MotoGP: "Ter Marquez e Acosta na equipe seria 'incrível', diz chefe da KTM

Francesco Guidotti, chefe de equipe da KTM, afirmou que seria "incrível" ter Marc Marquez ao lado de Pedro Acosta em sua equipe de MotoGP no futuro

Marc Marquez, Gresini Racing

Gold and Goose / Motorsport Images

A KTM foi vista como um possível destino para Márquez quando ele estava pensando em deixar a Honda no final do ano passado, mas o hexacampeão da MotoGP acabou optando pela Ducati, na equipe satélite Gresini. No entanto, isso não significa necessariamente que o espanhol nunca estará em uma RC16, especialmente com seu contrato com a Gresini durando apenas uma única temporada.

Embora a KTM já tenha Brad Binder até o final de 2026, além de Acosta, que já está fazendo jus à sua fama na MotoGP, a adição de Márquez só ajudaria a marca austríaca em sua tentativa de conquistar o primeiro título da categoria.

Leia também:

Sobre a possibilidade de contratar Marquez, com quem já trabalhou na categoria 125cc, Guidotti descreveu a perspectiva de ter o hexacampeão ao lado de Acosta em uma "equipe dos sonhos" da KTM.

"Com Pedro, não precisamos procurá-lo, já o temos, então já começamos com uma boa vantagem sobre as decisões a serem tomadas", disse o chefe da KTM à Sky Sport Italia.

"Quanto a Marc, não vou esconder que adoraria tê-lo de qualquer maneira. Ter os dois seria incrível.", revelou.

Pedro Acosta, Red Bull GASGAS Tech3

Pedro Acosta, Red Bull GASGAS Tech3

Foto de: GasGas Factory Racing

O atual campeão da Moto2, Acosta, é visto como o piloto mais talentoso a subir para a categoria rainha desde Márquez, o que levou a várias comparações entre os dois espanhóis.

Acosta lutou com seu compatriota mais experiente durante a rodada de abertura do último domingo no Catar e até conseguiu fazer uma ultrapassagem ousada sobre ele para ficar em quarto lugar na 12ª de 21 voltas, antes de cair para nono com pneus desgastados e lutando contra alguns problemas físicos.

Ainda assim, foi uma maneira sólida de encerrar seu fim de semana de estreia na categoria, durante o qual ele se classificou e terminou em oitavo na sprint. Resumindo o desempenho de Acosta no Circuito Internacional de Losail, Guidotti disse: "Pedro teve uma boa sensação com a moto logo de cara, e isso é crucial."

"Ele está aprendendo rapidamente e aproveitou ao máximo a situação em que se encontrava, porque um novato aprende mais fazendo meia corrida com os cinco primeiros do que 22 voltas com o 15º.", finalizou.

O dia em que HORNER E MARKO CONVOCARAM RICO PENTEADO para conversa que mostrou a relação dos CHEFÕES

Confira o episódio de estreia do Pódio Cast, o novo podcast sobre motociclismo!

Faça parte do Clube de Membros do Motorsport.com no YouTube

Podcast #273 - Quem está fazendo 'hora-extra' na F1?

 

ACOMPANHE NOSSO PODCAST GRATUITAMENTE:

Faça parte do nosso canal no WhatsApp: clique aqui e se junte a nós no aplicativo!

Faça parte da comunidade Motorsport

Join the conversation
Artigo anterior Confira o episódio de estreia do PÓDIO CAST, o videocast para os apaixonados por velocidade em duas rodas
Próximo artigo BMW "olha de perto" para entrada futura na MotoGP

Principais comentários

Ainda não há comentários. Seja o primeiro a comentar.

Cadastre-se gratuitamente

  • Tenha acesso rápido aos seus artigos favoritos

  • Gerencie alertas sobre as últimas notícias e pilotos favoritos

  • Faça sua voz ser ouvida com comentários em nossos artigos.

Motorsport prime

Descubra conteúdo premium
Assinar

Edição

Brasil