Após quebra, Massa admite: “Não foi o dia que esperávamos”

compartilhar
comentários
Após quebra, Massa admite: “Não foi o dia que esperávamos”

Brasileiro, que abandonou o segundo treino livre após somente seis voltas, lamenta oportunidade perdida de simular voltas rápidas e ritmo de corrida

Felipe Massa, Williams FW40, leads Valtteri Bottas, Mercedes AMG F1 W08
Felipe Massa, Williams FW40
Felipe Massa, Williams FW40
Felipe Massa, Williams FW40
Felipe Massa, Williams FW40
Felipe Massa, Williams stopped in the second practice session
Felipe Massa, Williams FW40 stopped in the second practice session
Felipe Massa, Williams FW40
Felipe Massa, Williams FW40

Felipe Massa enfrentou dificuldades durante as primeiras atividades do GP da Austrália, etapa que marca a abertura da temporada de 2017 da F1. O brasileiro admitiu que a sexta-feira não representou o dia que ele esperava e torce para que a Williams consiga se recuperar para a classificação e a corrida.

Massa, que havia ficado com o sétimo lugar na primeira sessão, teve atuação curta no treino da tarde. Após apenas seis voltas em 35 minutos de atividade, o piloto sofreu problemas de câmbio e foi obrigado a abandonar o treino.

“Não foi o dia que esperávamos e, infelizmente, não pude terminar a segunda sessão. A pista ainda estava um pouco suja e, de repente, tive esse problema no carro. O carro caiu em ponto morto e não conseguia selecionar nenhuma marcha”, detalhou o único representante brasileiro da F1.

Massa relatou que a sessão encurtada impediu que ele e a Williams realizassem todas as simulações necessárias para a sexta-feira. “Isso significa que eu perdi a oportunidade de usar o pneu ultramacio e fazer simulação de corrida. É uma pena, pois fizemos milhares de quilômetros em Barcelona [durante a pré-temporada] e, aí, temos esse problema por aqui. Mas não acho que seja algo sério, o que é positivo. Precisamos nos concentrar 100% em amanhã e espero que as coisas possam ir na direção correta”, completou. 

Apesar das dificuldades, Massa completou a sessão com o 14º melhor tempo, duas posições à frente de Lance Stroll, seu novato companheiro de equipe, que pôde dar 27 giros pelo circuito de Melbourne. 

Vettel: falta de equilíbrio provocou distância para Hamilton

Artigo anterior

Vettel: falta de equilíbrio provocou distância para Hamilton

Próximo artigo

Hamilton diz que Mercedes melhorou "da noite para o dia"

Hamilton diz que Mercedes melhorou "da noite para o dia"
Carregar comentários

Sobre esta matéria

Categoria Fórmula 1
Evento GP da Austrália
Localização Melbourne Grand Prix Circuit
Pilotos Felipe Massa
Equipes Williams