Fórmula 1
14 nov
-
17 nov
Evento encerrado
28 nov
-
01 dez
Evento encerrado
Fórmula E
R
ePrix de Santiago
17 jan
-
18 jan
Próximo evento em
32 dias
NASCAR Cup
08 nov
-
10 nov
Evento encerrado
15 nov
-
17 nov
Evento encerrado
Stock Car Brasil
22 nov
-
24 nov
Evento encerrado
13 dez
-
15 dez
Evento encerrado
MotoGP
01 nov
-
03 nov
Evento encerrado
15 nov
-
17 nov
Evento encerrado

'Fator Barrichello' turbina audiência de categoria australiana e organizadores querem mais estrelas no grid

compartilhar
comentários
'Fator Barrichello' turbina audiência de categoria australiana e organizadores querem mais estrelas no grid
Por:
Traduzido por: Vital Neto
26 de set de 2019 13:45

Piloto brasileiro virou manchete e garantiu aumento na visibilidade do novo campeonato de monopostos

No último fim de semana, o brasileiro Rubens Barrichello fez seu retorno aos monopostos após hiato de sete anos e participou da estreia da S5000, chegando em segundo na corrida inaugural da nova categoria australiana de carros de fórmula.

Grande atração do evento, Rubinho atraiu a atenção da mídia, rendendo manchetes, reportagens e repercussão nas redes sociais. Além disso, o piloto foi o grande motivador da audiência da S5000 em Sandown, primeira casa da recém-criada categoria australiana.

Leia também:

Na prática, Barrichello gerou o efeito desejado pelos organizadores da competição: com um nome de peso no grid inaugural, a S5000 conquistou o noticiário e gerou audiência local e internacional no último fim de semana.

Somando todos os dias com atividades de pista transmitidas, seja por canais tradicionais ou streamings online, a etapa de Sandown (veja fotos abaixo) movimentou mais de 200 mil espectadores - cerca de 283 mil visualizadores, de acordo com dados da Austrália - apenas no país da Oceania. Tendo em vista que a categoria é nova, são números muito representativos.

Galeria
Lista

Rubens Barrichello, Team BRM, Ricky Capo, Modena Engineering

Rubens Barrichello, Team BRM, Ricky Capo, Modena Engineering
1/13

Foto de: S 5000

Rubens Barrichello, Team BRM

Rubens Barrichello, Team BRM
2/13

Foto de: Daniel Kalisz

Rubens Barrichello na corrida da S5000

Rubens Barrichello na corrida da S5000
3/13

Foto de: Daniel Kalisz

Barrichello na S5000

Barrichello na S5000
4/13

Foto de: Daniel Kalisz

Detalhe de Rubinho na prova australiana

Detalhe de Rubinho na prova australiana
5/13

Foto de: Daniel Kalisz

Rubens Barrichello, da BRM

Rubens Barrichello, da BRM
6/13

Foto de: Daniel Kalisz

Rubens Barrichello, Team BRM S5000

Rubens Barrichello, Team BRM S5000
7/13

Foto de: Daniel Kalisz

Treino de Rubens Barrichello, Team BRM S5000

Treino de Rubens Barrichello, Team BRM S5000
8/13

Foto de: S 5000

Rubens Barrichello passa pela grama

Rubens Barrichello passa pela grama
9/13

Foto de: S 5000

Rubens Barrichello entra no carro da S5000

Rubens Barrichello entra no carro da S5000
10/13

Foto de: S 5000

Rubnes Barrichello no pitlane

Rubnes Barrichello no pitlane
11/13

Foto de: Daniel Kalisz

Rubens Barrichello em testes da S5000

Rubens Barrichello em testes da S5000
12/13

Foto de: Divulgacao

Detalhe do capacete de Rubinho

Detalhe do capacete de Rubinho
13/13

Foto de: Daniel Kalisz

Com base nestes dados e no feedback positivo de Barrichello, os organizadores da S5000 esperam atrair outras estrelas do automobilismo para a prova de abertura da temporada 2020, em Melbourne, no mesmo fim de semana do GP da Austrália de Fórmula 1.

Com planos para que a etapa inaugural do próximo campeonato tenha 20 carros, os promotores esperam que o “fator Barrichello” possa convencer outras personalidades a assumirem o volante dos carros de 560 cavalos de potência.

