MotoGP
R
GP do Catar
05 mar
-
08 mar
Próximo evento em
47 dias
R
GP da Tailândia
19 mar
-
22 mar
Próximo evento em
61 dias
R
GP das Américas
02 abr
-
05 abr
Próximo evento em
75 dias
R
GP da Argentina
16 abr
-
19 abr
Próximo evento em
89 dias
R
GP da Espanha
30 abr
-
03 mai
Próximo evento em
103 dias
R
GP da França
14 mai
-
17 mai
Próximo evento em
117 dias
R
GP da Itália
28 mai
-
31 mai
Próximo evento em
131 dias
R
GP da Catalunha
04 jun
-
07 jun
Próximo evento em
138 dias
R
GP da Alemanha
18 jun
-
21 jun
Próximo evento em
152 dias
R
GP da Holanda
25 jun
-
28 jun
Próximo evento em
159 dias
R
GP da Finlândia
09 jul
-
12 jul
Próximo evento em
173 dias
R
GP da República Tcheca
06 ago
-
09 ago
Próximo evento em
201 dias
R
GP da Áustria
13 ago
-
16 ago
Próximo evento em
208 dias
R
GP da Grã-Bretanha
27 ago
-
30 ago
Próximo evento em
222 dias
R
GP de San Marino
10 set
-
13 set
Próximo evento em
236 dias
R
GP de Aragón
01 out
-
04 out
Próximo evento em
257 dias
R
GP do Japão
15 out
-
18 out
Próximo evento em
271 dias
R
GP da Austrália
23 out
-
25 out
Próximo evento em
279 dias
R
GP da Malásia
29 out
-
01 nov
Próximo evento em
285 dias
R
GP de Valência
12 nov
-
15 nov
Próximo evento em
299 dias

MotoGP: Rins diz que Suzuki precisa identificar fraquezas em Le Mans

compartilhar
comentários
MotoGP: Rins diz que Suzuki precisa identificar fraquezas em Le Mans
Por:
22 de mai de 2019 15:04

Alex Rins acredita que problemas enfrentados na pista francesa são semelhantes aos de 2018 e diz que equipe japonesa precisa descobrir por que o fraco desempenho se repete no circuito

Alex Rins enfrentou problemas com sua Suzuki no GP de Le Mans da MotoGP no último fim de semana, largando em 19º e fechando prova com seis pontos. O décimo lugar na França foi positivo para piloto espanhol, mas quebrou a sequência de 10 provas seguidas entre os seis primeiros. Rins pediu que a Suzuki descubra por que os problemas de 2018 se repetiram na pista francesa.

Leia também:

“Eu comecei a corrida muito focado, com muita esperança, mas o problema foi mais ou menos igual ao dos treinos. Nós estávamos perdendo na primeira parte das curvas, no momento que soltava os freios. Nessa área, se eu tentasse aumentar a velocidade na curva, iria perder a dianteira. É estranho porque no ano passado tivemos o mesmo problema”.

“As motos eram mais ou menos iguais. Para o próximo ano nós precisamos tentar algumas mudanças na moto. Precisamos resolver, porque no último ano foi a mesma coisa”.

Perguntado se ele acreditava se é um problema específico na prova de Le Mans, Rins respondeu: “Eu senti mais nessa pista do que nas outras”.

“Talvez pela baixa temperatura, talvez por conta do desenho das curvas, eu não sei. Mas sim, nessa pista eu sinto mais do que em outras”.

O GP da França deixou Rins 20 pontos atrás do líder Marc Márquez na tabela de classificação. Mesmo com os problemas, Rins conseguiu somar alguns pontos.

“Nós ganhamos seis pontos na corrida. As condições da pista não eram as melhores, estava muito fácil cair, como pudemos ver, várias quedas na Moto3, Moto2 e MotoGP, então tive sorte em terminar no top-10”.

Rins adicionou: “De qualquer forma precisamos trabalhar, chegamos a Le Mans em segundo no campeonato e agora somos terceiros. Acho que não é um grande problema, ainda temos muitas corridas na temporada”.

Próximo artigo
Rossi diz que grande problema da Yamaha é a falta de potência

Artigo anterior

Rossi diz que grande problema da Yamaha é a falta de potência

Próximo artigo

MotoGP: Márquez diz que Honda chega mais forte do que nunca ao GP da Itália

MotoGP: Márquez diz que Honda chega mais forte do que nunca ao GP da Itália
Carregar comentários

Sobre esta matéria

Categoria MotoGP
Evento GP da França
Sub-evento Corrida
Pilotos Alex Rins
Equipes Team Suzuki Ecstar MotoGP
Autor Valentin Khorounzhiy