MotoGP
R
GP do Catar
05 mar
-
08 mar
Próximo evento em
38 dias
R
GP da Tailândia
19 mar
-
22 mar
Próximo evento em
52 dias
R
GP das Américas
02 abr
-
05 abr
Próximo evento em
66 dias
R
GP da Argentina
16 abr
-
19 abr
Próximo evento em
80 dias
R
GP da Espanha
30 abr
-
03 mai
Próximo evento em
94 dias
R
GP da França
14 mai
-
17 mai
Próximo evento em
108 dias
R
GP da Itália
28 mai
-
31 mai
Próximo evento em
122 dias
R
GP da Catalunha
04 jun
-
07 jun
Próximo evento em
129 dias
R
GP da Alemanha
18 jun
-
21 jun
Próximo evento em
143 dias
R
GP da Holanda
25 jun
-
28 jun
Próximo evento em
150 dias
R
GP da Finlândia
09 jul
-
12 jul
Próximo evento em
164 dias
R
GP da República Tcheca
06 ago
-
09 ago
Próximo evento em
192 dias
R
GP da Áustria
13 ago
-
16 ago
Próximo evento em
199 dias
R
GP da Grã-Bretanha
27 ago
-
30 ago
Próximo evento em
213 dias
R
GP de San Marino
10 set
-
13 set
Próximo evento em
227 dias
R
GP de Aragón
01 out
-
04 out
Próximo evento em
248 dias
R
GP do Japão
15 out
-
18 out
Próximo evento em
262 dias
R
GP da Austrália
23 out
-
25 out
Próximo evento em
270 dias
R
GP da Malásia
29 out
-
01 nov
Próximo evento em
276 dias
R
GP de Valência
12 nov
-
15 nov
Próximo evento em
290 dias

Lorenzo admite receio de ficar paralisado antes de decidir por aposentadoria

compartilhar
comentários
Lorenzo admite receio de ficar paralisado antes de decidir por aposentadoria
Por:
28 de dez de 2019 14:56

Tricampeão da MotoGP relatou que falta de motivação e receio em novas quedas aceleraram decisão de sair do maior campeonato da motovelocidade aos 32 anos

O calvário das lesões de Jorge Lorenzo começou em 2018, no GP de Aragón, quando caiu no na primeira curva. A partir daí, ainda com a Ducati, o espanhol sofreu uma série de lesões que o impediram de iniciar seu primeiro ano com a Honda em condições normais.

Nunca, em seu período com a equipe Repsol, Lorenzo esteve 100% fisicamente, o que condicionou sua adaptação e causou falta de motivação essencial para ser competitivo.

Leia também:

Embora o espanhol possuísse razões para encerrar sua carreira, a queda que definiu seu destino foi em Assen, em junho, quando duas vértebras foram fraturadas e ele esteve próximo de sofrer graves sequelas.

Em entrevista ao canal britânico BT Sport, Lorenzo reconheceu que “as lesões aceleraram a decisão. Sem elas, eu poderia ter ficado e tentado ser competitivo com a Honda.”

Desde sua estreia na categoria principal em 2008, Lorenzo teve que conviver com fortes quedas, como a sofrida no GP da China do mesmo ano, quando teve os tornozelos fraturados, o golpe na cabeça em alta velocidade no GP da Catalunha, também em 2008, que o deixou inconsciente por dois dias, ou a operação da clavícula em 2013.

“Voltar de uma lesão é um processo longo. Mas se você continuar correndo, a confiança se recupera. Foi o mesmo em 2008”, lembra ele do período difícil.

“Naquela temporada, sofri cinco grandes lesões, a última, um golpe na cabeça, que não me lembro de nada. Quando voltei a correr, estava muito lento, mas fiquei melhor. Terminei em segundo lugar em 2009 e ganhei o título de 2010. Portanto, é possível retornar com sucesso, mas isso leva tempo”, argumentou.

Mas esse período de recuperação, aos 32 anos, Lorenzo vê que não tem agora.

“Foi uma combinação de coisas: lesões, uma moto que não se encaixava no meu estilo, falta de motivação e paciência para esperar mais um ano. Especialmente na minha idade."

Apesar de seus argumentos, Lorenzo reconhece que a decisão final foi motivada pelo que aconteceu em Assen neste ano.

“Lesões nas costas são sempre difíceis. Isso é algo sério, não é como na mão ou no pé. Na pior das hipóteses, eu poderia ter ficado paralisado. Por isso, não queria mais cair”, reconheceu.

Após o fim de semana em Barcelona, ​​Lorenzo sofreu uma nova queda forte no teste realizado na segunda-feira.

"Vimos as imagens da queda na câmera onboard com Alberto Puig e ele estava preocupado", revela. “A partir daí, comecei a ter medo de me machucar. Apenas alguns dias depois, veio a grave queda de Assen.”