Ao Motorsport.com, o diretor que promove a categoria, Matt Braid, admitiu que está em busca de grandes nomes: “Seria ideal. Com sorte, teremos alguns amigos de Rubens por aqui. A categoria é diferente e isso deverá atrair talentos de todas as partes do mundo, não apenas da Austrália”.

Novas estrelas e 'renovação' com Rubinho

Além da prospecção de outras estrelas do esporte a motor, a S5000 tem em Barrichello uma aposta para a continuidade da categoria. Durante as atividades de Sandown, o brasileiro reiterou que está aberto a retornar ao campeonato em Melbourne no próximo ano.

De acordo com Chris Lambden, um dos gestores da S5000, a volta de Rubinho depende basicamente de patrocínio. “Nós só precisamos fazer um acordo comercial”, ponderou Lambden ao Motorsport.com.

“Desta vez, a organização se responsabilizou pela viagem de Barrichello, por razões óbvias. Mas como temos um bom tempo até a etapa de 2020, eu adoraria ajustar as coisas para trazê-lo de volta", completou.

Quer assistir F2, F3 e Indy de graça? Se inscreva no DAZN e tenha acesso grátis por 30 dias a Fórmula 2, Fórmula 3, Indy e uma série de eventos esportivos. Cadastre-se agora clicando aqui.

Qualquer acordo também depende das datas em que Barrichello estará com a agenda livre, já que o brasileiro compete em outras categorias, especialmente a Stock Car. Mas não será por falta de motivação que um acerto deixará de acontecer.

O piloto brasileiro deixou claro o quanto é apaixonado por desafios como o que encontrou na Austrália. “Eu adorei o que vi”, disse Barrichello ao Motorsport.com. “Me senti cada vez mais confortável a cada vez que entrei no carro”.

“Pilotar é muito emocionante. Meu coração ainda bate de forma positiva com tudo isso. Outro dia eu disse para o meu filho Dudu: ‘talvez eu deva parar de andar de kart, estou ficando velho’. Ele me respondeu: ‘Se eu fosse rápido como você, nunca pararia'. Então nunca vou parar", completou Rubinho, cuja carreira você relembra abaixo:

Galeria
Lista

1993: Jordan, 18º no campeonato (2 pts). Barrichello esteve na F1 entre 1993 e 2011, com 326 participações e 322 largadas. É o recordista absoluto na história da categoria.

1993: Jordan, 18º no campeonato (2 pts). Barrichello esteve na F1 entre 1993 e 2011, com 326 participações e 322 largadas. É o recordista absoluto na história da categoria.
1/29

Foto de: Tom Haapanen

1994: Jordan, 6º no campeonato (19 pts). Com passagens por Jordan, Stewart, Ferrari, Honda, Brawn e Williams, Barrichello conquistou 11 vitórias na carreira - é o 27º na história, empatado com Felipe Massa e Jacques Villeneuve.

1994: Jordan, 6º no campeonato (19 pts). Com passagens por Jordan, Stewart, Ferrari, Honda, Brawn e Williams, Barrichello conquistou 11 vitórias na carreira - é o 27º na história, empatado com Felipe Massa e Jacques Villeneuve.
2/29

Foto de: LAT Images

1995: Jordan, 11º no campeonato (11 pts).

1995: Jordan, 11º no campeonato (11 pts).
3/29

Foto de: LAT Images

1996: Jordan, 8º no campeonato (14 pts)

1996: Jordan, 8º no campeonato (14 pts)
4/29

Foto de: LAT Images

1997: Stewart, 13º no campeonato (6 pts)

1997: Stewart, 13º no campeonato (6 pts)
5/29

Foto de: Sutton Motorsport Images

1998: Stewart, 12º no campeonato (4 pts)

1998: Stewart, 12º no campeonato (4 pts)
6/29

Foto de: LAT Images

1999: Stewart, 7º no campeonato (21 pts)

1999: Stewart, 7º no campeonato (21 pts)
7/29

Foto de: LAT Images

2000: Ferrari, 4º no campeonato (62 pts). A primeira vitória na F1 veio na Alemanha, em 2000. Largando de 18º, Barrichello conseguiu a terceira maior recuperação da história da categoria, ficando atrás apenas de John Watson (22º - EUA, 1983) e Bill Vukovich (19º - Indy 500, 1954).

