F1 - CEO da Williams acredita que Russell ficaria 'bem feliz' em continuar na equipe

Para Jost Capito, CEO do time inglês, George Russell não verá problemas se o piloto não subir para a Mercedes em 2022

F1 - CEO da Williams acredita que Russell ficaria 'bem feliz' em continuar na equipe

George Russell está na Williams desde que estreou na Fórmula 1 em 2019, apesar do sufoco nas pistas com o carro. Mas seu contrato chega termina este ano.

Leia também:

Mercedes apadrinhou Russell como piloto da sua academia em 2017 e está considerando promovê-lo para o assento de Valteri Bottas no próximo ano.

Com as expectativas de que Lewis Hamilton renove seu contrato, e já confirmando que está em negociação com a equipe, o futuro de Bottas é incerto.

Russell ainda não chegou a conversar com a Mercedes sobre os planos para 2022, mas já disse que gostaria de uma parceria de vários anos com as flechas de pratas, independente de onde a equipe lhe bote para correr.

George Russell, Williams FW43B

George Russell, Williams FW43B

Photo by: Zak Mauger / Motorsport Images

O chefe da Williams na F1, Jost Capito, acredita que Russell ficará feliz de continuar no time no próximo ano caso ele não ganhe a vaga na Mercedes, já que o britânico vê os rumos de sucesso que a última garagista está tomando.

"O contrato do George termina no fim do ano, um contrato de três anos que termina e é isso: ele está livre no fim do ano", disse Capito. "Eu acredito que no momento ele gosta de estar na Williams. Ele gosta de trabalhar conosco. Ele vê para onde estamos indo. Ele vê as mudanças que estamos fazendo, a abordagem que estamos tomando. Então ele vem nos apoiando e sendo positivo em relação a tudo", comentou o chefe do time de Groove.

"Claro, se ele tiver a chance de ir para a Mercedes, ele não será estúpido de não ir. Mas se essa chance com com a Mercedes não chegar, eu acho que ele ficará bem feliz em ficar na Williams. Isso é tudo que podemos fazer e torcer", adicionou Capito.

A Mercedes já deixou claro que não vai acelerar a sua decisão sobre seus pilotos para 2022. Mas Capito está tranquilo sobre essa situação que fica na Williams, dizendo que está feliz em esperar. 

"Nós não estamos dependendo de ninguém. É um contrato que termina no final do ano. Um contrato que termina e sempre que termina, onde quer que seja, eles podem ir embora ou ficar. É uma negociação normal", comentou Jost Capito, que também falou de ter um plano B. "Claro que nós temos que ter um segundo plano, porque nós também vemos o que a Mercedes pode oferecer. Mas no momento, eu não vejo necessidade de fazer algo antes da Mercedes decidir o que eles farão", conclui.

 

Q4: Veja ANÁLISE da CLASSIFICAÇÃO para o GP DA ESTÍRIA, na Áustria

 

Assine o canal do Motorsport.com no Youtube

Os melhores vídeos sobre esporte a motor estão no canal do Motorsport.com. Inscreva-se já, dê o like (joinha) nos vídeos e ative as notificações, para sempre ficar por dentro de tudo o que rola em duas ou quatro rodas.

Podcast #114 - TELEMETRIA: Rico Penteado é enfático sobre favorito na Áustria

 

 

SIGA NOSSO PODCAST GRATUITAMENTE:

compartilhar
comentários

Related video

F1 - Verstappen: "Vou ter que imprimir uma foto da asa traseira e mostrar para os jornalistas"

Artigo anterior

F1 - Verstappen: "Vou ter que imprimir uma foto da asa traseira e mostrar para os jornalistas"

Próximo artigo

F1: Tsunoda perde três posições por bloquear Bottas no Q3

F1: Tsunoda perde três posições por bloquear Bottas no Q3
Carregar comentários