Randy Mamola discorda de crítica de Lorenzo a Rossi

Em sua coluna ao Motorsport.com, ex-piloto norte-americano opina após guerra de palavras em Misano

Randy Mamola discorda de crítica de Lorenzo a Rossi
Second place Valentino Rossi, Yamaha Factory Racing, Dani Pedrosa, Repsol Honda Team, Jorge Lorenzo, Yamaha Factory Racing
Valentino Rossi, Yamaha Factory Racing, fans
Second place Valentino Rossi, Yamaha Factory Racing
Second place Valentino Rossi, Yamaha Factory Racing, Mattia Pasini
Race winner Dani Pedrosa, Repsol Honda Team, third place Jorge Lorenzo, Yamaha Factory Racing
Jorge Lorenzo, Yamaha Factory Racing
Third place Jorge Lorenzo, Yamaha Factory Racing
Valentino Rossi, Yamaha Factory Racing, Dani Pedrosa, Repsol Honda Team, Jorge Lorenzo, Yamaha Factory Racing
Valentino Rossi, Yamaha Factory Racing, Jorge Lorenzo, Yamaha Factory Racing
Valentino Rossi, Yamaha Factory Racing, Jorge Lorenzo, Yamaha Factory Racing
Valentino Rossi, Yamaha Factory Racing, Jorge Lorenzo, Yamaha Factory Racing
Valentino Rossi, Yamaha Factory Racing, Jorge Lorenzo, Yamaha Factory Racing, Dani Pedrosa, Repsol Honda Team

San Marino novamente nos deu uma daquelas corridas que não são fáceis de esquecer.

O último final de semana teve tudo, desde a alegria de Dani Pedrosa depois de ter reencontrado sua forma, ao drama de Andrea Iannone - que não pôde dizer adeus à Ducati na Itália. Além disso, tivemos revelada uma tensão na Yamaha.

A guerra de palavras dos dois pilotos no domingo na sala de imprensa é uma prova clara disso. Nesse sentido, deixe que eu dê minha opinião. Valentino Rossi e Jorge Lorenzo se envolveram em uma discussão cujo principal motivo não era a agressividade com que um ultrapassou o outro na corrida deste domingo.

O que mantém a inimizade dos dois é muito mais. É tudo o que vem se arrastando desde o ano passado, com um tentando demonstrar que é mais rápido que o outro.

A manobra na segunda volta da prova apenas continuou com a tensão, e vou dizer o que eu acho sobre isso: a ultrapassagem de Rossi sobre Lorenzo foi tão agressiva quanto precisava ser para ultrapassar um piloto da MotoGP. Nem menos, nem mais.

Detalhes como este destacam algumas das vulnerabilidades de Jorge, embora eu ainda acredite que ele ainda seja o mais rápido dos dois. Ele pode pensar que a manobra foi um pouco agressiva demais, mas depois daquilo Dani também foi agressivo em Rossi para passa-lo.

Lorenzo argumenta que se não tivesse endireitado sua moto para abrir caminho para o 46, ele teria caído. Ou melhor, que Rossi teria o derrubado. Ele pode estar certo, mas endireitar a moto é apenas um reflexo de alguém que vê um outro piloto vindo, um piloto que é geralmente mais rápido e que, portanto, pode atacar.

Temos que ter em mente que neste esporte você luta por posição, e, obviamente, ninguém vai sair do caminho e tornar isso mais fácil para o piloto que está tentando ir à frente.

Tivemos várias ultrapassagens como essa, e até recentemente. Na minha época, com o equipamento que tínhamos entre as nossas mãos e pernas, as diferenças eram significativamente maiores, e trocas de posições eram menos forçadas.

As margens entre os pilotos mais rápidos agora são, em muitos casos, cerca de um décimo de segundo. Isso, graças aos avanços tecnológicos que fizeram as coisas muito mais rigorosas.

E com isso em mente, quando os dois pilotos estão juntos na pista, a diferença entre eles é pequena, então eles têm que hesitar o menos possível quando querem ultrapassar outro piloto.

Isso não significa que você pode fazer coisas estúpidas sem pensar dos outros. Na Argentina, por exemplo, Iannone cometeu um grande erro e derrubou Dovizioso com ele, mas naquela época tudo aconteceu por causa de um erro de julgamento que poderia ter sido evitado.

Uma ultrapassagem não é considerada legal quando, por exemplo, o piloto usa um rival para frear e não sai da pista. Eu não sei o que você pensa, mas do meu ponto de vista, onde alguns veem demasiada agressividade, vejo um grande show.

E se minhas previsões não estão erradas, vamos nos preparar para mais nas próximas provas.

compartilhar
comentários
Agostini diz que não entende queixas de Lorenzo

Artigo anterior

Agostini diz que não entende queixas de Lorenzo

Próximo artigo

Marc VDS confirma retorno de Nicky Hayden à MotoGP

Marc VDS confirma retorno de Nicky Hayden à MotoGP
Carregar comentários

Sobre esta matéria

Categoria MotoGP
Evento GP de San Marino
Localização Misano
Pilotos Valentino Rossi , Jorge Lorenzo
Equipes Movistar Yamaha MotoGP
Autor Randy Mamola