Um acidente que fraturou duas vértebras nas costas que o impediu de disputar quatro corridas.

“A partir desse momento, me perguntei o que estava fazendo. Durante a recuperação, em casa, meditei sobre o assunto, pensei em continuar, me dar outra chance. Mas a verdade é que não consegui encontrar a motivação necessária para continuar”, concluiu.

Relembre todos os campeonatos de Lorenzo nas 125cc, Moto2 e MotoGP

Galeria
Lista

2002: 125cc, 21º - Jorge Lorenzo - Caja Madrid Derbi Racing

2002: 125cc, 21º - Jorge Lorenzo - Caja Madrid Derbi Racing
1/36

Foto de: Gold and Goose / Motorsport Images

2002: 125cc, 21º - Jorge Lorenzo e Youichi Ui, Derbi - Caja Madrid Derbi Racing

2002: 125cc, 21º - Jorge Lorenzo e Youichi Ui, Derbi - Caja Madrid Derbi Racing
2/36

Foto de: Derbi

2003: 125cc, 12º - Jorge Lorenzo - Caja Madrid Derbi Racing

2003: 125cc, 12º - Jorge Lorenzo - Caja Madrid Derbi Racing
3/36

Foto de: Gold and Goose / Motorsport Images

2004: 125cc, 4º - Jorge Lorenzo - Caja Madrid Derbi Racing

2004: 125cc, 4º - Jorge Lorenzo - Caja Madrid Derbi Racing
4/36

Foto de: Gold and Goose / Motorsport Images

2005: 250cc (Moto2), 5º - Jorge Lorenzo - Fortuna Honda

2005: 250cc (Moto2), 5º - Jorge Lorenzo - Fortuna Honda
5/36

Foto de: Gold and Goose / Motorsport Images

2005: 250cc (Moto2), 5º - Jorge Lorenzo - Fortuna Honda; Dani Pedrosa

2005: 250cc (Moto2), 5º - Jorge Lorenzo - Fortuna Honda; Dani Pedrosa
6/36

Foto de: Gold and Goose / Motorsport Images

2006: 250cc (Moto2), Campeão - Jorge Lorenzo - Fortuna Aprilia

2006: 250cc (Moto2), Campeão - Jorge Lorenzo - Fortuna Aprilia
7/36

Foto de: Gold and Goose / Motorsport Images

2006: 250cc (Moto2), Campeão - Jorge Lorenzo - Fortuna Aprilia; Andrea Dovizioso e Alex De Angelis

2006: 250cc (Moto2), Campeão - Jorge Lorenzo - Fortuna Aprilia; Andrea Dovizioso e Alex De Angelis
8/36

Foto de: Gold and Goose / Motorsport Images

2007: 250cc (Moto2), Campeão - Jorge Lorenzo - Fortuna Aprilia

2007: 250cc (Moto2), Campeão - Jorge Lorenzo - Fortuna Aprilia
9/36

Foto de: Toni Börner

2007: 250cc (Moto2), Campeão - Jorge Lorenzo - Fortuna Aprilia; Andrea Dovizioso e Álvaro Bautista

2007: 250cc (Moto2), Campeão - Jorge Lorenzo - Fortuna Aprilia; Andrea Dovizioso e Álvaro Bautista
10/36

