MotoGP
05 mar
-
08 mar
Próximo evento em
9 dias
R
GP da Tailândia
19 mar
-
22 mar
Próximo evento em
23 dias
R
GP das Américas
02 abr
-
05 abr
Próximo evento em
37 dias
R
GP da Argentina
16 abr
-
19 abr
Próximo evento em
51 dias
R
GP da Espanha
30 abr
-
03 mai
Próximo evento em
65 dias
R
GP da França
14 mai
-
17 mai
Próximo evento em
79 dias
R
GP da Itália
28 mai
-
31 mai
Próximo evento em
93 dias
R
GP da Catalunha
04 jun
-
07 jun
Próximo evento em
100 dias
R
GP da Alemanha
18 jun
-
21 jun
Próximo evento em
114 dias
R
GP da Holanda
25 jun
-
28 jun
Próximo evento em
121 dias
R
GP da Finlândia
09 jul
-
12 jul
Próximo evento em
135 dias
R
GP da República Tcheca
06 ago
-
09 ago
Próximo evento em
163 dias
R
GP da Áustria
13 ago
-
16 ago
Próximo evento em
170 dias
R
GP da Grã-Bretanha
27 ago
-
30 ago
Próximo evento em
184 dias
R
GP de San Marino
10 set
-
13 set
Próximo evento em
198 dias
R
GP de Aragón
01 out
-
04 out
Próximo evento em
219 dias
R
GP do Japão
15 out
-
18 out
Próximo evento em
233 dias
R
GP da Austrália
23 out
-
25 out
Próximo evento em
241 dias
R
GP da Malásia
29 out
-
01 nov
Próximo evento em
247 dias
R
GP de Valência
12 nov
-
15 nov
Próximo evento em
261 dias

Márquez ainda ganharia se deixasse Honda, diz Doohan

compartilhar
comentários
Márquez ainda ganharia se deixasse Honda, diz Doohan
Por:
19 de dez de 2018 20:15

Espanhol ainda seria capaz de continuar ganhando na MotoGP, mesmo se decidir deixar a Honda, avalia Mick Doohan, cinco pentacampeão da categoria rainha

Marc Márquez acumulou o seu quinto título da MotoGP neste ano com três etapas de antecedência, além de selar a "tríplice coroa", com os campeonatos de pilotos, construtores e equipes para a Honda e Repsol.

O espanhol tem contrato com a equipe até o final da temporada de 2020, mas a especulação já começou sobre qual seria a próxima mudança na carreira dele.

Apesar de Márquez ter sugerido que não tem motivos para deixar a Honda enquanto continuar a lhe fornecer uma moto vencedora, especula-se que a Ducati já fez uma tentativa de contato sobre uma possível mudança em 2021.

Michael Doohan, cujos cinco títulos nas 500cc também vieram com a Honda, acredita que, mesmo que Márquez tenha escolhido seguir o caminho trilhado por Valentino Rossi e Eddie Lawson no passado, ele continuará a ser o piloto a ser batido.

"Acho que havia sete Hondas no grid em algum momento da minha época porque todos disseram que precisavam de uma Honda, mas ainda havia apenas um vencedor!" brincou Doohan em entrevista conjunta para o Motorsport.com e MotoGP.com.

"Então, acho que um piloto como o Marc vai fazer a diferença. OK, você precisa de uma boa máquina, mas o piloto vai fazer a diferença.”

"Acho que se o Marc quisesse mudar para um fabricante diferente, o que você quisesse, ele ainda poderia ganhar. Você viu isso com Valentino, com Eddie Lawson, um piloto forte é um piloto forte."

No entanto, Doohan diz que Márquez não precisa tentar provar nada trocando de moto.

"Isso é bobagem", disse o australiano. "Já se sabe o quão forte ele é na moto e fora da moto."

"Infelizmente em qualquer período de tempo há apenas um dos dois caras, desde que me lembro, e Marc está nessa posição no momento.”

"Acho que muitos dos seus rivais que estiveram na mesma posição não conseguiram tirar proveito do maquinário que eles têm, e Marc conseguiu usar bem sua habilidade e a capacidade de sua moto."

 

Próximo artigo
GALERIA: 25 motos com pinturas especiais na MotoGP

Artigo anterior

GALERIA: 25 motos com pinturas especiais na MotoGP

Próximo artigo

Ex-Ferrari, Rivola assume cargo de chefia na Aprilia

Ex-Ferrari, Rivola assume cargo de chefia na Aprilia
Carregar comentários

Sobre esta matéria

Categoria MotoGP
Pilotos Marc Marquez Compre Agora
Equipes Repsol Honda Team
Autor Oriol Puigdemont