MotoGP: Quartararo admite que deveria ter sido desclassificado por incidente no GP da Catalunha

Mas piloto da Yamaha criticou a primeira punição tomada no domingo, sobre limites de pista, afirmando que as regras estão tirando a graça do esporte

MotoGP: Quartararo admite que deveria ter sido desclassificado por incidente no GP da Catalunha

O GP da Catalunha da MotoGP foi marcado por uma polêmica envolvendo o líder do campeonato Fabio Quartararo, que deu cerca de cinco voltas na corrida com seu macacão de couro aberto e sem o protetor de peito. Após rever as imagens da corrida, o francês da Yamaha admite que deveria ter sido desclassificado pelo que fez.

Horas após a corrida, a direção de prova optou por dar uma penalização de três segundos ao francês, relegando-o para a sexta posição, sendo a segunda punição tomada no dia. Na primeira, que o fez cair inicialmente para terceiro, ele também havia tomado três segundos por violar os limites de pista, sendo que esta ele segue discordando.

Leia também:

Quando perguntado pelo Motorsport.com na segunda, durante o teste em Barcelona, se ele havia tirado um tempo para refletir sobre a punição tomada pela vestimenta, Quartararo admitiu que deveria ter sido desclassificado da corrida por seu problema, já que não foi um comportamento correto, principalmente logo após a morte de Jason Dupasquier.

"Sim. Em primeiro lugar, acho que olhando novamente para o que aconteceu, com a história já finalizada, eu posso ficar feliz. É difícil de admitir mas, para mim, o ideal seria a bandeira preta".

Fabio Quartararo, Yamaha Factory Racing

Fabio Quartararo, Yamaha Factory Racing

Photo by: Gold and Goose / Motorsport Images

"É verdade que eu me coloquei em perigo e considerando o que aconteceu na semana passada, seria o correto. Mas eu tive sorte. A única penalização que não concordo foi o atalho, porque ali não considero que foi justo".

"Perdi sete décimos, mas se eu perdesse um segundo não seria punido. Mas como eu saberia, da moto, que estava perdendo sete décimos ou um segundo. Então foi um pouco estúpido. Mas admito a segunda punição. Fiquei bravo, logicamente, mas é melhor que nenhum ponto".

Quartararo falou ainda sobre o excesso de regulamento em cima dos limites de pista, destacando vários incidentes em Mugello, além de seu próprio caso em Barcelona, defendendo que as regras atuais estão "tirando a graça" das corridas.

"Pensando em segurança, quanto mais melhor", disse Quartararo ao Motorsport.com. "Mas entrando em coisas que realmente não gosto, como Miguel [Oliveira] e [Joan] Mir em Mugello, na última volta".

"Eles excederam o limite de pista, mas não é limite de pista fora da zebra, era no fim da zebra, como Joe Roberts em Mugello. Isso não dá nenhum ganho. O atalho, eu não passei ali porque queria ir reto".

"Perdi a frente, errei e fui reto. Se tivesse brita ali, teria parado na brita. Você é punido com três segundos por passar ali, mas é um trecho mais lento que o normal, então não é necessariamente um atalho".

"Pra mim, as regras estão ficando cada vez mais rígidas e não conseguimos seguir sempre a linha de modo preciso".

"Podemos cometer erros e acho que isso está tirando o lado divertido do show e não somos robôs, então acho que um pouco de erro é permitido para os pilotos que buscam fazer todas as voltas no limite".

F1 2021: GLÓRIA de PÉREZ, BATIDA de VERSTAPPEN e VACILO de HAMILTON; análise do CAOS em Baku | PÓDIO

Assine o canal do Motorsport.com no YouTube

Os melhores vídeos sobre esporte a motor estão no canal do Motorsport.com. Inscreva-se já, dê o like ('joinha') nos vídeos e ative as notificações, para sempre ficar por dentro de tudo o que rola em duas ou quatro rodas.

PODCAST: Quais os episódios fora da F1 que mais marcaram nossas vidas?

 

 

compartilhar
comentários
MotoGP: Quartararo mantém liderança após etapa da Catalunha; veja

Artigo anterior

MotoGP: Quartararo mantém liderança após etapa da Catalunha; veja

Próximo artigo

MotoGP: Investigação mostra que macacão de Quartararo estava em "estado normal de funcionamento" no GP da Catalunha

MotoGP: Investigação mostra que macacão de Quartararo estava em "estado normal de funcionamento" no GP da Catalunha
Carregar comentários