F1: Alonso diz que 'ensinou melhor traçado' a Hamilton na Hungria

Bicampeão falou sobre a batalha com Hamilton e como, por um momento, achou que teria condições de vencer a prova

F1: Alonso diz que 'ensinou melhor traçado' a Hamilton na Hungria

Protagonistas de uma das mais belas disputas da temporada 2021 da Fórmula 1 até aqui, Fernando Alonso afirma que ensinou a Lewis Hamilton uma trajetória melhor no GP da Hungria, que o piloto da Mercedes utilizou para ultrapassar Carlos Sainz algumas voltas depois.

Hamilton, que sai da Hungria na liderança do Mundial, se aproximou de Alonso na volta 55 de 70, e os ex-companheiros de McLaren tiveram uma batalha intensa, até que uma frenagem mais forte do espanhol permitiu que o heptacampeão assumisse a quarta posição na curva um.

Leia também:

Alonso reconhece que a luta dos dois, que durou dez voltas, permitiu que Hamilton aprendesse a melhor trajetória possível no final setor, que o britânico utilizou para rapidamente passar Sainz a cinco voltas do fim para conquistar o pódio.

"Honestamente, achava que não teria como segurá-lo por mais do que uma ou duas voltas", disse Alonso. "Mas nas curvas finais ele parecia sofrer um pouco mais para me acompanhar. Isso era suficiente para abrir uma vantagem e me defender na reta".

"Acho que ele aprendeu algumas linhas diferentes nas três curvas finais após dez voltas atrás de mim. Ele conseguiu passar Carlos com apenas uma volta, aplicando essas novas linhas".

Alonso, que estava de pneus duros, explicou que a Alpine não pediu que ele segurasse Hamilton, que usava os compostos médios, mas sim que sabia se defender da Mercedes após assistir "a situação" nas "grandes telas de TV" ao redor do circuito.

Segundo Alonso, isso foi "ouro" para que seu companheiro de equipe, Esteban Ocon, garantisse sua primeira vitória após segurar Sebastian Vettel, que posteriormente foi desclassificado por não fornecer a amostra determinada de combustível.

"A equipe não me disse nada. Mas eu sabia que cada volta que eu pudesse segurá-lo, seria ouro para a vitória de Esteban".

O espanhol, que previu um incidente na curva um após se classificar em nono, atrás de Ocon, admitiu que teve sorte ao evitar um toque de Lance Stroll após a Aston Martin passar pela grama molhada e eliminar Charles Leclerc e bater em Daniel Ricciardo.

"Tive sorte que minha corrida não acabou na curva um, como aconteceu com outros. Fico feliz com esse top 5, é meu melhor resultado do ano. Não foi um presente porque precisei lutar todas as voltas por todas as posições. Tenho orgulho do que fiz e o título de 'Piloto do Dia' provavelmente mostra isso".

O bicampeão acrescentou ainda que tinha o "ritmo para vencer" inicialmente antes de ficar "convencido sobre o pódio".

"Possivelmente tinha o ritmo para vencer, ou pelo menos é o que parece quando você vê a corrida. [Após reduzir a diferença para Sainz], estava convencido sobre o pódio. Estava fazendo voltas mais rápidas, e achei que poderia ultrapassá-los e tentar correr. Isso era o que passava pela minha mente".

"Então eu comecei a perceber que talvez não era possível vencer a corrida. Não era suficiente baseado na força, especialmente com a falta de velocidade na reta. Comecei a pensar naquele momento que, se estivesse logo atrás de Carlos com o DRS, poderia me proteger de Hamilton e terminar em quarto".

F1 2021: CAOS NA HUNGRIA! Veja TUDO sobre a CORRIDA MALUCA, com ERRO da Mercedes, BATIDAS e CHUVA

Assine o canal do Motorsport.com no Youtube

Os melhores vídeos sobre esporte a motor estão no canal do Motorsport.com. Inscreva-se já, dê o like (joinha) nos vídeos e ative as notificações, para sempre ficar por dentro de tudo o que rola em duas ou quatro rodas.

PODCAST: Como Verstappen se encaixa entre rivais históricos de Hamilton?

 

SIGA NOSSO PODCAST GRATUITAMENTE:

compartilhar
comentários
F1: Aston Martin deve apelar contra desclassificação de Vettel na Hungria

Artigo anterior

F1: Aston Martin deve apelar contra desclassificação de Vettel na Hungria

Próximo artigo

F1: Hamilton suspeita que possa estar sofrendo de "Covid Longa" após mal-estar na Hungria

F1: Hamilton suspeita que possa estar sofrendo de "Covid Longa" após mal-estar na Hungria
Carregar comentários