MotoGP
28 mar
Evento encerrado
04 abr
Evento encerrado
R
GP da Espanha
29 abr
Próximo evento em
13 dias
R
GP da França
13 mai
Próximo evento em
27 dias
R
GP da Itália
27 mai
Próximo evento em
41 dias
R
GP da Catalunha
03 jun
Próximo evento em
48 dias
R
GP da Alemanha
17 jun
Próximo evento em
62 dias
R
GP da Holanda
24 jun
Próximo evento em
69 dias
R
GP da Finlândia
08 jul
Próximo evento em
83 dias
R
GP da Áustria
12 ago
Próximo evento em
118 dias
R
GP da Grã-Bretanha
26 ago
Próximo evento em
132 dias
R
GP de Aragón
09 set
Próximo evento em
146 dias
R
GP de San Marino
16 set
Próximo evento em
153 dias
R
GP do Japão
30 set
Próximo evento em
167 dias
R
GP da Tailândia
07 out
Próximo evento em
174 dias
R
GP da Austrália
21 out
Próximo evento em
188 dias
28 out
Próximo evento em
195 dias
R
GP de Valência
11 nov
Próximo evento em
209 dias

MotoGP: Viñales vence GP da Emilia Romagna que "caiu no colo" após queda de Bagnaia

Etapa é a segunda de uma rodada tripla que será concluída na próxima semana no circuito de Barcelona

MotoGP: Viñales vence GP da Emilia Romagna que "caiu no colo" após queda de Bagnaia

A MotoGP atingiu a metade de sua temporada 2020 neste domingo, com o GP da Emilia Romagna, sétima prova de 14 programadas. E em uma corrida em que Maverick Viñales e a Yamaha largaram na pole, o espanhol viu a vitória cair no seu colo após a queda de Francesco Bagnaia, que havia assumido a ponta no início da prova.

No treino classificatório do sábado, Viñales conquistou mais uma vez a pole position em Misano, apesar de não ter feito a volta mais rápida da sessão. Bagnaia chegou a marcar uma volta na casa de 01min30s9, mas teve sua volta deletada por exceder limites de pista.

Leia também:

Após a sessão, Viñales falou que, para evitar um fiasco igual ao da semana passada, ele vai confiar em seu instinto na escolha dos pneus, enquanto Bagnaia teve sua performance elogiada por Valentino Rossi.

Na largada, Jack Miller se deu melhor e pulou na ponta, com Viñales em sua cola. O espanhol da Yamaha conseguiu dar o troco antes do fim da primeira volta. Um pouco atrás, Bagnaia e Quartararo começaram uma perseguição ao australiano pela segunda posição.

Ainda na primeira volta, Franco Morbidelli e Aleix Espargaró tiveram um incidente na Curva 8 com ambos indo parar no fundo do grid. E já na volta seguinte, Valentino Rossi teve a primeira queda da prova, ainda no primeiro setor da pista. O italiano conseguiu retornar, mas no fundo do pelotão.

A segunda volta ainda teve mais uma queda. Brad Binder e Pol Espargaró conseguiram se aproveitar da luta entre Miller e Quartararo para ultrapassar os dois, mas o sul-africano da KTM se deu mal, indo para o chão de modo similar ao de Rossi. Binder conseguiu voltar à pista, mas voltou a cair já na volta seguinte.

 

Com duas voltas, os cinco primeiros colocados eram Viñales, Bagnaia, Espargaró, Quartararo e Miller. Os dois primeiros desgrudaram do resto e começaram a trocar posições a partir da quarta volta, com Bagnaia assumindo a ponta na sexta volta e abrindo vantagem, chegando a 1s5 na metade da prova. Na volta 12, Miller abandonou com a Ducati, promovendo Mir para o quinto lugar.

Próximo da volta 20, Quartararo iniciou uma aproximação contra Espargaró pela terceira posição. E lá na frente, Viñales voltou a se aproximar de Bagnaia, mas o italiano acabou caindo com sete voltas para o fim, entregando de bandeja a liderança para o piloto da Yamaha.

 

Com isso, Viñales conseguiu uma boa vantagem na liderança, cerca de 4s5 para a luta de Quartararo e Espargaró pelo segundo lugar. Pouco a pouco, Joan Mir se aproximou com a Suzuki, se unindo à luta com três voltas para o fim.

No final, a vitória ficou com Maverick Viñales, em seu primeiro triunfo na temporada. Em segundo, Joan Mir conseguiu superar os rivais para terminar em segundo. Fechando o pódio, Fabio Quartararo.

Mas o francês da Petronas não conseguiu o pódio devido a uma punição de três segundos. Com isso, Pol Espargaró terminou oficialmente em terceiro. Completando o Top 10: Fabio Quartararo, Miguel Oliveira, Takaaki Nakagami, Álex Márquez, Andrea Dovizioso, Franco Morbidelli e Danilo Petrucci.

Com isso, Andrea Dovizioso segue na liderança do Mundial com 84 pontos, seguido de Fabio Quartararo e Maverick Viñales empatados com 83 cada. Joan Mir pulou para quarto e está bem próximo, com 80.

A MotoGP volta às pistas já na semana que vem, com o GP da Catalunha, oitava etapa da temporada 2020 no Circuito de Barcelona. 

Entenda como Max Verstappen pode sair da Red Bull antes do fim de seu contrato

PODCAST: Após 'comemorar' GP 1000, qual é o tamanho da crise da Ferrari?

 

compartilhar
comentários
MotoGP: Após pole, Viñales culpa escolha ruim de pneus por performance ruim na semana passada

Artigo anterior

MotoGP: Após pole, Viñales culpa escolha ruim de pneus por performance ruim na semana passada

Próximo artigo

Viñales celebra primeira vitória de 2020 e minimiza impacto da queda de Bagnaia: "No final, eu estava tirando a diferença"

Viñales celebra primeira vitória de 2020 e minimiza impacto da queda de Bagnaia: "No final, eu estava tirando a diferença"
Carregar comentários

Sobre esta matéria

Categoria MotoGP
Autor Guilherme Longo