Últimas notícias

MotoGP: Zarco acerta últimos detalhes para ida a Honda em 2024

Johann Zarco finaliza acordo para substituir o espanhol Alex Rins em 2024

Johann Zarco, Pramac Racing

Johann Zarco está finalizado sua transferência para a LCR Honda para a temporada 2024 da MotoGP, com um acordo que será finalizado ainda neste fim de semana em Spielberg, no Red Bull Ring. O francês substituirá o espanhol Alex Rins.

Leia também:

Falando ao Motorsport.com, o diretor esportivo da Ducati, Paolo Ciabatti, admitiu no sábado no Red Bull Ring que a intenção de Zarco, de 33 anos, era assinar um contrato de duas temporadas, quando a fabricante italiana só lhe ofereceu uma.

"Dissemos a Johann que a Ducati estava interessada nele, por um ano, e depois o levamos para o WorldSBK. Então, em seu desejo de permanecer na MotoGP, ele recebeu uma oferta de dois anos da LCR. Se você quer ficar na MotoGP a todo custo porque tem 33 anos e a Ducati só pode lhe oferecer um ano, acho que a coisa normal a fazer é ir para o outro lado", comentou o executivo.

Lucio Cecchinello, por sua vez, confirmou que pretende se reunir com o #05 nesta tarde para resolver a questão e assinar a aliança. Zarco se juntaria à equipe monegasca, com quem já disputou duas corridas em 2019, ano em que deixou a KTM para substituir o lesionado Takaaki Nakagami.

Além da contratação do piloto de Nice, o acordo terá outras consequências que afetam terceiros. A mais notável de todas seria a lacuna que seria criada na Pramac, que em 2024 terá duas Ducati com a especificação mais recente.

Uma delas será para Jorge Martin, e ainda não se sabe quem ficará com a segunda. A lógica leva a crer que a Desmosedici GP24 irá para Marco Bezzecchi, que vem pressionando há semanas. A primeira opção para o jovem de Rimini é ficar com a Mooney VR46. Se ele optar por isso, terá uma GP23 à sua disposição na próxima temporada. Se ele aceitar se juntar à Pramac, sua moto será o modelo mais evoluído, o mesmo com o qual Pecco Bagnaia e Enea Bastianini competirão.

A estratégia da Ducati é oferecer ao #72 um contrato de dois anos, o que indiretamente bloquearia sua hipotética saída para a Yamaha, caso VR46 decida assinar com a marca com vistas a 2025.

Se Bezzecchi decidir ficar com a VR46, a Pramac será inundada com candidatos para a GP24. Os compromissos de publicidade da estrutura de Paolo Campinoti sugerem que pelo menos um dos dois pilotos deve ser italiano. Isso reduz consideravelmente a lista de nomes e a deixa basicamente com dois: Franco Morbidelli e Tony Arbolino, atualmente na luta pelo título da Moto2.

Qual a DIFERENÇA entre o domínio de Max com a Red Bull e o pico de Hamilton/Mercedes? E a McLaren?

Faça parte do Clube de Membros do Motorsport.com no YouTube

Quer fazer parte de um seleto grupo de amantes de corridas, associado ao maior grupo de comunicação de esporte a motor do mundo? CLIQUE AQUI e confira o Clube de Membros do Motorsport.com no YouTube. Nele, você terá acesso a materiais inéditos e exclusivos, lives especiais, além de preferência de leitura de comentários durante nossos programas. Não perca, assine já!

Podcast #243 – Quem faz da F1 em 2023 um verdadeiro fiasco?

 

 

ACOMPANHE NOSSO PODCAST GRATUITAMENTE:

Artigo anterior MotoGP: Bagnaia passa ileso de 'strike na largada e vence sprint na Áustria
Próximo artigo MotoGP: Bagnaia reina e vence corrida principal na Áustria
Assinar