MotoGP
04 out
-
06 out
Evento encerrado
18 out
-
20 out
Evento encerrado
25 out
-
27 out
Evento encerrado
01 nov
-
03 nov
Evento encerrado
15 nov
-
17 nov
Evento encerrado

Márquez: Assen foi a “melhor corrida” para defesa de título

compartilhar
comentários
Márquez: Assen foi a “melhor corrida” para defesa de título
Por:
2 de jul de 2019 18:00

Pentacampeão disse que mesmo em um fim de semana ruim foi capaz de brigar pela vitória até o final e destacou a ampliação da vantagem na tabela

Marc Márquez largou fora da primeira fila pela primeira vez no ano e terminou a etapa da Holanda da MotoGP na segunda posição. O pentacampeão admitiu que o “fim de semana foi difícil”, mas que o saldo geral é positivo, pois conseguiu ampliar a vantagem para os rivais no campeonato.

Leia também:

O vencedor da corrida foi Maverick Viñales, Fabio Quartararo foi o terceiro, enquanto o vice líder do cameonato, Andrea Dovizioso, foi apenas o quarto. O  resultado beneficiou Márquez na tabela e agora o espanhol está 44 pontos à frente do italiano. 

“Foi a melhor corrida do campeonato”, disse Márquez. “Claro que foi um fim de semana difícil, mas mesmo após uma etapa assim onde nós sofremos, terminei em segundo e lutei até o fim. Eu não me importei com a vitória, só me concentrei no pódio e em lutar pelo pódio”.

“Eu estava me segurando atrás de Quartararo, e estava esperando por Viñales porque eu sabia que ele tinha um ritmo melhor, e quando ele me ultrapassou, eu usei seu vácuo dele para deixar Fabio e os outros para trás”.

“Quando eu vi que o Quartararo já estava quatro segundos atrás, meus pneus acabaram, especialmente na traseira, e então eu disse ‘OK, esta é a posição que queríamos’, e 20 pontos é bom para o campeonato. Nós aumentamos a vantagem, e este foi o melhor caminho para atingir nosso alvo”.

Márquez foi um dos poucos que optou pelo composto macio na traseira apesar da alta temperatura na pista, e disse que a escolha era necessária para poder acompanhar o ritmo das Yamahas e se afastar do pelotão.

“Eu escolhi o macio porque minha estratégia era avançar com as Yamahas”, revelou. “Mas eu nunca pensei em liderar a corrida, porque quando você lidera a corrida você desgasta os pneus ainda mais”.

“Então meu objetivo era estar com as motos da Yamaha até a volta 15; eu sabia que eu estava pronto para estar com eles. Sabia que nas últimas voltas eu iria sofrer, mas quando você sabe que está há 15 voltas em um bom ritmo, você sobrevive 10 voltas. Mas com os duros, o risco era ficar com Dovizioso, Franco Morbidelli e ficar com um bom ritmo”.

Ele adicionou: “Claro, quando eu vi que Maverick estava extremamente rápido, eu estava alí perseguindo-o por apenas duas ou três voltas, então eu comecei a entender que havia muitos riscos”.

“Eu já havia dito na coletiva após a classificação que Quartararo estava 89 pontos atrás de nós e Maverick 100, e isso é algo que tenho que manter em mente”.

Podium: race winner Maverick Vinales, Yamaha Factory Racing, second place Marc Marquez, Repsol Honda Team, third place Fabio Quartararo, Petronas Yamaha SRT

Podium: race winner Maverick Vinales, Yamaha Factory Racing, second place Marc Marquez, Repsol Honda Team, third place Fabio Quartararo, Petronas Yamaha SRT

Photo by: Gold and Goose / LAT Images

Próximo artigo
MotoGP: Honda terá Bradl como substituto de Lorenzo na Alemanha

Artigo anterior

MotoGP: Honda terá Bradl como substituto de Lorenzo na Alemanha

Próximo artigo

Agostini: “Os anos passam para todos, até para Valentino Rossi”

Agostini: “Os anos passam para todos, até para Valentino Rossi”
Carregar comentários

Sobre esta matéria

Categoria MotoGP
Evento GP da Holanda
Pilotos Marc Marquez Compre Agora
Equipes Repsol Honda Team
Autor Lewis Duncan