Foto de: Gold and Goose / Motorsport Images

2008: MotoGP, 4º - Jorge Lorenzo - Yamaha

2008: MotoGP, 4º - Jorge Lorenzo - Yamaha
11/36

Foto de: Toni Börner

2008: MotoGP, 4º - Jorge Lorenzo - Yamaha; Dani Pedrosa e Valentino Rossi

2008: MotoGP, 4º - Jorge Lorenzo - Yamaha; Dani Pedrosa e Valentino Rossi
12/36

Foto de: Yamaha Motor Racing

2009: MotoGP, 2º - Jorge Lorenzo - Yamaha

2009: MotoGP, 2º - Jorge Lorenzo - Yamaha
13/36

Foto de: Gold and Goose / Motorsport Images

2009: MotoGP, 2º - Jorge Lorenzo - Yamaha

2009: MotoGP, 2º - Jorge Lorenzo - Yamaha
14/36

Foto de: Gold and Goose / Motorsport Images

2010: MotoGP, Campeão - Jorge Lorenzo - Yamaha

2010: MotoGP, Campeão - Jorge Lorenzo - Yamaha
15/36

Foto de: Yamaha Motor Racing

2010: MotoGP, Campeão - Jorge Lorenzo - Yamaha

2010: MotoGP, Campeão - Jorge Lorenzo - Yamaha
16/36

Foto de: Hazrin Yeob Men Shah

2011: MotoGP, 2º - Jorge Lorenzo - Yamaha

2011: MotoGP, 2º - Jorge Lorenzo - Yamaha
17/36

Foto de: Bridgestone Corporation

2011: MotoGP, 2º - Jorge Lorenzo - Yamaha

2011: MotoGP, 2º - Jorge Lorenzo - Yamaha
18/36

Foto de: Yamaha Motor Racing

2011: MotoGP, 2º - Jorge Lorenzo - Yamaha

2011: MotoGP, 2º - Jorge Lorenzo - Yamaha
19/36

Foto de: Yamaha Motor Racing

2012: MotoGP, Campeão - Jorge Lorenzo - Yamaha

2012: MotoGP, Campeão - Jorge Lorenzo - Yamaha
20/36

Foto de: Yamaha MotoGP

2012: MotoGP, Campeão - Jorge Lorenzo - Yamaha

2012: MotoGP, Campeão - Jorge Lorenzo - Yamaha
21/36

Foto de: Yamaha MotoGP

2012: MotoGP, Campeão - Jorge Lorenzo - Yamaha; Dani Pedrosa e Andrea Dovizioso

2012: MotoGP, Campeão - Jorge Lorenzo - Yamaha; Dani Pedrosa e Andrea Dovizioso
22/36

Foto de: Repsol Media

2013: MotoGP, 2º - Jorge Lorenzo - Yamaha

2013: MotoGP, 2º - Jorge Lorenzo - Yamaha
23/36

Foto de: Yamaha MotoGP

2013: MotoGP, 2º - Jorge Lorenzo - Yamaha; Marc Márquez e Dani Pedrosa

2013: MotoGP, 2º - Jorge Lorenzo - Yamaha; Marc Márquez e Dani Pedrosa
24/36

Foto de: Yamaha MotoGP

2014: MotoGP, 3º - Jorge Lorenzo - Yamaha

2014: MotoGP, 3º - Jorge Lorenzo - Yamaha
25/36

Foto de: Yamaha MotoGP

2014: MotoGP, 3º - Jorge Lorenzo - Yamaha

2014: MotoGP, 3º - Jorge Lorenzo - Yamaha
26/36

Foto de: Yamaha MotoGP

2015: MotoGP, Campeão - Jorge Lorenzo - Yamaha

2015: MotoGP, Campeão - Jorge Lorenzo - Yamaha
27/36

Foto de: Yamaha MotoGP

2015: MotoGP, Campeão - Jorge Lorenzo - Yamaha

2015: MotoGP, Campeão - Jorge Lorenzo - Yamaha
28/36

Foto de: Bridgestone

2016: MotoGP, 3º - Jorge Lorenzo - Yamaha

2016: MotoGP, 3º - Jorge Lorenzo - Yamaha
29/36

Foto de: Yamaha MotoGP

2016: MotoGP, 3º - Jorge Lorenzo - Yamaha

2016: MotoGP, 3º - Jorge Lorenzo - Yamaha
30/36

Foto de: Yamaha MotoGP

2017: MotoGP, 7º - Jorge Lorenzo - Ducati

2017: MotoGP, 7º - Jorge Lorenzo - Ducati
31/36

Foto de: Gold and Goose / Motorsport Images

2017: MotoGP, 7º - Jorge Lorenzo - Ducati

2017: MotoGP, 7º - Jorge Lorenzo - Ducati
32/36

Foto de: Gold and Goose / Motorsport Images

2018: MotoGP, 9º - Jorge Lorenzo - Ducati

2018: MotoGP, 9º - Jorge Lorenzo - Ducati
33/36

Foto de: Gold and Goose / Motorsport Images

2018: MotoGP, 9º - Jorge Lorenzo - Ducati

2018: MotoGP, 9º - Jorge Lorenzo - Ducati
34/36

Foto de: Gold and Goose / Motorsport Images

2019: MotoGP, 19º - Jorge Lorenzo - Honda

2019: MotoGP, 19º - Jorge Lorenzo - Honda
35/36

Foto de: Gold and Goose / Motorsport Images

2019: MotoGP, 19º - Jorge Lorenzo - Honda

2019: MotoGP, 19º - Jorge Lorenzo - Honda
36/36

Foto de: Srinivasa Krishnan

Próximo artigo
Viñales, e não Quartararo, é a referência da Yamaha, diz chefe

Artigo anterior

Viñales, e não Quartararo, é a referência da Yamaha, diz chefe

Próximo artigo

VÍDEO: Conheça o circuito da Indonésia que receberá a MotoGP em 2021

VÍDEO: Conheça o circuito da Indonésia que receberá a MotoGP em 2021
Carregar comentários

Sobre esta matéria

Categoria MotoGP
Pilotos Jorge Lorenzo Compre Agora
Autor Germán Garcia Casanova