MotoGP: Yamaha inicia nova era em Misano com Morbidelli na equipe oficial e Dovizioso na SRT

Saída abrupta de Maverick Viñales após o GP da Estíria forçou a montadora a adiantar os planos de 2022

MotoGP: Yamaha inicia nova era em Misano com Morbidelli na equipe oficial e Dovizioso na SRT

O GP deSan Marino da MotoGP deste fim de semana representa o início de uma nova era para a Yamaha, com duas mudanças de pilotos em suas equipes. A montadora terá Franco Morbidelli na equipe de fábrica, em um acordo válido até o fim de 2023 e o retorno de Andrea Dovizioso ao grid ocupando a vaga na Petronas SRT, garantindo também sua permanência na nova equipe em 2022.

Morbidelli já era visto há muito tempo como o nome da Yamaha para o próximo ano após a confirmação da saída de Maverick Viñales, inicialmente planejada para o fim da temporada.

Leia também:

Mas a sua suspensão e subsequente demissão da Yamaha após o GP da Estíria forçou a montadora a mudar os planos, promovendo Morbidelli da Petronas SRT mais cedo para ocupar a vaga do espanhol.

Morbidelli está afastado desde junho devido a uma cirurgia no joelho, mas retornará ao grid neste fim de semana, no GP de San Marino, local onde venceu pela primeira vez na MotoGP em 2020.

A Yamaha também optou por fechar com Morbidelli, atual vice-campeão da categoria, em um acordo com validade até o fim de 2023.

"Estou muito feliz e realizado sobre retornar neste fim de semana e iniciar esse tão aguardado novo capítulo com a equipe de fábrica da Yamaha", disse Morbidelli. "Tentarei me recuperar o máximo possível nessa fase final do campeonato".

"Queria fazer meu retorno em uma pista que conheço bem e tenho ótimas memórias, como Misano. Mal posso esperar para subir na moto e começar minha jornada com a equipe".

"Claro, preciso e quero agradecer a todas as pessoas que fizeram isso acontecer, começando com [Hiroshi] Ito-san, Lin [Jarvis], Massimo [Meregalli], [Takahiro] Sumi-san, a Academia VR46, e todas as outras pessoas que tornaram essa colaboração possível".

Andrea Dovizioso, Petronas Yamaha SRT

Andrea Dovizioso, Petronas Yamaha SRT

Photo by: Yamaha

Já Dovizioso passou a maior parte de 2021 fora das pistas, optando por um ano sabático após sua saída da Ducati no fim de 2020. O três vezes vice-campeão já preparava um retorno em 2022, que inicialmente parecia ser com a Aprilia, após aceitar ser piloto de testes da marca italiana.

Mas esse caminho se fechou para ele quando a Aprilia confirmou Viñales para 2022. Só que foi o mesmo Viñales e sua saída abrupta da Yamaha que abriram uma nova chance para ele.

Dovi retorna ao grid neste fim de semana, substituindo Morbidelli na SRT e seguirá com a equipe em 2022 em uma Yamaha de fábrica, sendo contratado diretamente pela montadora.

Em 2022, a SRT dará lugar a uma nova equipe, capitaneada pela direção atual, com a Sepang Racing saindo do Mundial de Motovelocidade como um todo após a Petronas confirmar sua saída como patrocinadora máster.

"Correr com a Yamaha sempre foi um sonho para mim, e é por isso que quando a oportunidade surgiu eu nem pensei duas vezes. Mas sei que será um desafio para mim", disse.

"Tenho muitas coisas para aprender: uma nova moto, uma nova equipe, um novo sistema de trabalho. É um grande desafio que começa em Misano, onde correrei em casa. Isso torna tudo mais emocionante. Mal posso esperar para correr em minha M1!".

Andrea Dovizioso, Yamaha

Andrea Dovizioso, Yamaha

Dovizioso passou um ano com a Yamaha em 2012 quando pilotou pela Tech3, conquistando cinco pódios antes de mudar para a equipe oficial da Yamaha em 2013.

O italiano terá como companheiro de equipe Valentino Rossi, que, por sua vez, terá o quinto companheiro de garagem no ano, com a lesão de Morbidelli levando a Garrett Gerloff, Cal Crutchlow e Jake Dixon preenchendo a vaga do ítalo-brasileiro neste período.

FAMÍLIA dá pistas sobre ESTADO DE SAÚDE de SCHUMACHER e como morte de SENNA o fez QUESTIONAR futuro

Assine o canal do Motorsport.com no YouTube

Os melhores vídeos sobre esporte a motor estão no canal do Motorsport.com. Inscreva-se já, dê o like ('joinha') nos vídeos e ative as notificações, para sempre ficar por dentro de tudo o que rola em duas ou quatro rodas.

PODCAST - Bottas: piloto que deixou a desejar ou talento 'sacrificado'?

 

SIGA NOSSO PODCAST GRATUITAMENTE:

compartilhar
comentários

Related video

GP de San Marino da MotoGP: Horários e como assistir, com MotoE
Artigo anterior

GP de San Marino da MotoGP: Horários e como assistir, com MotoE

Próximo artigo

MotoGP: Márquez diz que cai se tentar pilotar Honda ao seu estilo

MotoGP: Márquez diz que cai se tentar pilotar Honda ao seu estilo
Carregar comentários