 pontos
2001 - Campeão (11 vitórias), 325 pontos
9/42

Foto de: Marlboro Yamaha Team

2001, GP da Itália
2001, GP da Itália
10/42

Foto de: Gold and Goose / Motorsport Images

2002 - Campeão (11 vitórias), 355 pontos
2002 - Campeão (11 vitórias), 355 pontos
11/42

Foto de: Gold and Goose / Motorsport Images

2003 - Campeão (9 vitórias), 357 pontos
2003 - Campeão (9 vitórias), 357 pontos
12/42

Foto de: Gold and Goose / Motorsport Images

2003, GP de Valência
2003, GP de Valência
13/42

Foto de: Richard Sloop

2004 - Campeão (9 vitórias), 304 pontos
2004 - Campeão (9 vitórias), 304 pontos
14/42

Foto de: Gauloises Fortuna Racing

2005 - Campeão (11 vitórias), 367 pontos
2005 - Campeão (11 vitórias), 367 pontos
15/42

Foto de: Gauloises Fortuna Racing

2005, GP dos EUA
2005, GP dos EUA
16/42

Foto de: Gauloises Fortuna Racing

2005, GP de Valência
2005, GP de Valência
17/42

Foto de: Gauloises Fortuna Racing

2006 - Vice-campeão (5 vitórias), 247 pontos
2006 - Vice-campeão (5 vitórias), 247 pontos
18/42

Foto de: Camel Media Service

2007 - 3º no mundial (4 vitórias), 241 pontos
2007 - 3º no mundial (4 vitórias), 241 pontos
19/42

Foto de: Yamaha Motor Racing

2007, GP da Holanda
2007, GP da Holanda
20/42

Foto de: Yamaha Motor Racing

2007, GP da Austrália
2007, GP da Austrália
21/42

Foto de: Yamaha Motor Racing

2008 - Campeão (9 vitórias), 373 pontos
2008 - Campeão (9 vitórias), 373 pontos
22/42

Foto de: Bob Heathcote

2008, GP da Catalunha
2008, GP da Catalunha
23/42

Foto de: Yamaha Motor Racing

2009 - Campeão (6 vitórias), 306 pontos
2009 - Campeão (6 vitórias), 306 pontos
24/42

Foto de: Bridgestone Corporation

2009, GP de Portugal
2009, GP de Portugal
25/42

Foto de: Yamaha Motor Racing

2010 - 3º no mundial (2 vitórias), 233 pontos
2010 - 3º no mundial (2 vitórias), 233 pontos
26/42

Foto de: Bridgestone Corporation

2010, GP dos EUA e de Indianápolis
2010, GP dos EUA e de Indianápolis
27/42

Foto de: Yamaha Motor Racing

2011 - 7º no mundial (0 vitórias), 139 pontos
2011 - 7º no mundial (0 vitórias), 139 pontos
28/42

Foto de: Ducati Corse

2012 - 6º no mundial (0 vitórias), 163 pontos
2012 - 6º no mundial (0 vitórias), 163 pontos
29/42

Foto de: Ducati Corse

2013 - 4º no mundial (1 vitória), 237 pontos
2013 - 4º no mundial (1 vitória), 237 pontos
30/42

Foto de: Yamaha MotoGP

2014 - Vice-campeão (2 vitórias), 295 pontos
2014 - Vice-campeão (2 vitórias), 295 pontos
31/42

Foto de: Yamaha MotoGP

2015 - Vice-campeão (4 vitórias), 325 pontos
2015 - Vice-campeão (4 vitórias), 325 pontos
32/42

Foto de: Yamaha MotoGP

2016 - Vice-campeão (2 vitórias), 249 pontos
2016 - Vice-campeão (2 vitórias), 249 pontos
33/42

Foto de: Yamaha MotoGP

2017 - 5º no mundial (1 vitória), 208 pontos
2017 - 5º no mundial (1 vitória), 208 pontos
34/42

Foto de: Gold and Goose / Motorsport Images

2018 - 3º no mundial (0 vitórias), 198 pontos
2018 - 3º no mundial (0 vitórias), 198 pontos
35/42

Foto de: Gold and Goose / Motorsport Images

2019 - 7º no mundial
2019 - 7º no mundial
36/42

Foto de: Gold and Goose / Motorsport Images

Corridas disputadas: 341 (apenas na MotoGP) / 402 (total)
Corridas disputadas: 341 (apenas na MotoGP) / 402 (total)
37/42

Foto de: Gold and Goose / Motorsport Images

Vitórias na MotoGP: 89
Vitórias na MotoGP: 89
38/42

Foto de: Gold and Goose / Motorsport Images

Pódios na MotoGP: 198
Pódios na MotoGP: 198
39/42

Foto de: Gold and Goose / Motorsport Images

Pontos conquistados: 5.297
Pontos conquistados: 5.297
40/42

Foto de: Gold and Goose / Motorsport Images

Etapa com maior número de vitórias: GP da Holanda, em Assen, com 8 vitórias
Etapa com maior número de vitórias: GP da Holanda, em Assen, com 8 vitórias
41/42

Foto de: Gold and Goose / Motorsport Images

Vitórias no GP do Rio de Janeiro em Jacarepaguá: 6
Vitórias no GP do Rio de Janeiro em Jacarepaguá: 6
42/42

Foto de: Gold and Goose / Motorsport Images

4 vitórias na MotoGP / 500cc (2000 - 2003) / 1 vitória na 250cc (1999) / 1 vitória na 125cc (1997) / Valentino só não ganhou no Rio de Janeiro em 2004, devido a um acidente na oitava volta

VÍDEO: Por que a Aston Martin voltará para a Fórmula 1 em 2021

PODCAST: Quem são os maiores comunicadores do automobilismo na TV brasileira?

 

 

 

compartilhar
comentários
Dorna fica "feliz" com temporada de 10 corridas para MotoGP
Artigo anterior

Dorna fica "feliz" com temporada de 10 corridas para MotoGP

Próximo artigo

ANÁLISE: Explicando o pacote de auxílio de 50 milhões de reais da Dorna para a MotoGP

ANÁLISE: Explicando o pacote de auxílio de 50 milhões de reais da Dorna para a MotoGP
Carregar comentários