Análise

ANÁLISE F1: Nova estrutura da Red Bull pode reduzir autonomia de Horner e Marko?

Morte de Dietrich Mateschitz trouxe uma nova estrutura de governança da marca de bebidas energéticas

Christian Horner, Team Principal, Red Bull Racing, Helmut Marko, Consultant, Red Bull Racing

A morte de Dietrich Mateschitz, fundador da Red Bull, provocou uma reorganização na direção da empresa de bebidas energéticas, que pode acabar mexendo na autonomia que Christian Horner e Helmut Marko disfrutam até hoje na condução da equipe de Fórmula 1.

Apesar de uma temporada dominante, a Red Bull segue sendo o assunto mais comentado do paddock pelo que acontece fora das pistas.

Leia também:

Em Milton Keynes, há algumas dúvidas sobre o futuro que vão além da redução do tempo de túnel de vento, imposto pela violação do teto orçamentário. A morte o grande chefe do império Red Bull, Dietrich Mateschitz, provocou uma reorganização na direção da empresa, algo que inclui os programas desportivos.

A F1 é o ativo mais importante da marca nesta área, e o programa sempre gozou de um grande grau de autonomia, devido à grande amizade entre Helmut Marko e Mateschitz. Essa independência também foi reforçada pelos resultados obtidos ao longo dos anos, êxitos que reforçaram a convicção de uma confiança bem depositada.

Tudo funcionou por mais de 15 anos graças à relação Mateschitz-Marko mas, com a ausência de um dos lados, as coisas podem mudar. As responsabilidades que eram centralizadas em Mateschitz agora está dividida entre três pessoas. No caso dos programas desportivos, quem ficou responsável é Oliver Mintzlaff, ex-número 1 do time de futebol RB Leipzig, de vínculo de longa data com a marca.

Max Verstappen

Max Verstappen

Photo by: Andy Hone / Motorsport Images

No paddock de Yas Marina, surgiu o rumor de que Mintzlaff era um dos maiores defensores do projeto Red Bull - Porsche. O acordo caiu por terra quando o anúncio era visto como questão de tempo, principalmente por causa do desejo de Marko e Horner de manter a autonomia total da equipe.

O acordo com a Porsche originalmente iria além do motor de 2026, já que a marca alemã estava disposta a entrar como acionista da Red Bull Technology, tendo voz e voto nas decisões da equipe.

Em 09 de setembro, a equipe declarou que "nos últimos meses, a Porsche AG e a Red Bull GmbH estavam discutindo a possibilidade de entrada da Porsche na Fórmula 1. As duas empresas chegaram à conclusão conjunta de que essas conversas não seguirão adiante".

A chegada de Mintzlaff fez com que surgisse a especulação de uma possível volta atrás, mas a realidade é que isso já não era mais possível. Mas o que segue sendo uma incógnita é o futuro da autonomia do programa da Red Bull na F1.

Os resultados obtidos parecem jogar a favor da estabilidade, sem motivo aparente para mudar a ordem de forças em uma estrutura que dominou a F1 este ano. Mas há também outros aspectos que não podem passar despercebidos.

Sergio Perez e Verstappen: il loro rapporto si è fatto brurrascoso in Brasile

Sergio Perez e Verstappen: il loro rapporto si è fatto brurrascoso in Brasile

Photo by: Glenn Dunbar / Motorsport Images

A tempestade midiática vinculada à violação do teto orçamentário não fez nada bem à imagem da Red Bull, e a polêmica entre Max Verstappen e Sergio Pérez que surgiu no Brasil também criou um cenário longe do ideal nas relações internas.

Se no passado essas situações eram discutidas e resolvidas entre Marko e Mateschitz, pode ser que no futuro não seja assim, e as decisões estratégicas, como o provável acordo com uma montadora formando uma parceria para os motores de 2026, também sejam avaliadas fora da sede de Milton Keynes.

Hoje, é difícil de saber se a intenção da empresa é revisar a relação com a ilha privilegiada que sempre foi a Red Bull Fórmula 1 mas, pela primeira vez, nada na cúpula diretiva da equipe pode assegurar o que irá acontecer no futuro.

Binotto na Audi? Saiba de novo rumor na F1

Faça parte do Clube de Membros do Motorsport.com no YouTube

Quer fazer parte de um seleto grupo de amantes de corridas, associado ao maior grupo de comunicação de esporte a motor do mundo? CLIQUE AQUI e confira o Clube de Membros do Motorsport.com no YouTube. Nele, você terá acesso a materiais inéditos e exclusivos, lives especiais, além de preferência de leitura de comentários durante nossos programas. Não perca, assine já!

Podcast #206 – Saída de Binotto resolve os problemas da Ferrari?

 

ACOMPANHE NOSSO PODCAST GRATUITAMENTE:

Faça parte da comunidade Motorsport

Join the conversation
Artigo anterior Coulthard já vê Verstappen como um dos melhores da história da F1
Próximo artigo F1: Para Ralf Schumacher, Hamilton e Russell poderiam guiar Mick na Mercedes

Principais comentários

Ainda não há comentários. Seja o primeiro a comentar.

Cadastre-se gratuitamente

  • Tenha acesso rápido aos seus artigos favoritos

  • Gerencie alertas sobre as últimas notícias e pilotos favoritos

  • Faça sua voz ser ouvida com comentários em nossos artigos.

Motorsport prime

Descubra conteúdo premium
Assinar

Edição

Brasil