Últimas notícias
Fórmula 1 GP de Singapura

Chefe da Mercedes: dupla da Ferrari está criando uma rivalidade

Wolff relembrou dificuldades de lidar com disputas internas entre Rosberg e Hamilton

Sebastian Vettel, Ferrari and Charles Leclerc, Ferrari in the Press Conference

Depois de mais uma polêmica entre o monegasco Charles Leclerc e o alemão Sebastian Vettel no GP de Singapura de Fórmula 1, muitos afirmam que a dupla da Ferrari está criando uma forte rivalidade. Um dos defensores desta tese é o chefe de equipe da Mercedes, Toto Wolff.

Vettel venceu o GP asiático depois de fazer seu pit stop mais cedo que Leclerc, já que as circunstâncias da corrida levaram a Ferrari a contrariar sua política usual de dar preferência ao carro da frente.

Leia também:

Leclerc ficou descontente com a escuderia e manifestou a insatisfação pelo rádio, mas mudou o tom após a corrida. Já Vettel disse que um piloto estaria "muito enganado se pensar que é maior que a equipe".

Com base na polêmica relação entre o alemão Nico Rosberg, que já deixou a F1, e o britânico Lewis Hamilton, que ainda está na Mercedes, agora ao lado do finlandês Valtteri Bottas, Wolff comentou a situação do time de Maranello.

“Acho que, sempre que há dois alfas competindo pela posição de liderança, há potencial para rivalidade dentro da equipe. Nós tivemos isso e acho que hoje somos muito fortes como equipe, com uma filosofia clara", comentou o austríaco.

Wolff lembrou de 'guerra' entre Rosberg e Hamilton

Wolff lembrou de 'guerra' entre Rosberg e Hamilton

Photo by: XPB Images

Tetracampeão mundial, Vettel entrou na temporada como piloto número um da Ferrari, mas Leclerc, de 21 anos, cravou cinco poles e duas vitórias em seu primeiro ano com a equipe e está quatro pontos à frente do alemão no campeonato. O veterano, aliás, tem apenas uma pole e um triunfo.

A dupla não teve problemas na pista em Singapura. O que causou a angústia do jovem monegasco foi a estratégia de paradas, o que levou à manifestação do descontentamento do piloto pelo rádio durante a prova.

Questionado sobre a qualidade da comunicação dentro da Ferrari, Leclerc disse: “O nível de quanto falamos na equipe é muito bom. Sempre haverá situações sobre as quais você não fala, caso contrário, serão muitas horas de conversa e eu não quero isso, elas já são muito longas!"

Vettel corroborou: “Obviamente tentamos falar sobre as coisas na corrida, o que pode acontecer e assim por diante. Como você pode imaginar, é preciso continuar seu trabalho no carro, mas acho que é uma equipe excepcional e ela fica em primeiro lugar. Acho que estamos cientes disso".

Veja como terminou o GP de Singapura:

1 - Sebastian Vettel, Ferrari SF90
2 - Charles Leclerc, Ferrari SF90
3 - Max Verstappen, Red Bull Racing RB15
4 - Lewis Hamilton, Mercedes AMG F1 W10
5 - Valtteri Bottas, Mercedes AMG W10
6 - Alexander Albon, Red Bull Racing RB15
7 - Lando Norris, McLaren MCL34
8 - Pierre Gasly, Toro Rosso STR14
9 - Nico Hulkenberg, Renault F1 Team R.S. 19
10 - Antonio Giovinazzi, Alfa Romeo Racing C38
11 - Romain Grosjean, Haas VF-19
12 - Carlos Sainz Jr., McLaren MCL34
13 - Lance Stroll, Racing Point RP19
14 - Daniel Ricciardo, Renault R.S.19
15 - Daniil Kvyat, Toro Rosso STR14
16 - Robert Kubica, Williams FW42
17 - Kevin Magnussen, Haas F1 Team VF-19
Kimi Raikkonen, Alfa Romeo Racing C38 (não terminou)
Sergio Perez, Racing Point RP19 (não terminou)
George Russell, Williams Racing FW42 (não terminou)
20

Faça parte da comunidade Motorsport

Join the conversation
Artigo anterior Vettel manda recado a Leclerc: "A Ferrari está acima de qualquer indivíduo"
Próximo artigo Hamilton alerta Mercedes e diz que time tem que "sentir dor" após GP de Singapura

Principais comentários

Ainda não há comentários. Seja o primeiro a comentar.

Cadastre-se gratuitamente

  • Tenha acesso rápido aos seus artigos favoritos

  • Gerencie alertas sobre as últimas notícias e pilotos favoritos

  • Faça sua voz ser ouvida com comentários em nossos artigos.

Motorsport prime

Descubra conteúdo premium
Assinar

Edição

Brasil