2000: Ferrari, 4º no campeonato (62 pts). A primeira vitória na F1 veio na Alemanha, em 2000. Largando de 18º, Barrichello conseguiu a terceira maior recuperação da história da categoria, ficando atrás apenas de John Watson (22º - EUA, 1983) e Bill Vukovich (19º - Indy 500, 1954).
8/29

Foto de: LAT Images

2001: Ferrari, 3º no campeonato (56 pts)

2001: Ferrari, 3º no campeonato (56 pts)
9/29

Foto de: Ferrari Media Center

2002: Ferrari, vice-campeão (77 pts)

2002: Ferrari, vice-campeão (77 pts)
10/29

Foto de: LAT Images

2003: Ferrari, 4º no campeonato (65 pts)

2003: Ferrari, 4º no campeonato (65 pts)
11/29

Foto de: Ferrari Media Center

2004: Ferrari, vice-campeão (114 pts)

2004: Ferrari, vice-campeão (114 pts)
12/29

Foto de: Bridgestone Corporation

2005: Ferrari, 8º no campeonato (38 pts). O brasileiro foi 68 vezes ao pódio.

2005: Ferrari, 8º no campeonato (38 pts). O brasileiro foi 68 vezes ao pódio.
13/29

Foto de: XPB Images

2006: Honda, 7º no campeonato (30 pts)

2006: Honda, 7º no campeonato (30 pts)
14/29

Foto de: XPB Images

2007: Honda, 20º no campeonato (0 pts)

2007: Honda, 20º no campeonato (0 pts)
15/29

Foto de: XPB Images

2008: Honda, 14º no campeonato (11 pts)

2008: Honda, 14º no campeonato (11 pts)
16/29

Foto de: XPB Images

2009: Brawn, 3º no campeonato (77 pts). Foram 21 poles na F1.

2009: Brawn, 3º no campeonato (77 pts). Foram 21 poles na F1.
17/29

Foto de: XPB Images

A última vitória de Barrichello na F1 foi no GP da Itália de 2009.

A última vitória de Barrichello na F1 foi no GP da Itália de 2009.
18/29

Foto de: XPB Images

Desde então, o Brasil não esteve mais no topo do pódio.

Desde então, o Brasil não esteve mais no topo do pódio.
19/29

Foto de: XPB Images

2010: Williams, 10º no campeonato (47 pts)

2010: Williams, 10º no campeonato (47 pts)
20/29

Foto de: XPB Images

2011: Williams, 17º no campeonato (4 pts)

2011: Williams, 17º no campeonato (4 pts)
21/29

Foto de: XPB Images

2012 (Indy): KV, 12º no campeonato (289 pts)

2012 (Indy): KV, 12º no campeonato (289 pts)
22/29

Foto de: Eric Gilbert

2013 (Stock Car): Full Time, 8º no campeonato (120 pts)

2013 (Stock Car): Full Time, 8º no campeonato (120 pts)
23/29

Foto de: Chris Fabbri / CFR Media - Brazil

2014 (Stock Car): Full Time, campeão (234 pts)

2014 (Stock Car): Full Time, campeão (234 pts)
24/29

2015 (Stock Car): Full Time, 4º no campeonato (188 pts)

2015 (Stock Car): Full Time, 4º no campeonato (188 pts)
25/29

2016 (Stock Car): Full Time, vice-campeão (295 pts)

2016 (Stock Car): Full Time, vice-campeão (295 pts)
26/29

2017 (Stock Car): Full Time, 5º no campeonato (251 pts)

2017 (Stock Car): Full Time, 5º no campeonato (251 pts)
27/29

2018 (Stock Car): Full Time, 4º no campeonato (242 pts)

2018 (Stock Car): Full Time, 4º no campeonato (242 pts)
28/29

2019 (Stock Car): Full Time, 4º no campeonato (206 pts)*

2019 (Stock Car): Full Time, 4º no campeonato (206 pts)*
29/29

Foto de: Duda Bairros

*Campeonato em andamento

Próximo artigo
Barrichello conta bastidores e revela papel de Burti na ida para corrida na Austrália

Artigo anterior

Barrichello conta bastidores e revela papel de Burti na ida para corrida na Austrália

Carregar comentários

Sobre esta matéria

Categoria Monopostos
Pilotos Rubens Barrichello
Autor Andrew van Leeuwen