Para Agostini, Rossi “perdeu a cabeça” em luta com Marquez

Após polêmica no GP da Malásia, italiano 15 vezes campeão do mundo critica Valentino: “não precisava”

Para Agostini, Rossi “perdeu a cabeça” em luta com Marquez
Marc Marquez, Repsol Honda Team e Valentino Rossi, Yamaha Factory Racing
Giacomo Agostini
Marc Marquez, Repsol Honda Team e Valentino Rossi, Yamaha Factory Racing
Valentino Rossi, Yamaha Factory Racing
Marc Marquez, Repsol Honda Team e Valentino Rossi, Yamaha Factory Racing
Jorge Lorenzo, Yamaha Factory Racing, Valentino Rossi, Yamaha Factory Racing e Marc Marquez, Repsol Honda Team
Carregar reprodutor de áudio

A briga de Valentino Rossi com Marc Marquez, que acabou causando a queda do piloto espanhol em Sepang no último domingo, não foi bem recebida pela lenda da motovelocidade Giacomo Agostini. Dono de 122 vitórias no campeonato mundial, ele condenou as ações de Rossi na Malásia

"Ele estava muito nervoso, lutando pelo título. Eu entendo isso, mas você não pode fazer uma manobra como aquela.”

"Todo mundo viu a ação: ele quase para, olha para Marc e diz para parar de irritá-lo. Ele é um grande campeão que sabe como manter tudo sob controle, mas desta vez talvez ele estava fora de controle.”

O incidente aconteceu depois de Rossi ter dito em entrevista coletiva antes do início dos treinos que Marquez estava favorecendo Jorge Lorenzo indiretamente no GP da Austrália, corrida anterior. Marc supostamente teria duelado propositalmente com Rossi e Iannone para segurá-los e deixar Lorenzo, que disputa o título com Rossi, escapar.

"Eu acho que Valentino não precisava criar polêmica que ele criou na quinta-feira", acrescentou Agostini.

"Ele poderia ter expressado seus sentimentos mais tarde - na tarde de domingo, depois de Valência. Aí ele poderia ter dito tudo.”

"Mas para criar essa polêmica antes de duas corridas tão importantes, enquanto o título ainda está em jogo... ele não precisava fazer isso."

Rossi está sete pontos na frente de Lorenzo no mundial com uma prova para o fim. O italiano terá de largar de último no GP de Valência (última etapa) como punição pelo incidente com Marquez.

compartilhar
comentários
 Yamaha defende Rossi: “Marquez provocou deliberadamente"
Artigo anterior

Yamaha defende Rossi: “Marquez provocou deliberadamente"

Próximo artigo

Repsol ameaça deixar MotoGP após chute “inaceitável” de Rossi

Repsol ameaça deixar MotoGP após chute “inaceitável” de Rossi