F1: Alonso sugere que Alpine vire o foco para construção do carro de 2023

Espanhol entende que o protótipo desta temporada foi bem construído e, por isso, não precisa de grandes atualizações para que se mantenha com mesmo ritmo

Fernando Alonso, Alpine A522

Enquanto a Alpine obteve ganhos impressionantes este ano e está travada em uma luta acirrada com a McLaren pelo quarto lugar no campeonato de construtores da Fórmula 1, Fernando Alonso está atento às suas ambições de longo prazo. E enquanto as equipes avaliam se devem continuar investindo recursos no desenvolvimento de seus atuais concorrentes ou concentrar mais esforços nos carros do próximo ano, o espanhol sugere que seria um erro apostar demais no A522 atual.

Pois ele acha que a maneira como uma grande equipe como a Mercedes fez uma recuperação tão rápida, mostra como a Alpine não pode se dar ao luxo de deixar nenhuma oportunidade escapar de seus dedos para o próximo ano se quiser almejar vitórias no futuro próximo.

Leia também:

"Eu não acho que vai ser fácil para nós", ele disse. "Eles [Mercedes] têm uma grande organização e nós sabíamos que ele voltariam cedo ou tarde. 

"Para nós, é mais um programa de médio-longo prazo quando tentamos avançar o quanto eles. Então, eu acho que, para nós, faz sentido começar o carro do próximo ano o mais cedo possível e assim não comprometemos o projeto do ano que vem.

"Os grandes times, eles conseguem começar o próximo carro e ao mesmo tempo, em paralelo, continuar melhorando o carro do ano. Para os outros, isso é mais um desafio."

Fernando Alonso, Alpine F1 Team

Fernando Alonso, Alpine F1 Team

Photo by: FIA Pool

Alonso acredita que a Alpine fez um bom trabalho com seu carro atual, pois sugeriu que o único foco para melhorias imediatas é melhorar o desempenho em curvas lentas.

"Sentimos um pouco para trás em algumas curvas", ele disse. "Eu diria que as curvas de baixa velocidade não são nossa força no momento.

"Nós vimos em Baku, onde tem muitas curvas de baixa velocidade, alguns carros muito fortes. AlphaTauri terminou em P5 e a Aston Martin estava muito forte também. Então, em algumas pistas essas equipes podem voltar à vida de novo.

"[Nós precisamos] um pouco de tudo. Eu não acho que nós temos um ponto fraco no carro que precisamos resolver, mas existem áreas para melhorar em todos os lugares."

Alpine vem sendo bem agressiva na força de desenvolvimento nesta temporada e o chefe de equipe, Otmar Szafnauer, sugeriu que eles irão continuar trazendo atualizações até o time chegar ao limite orçamentário. Questionado sobre o quão positivo foi, já que o impulso de atualização estava proporcionando melhores resultados na pista, Szafnauer disse: "Muito encorajador.

"Nós falamos no começo desse ano que esse é o objetivo do ano. A curva de aprendizado no túnel ainda é muito íngreme, então você precisa tirar vantagem disso e continuar colocando desempenho no carro. Nós vamos continuar fazendo isso até ficarmos sem dinheiro."

 

Os melhores vídeos sobre esporte a motor estão no canal do Motorsport.com. Inscreva-se já, dê o like ('joinha') nos vídeos e ative as notificações para ficar por dentro de tudo o que rola em duas ou quatro rodas.

Podcast #186 – Vitória da Ferrari na casa da Red Bull é marco para recuperação no campeonato?

 

ACOMPANHE NOSSO PODCAST GRATUITAMENTE:

Faça parte da comunidade Motorsport

Join the conversation
Artigo anterior Ex-F1 critica dinheiro necessário para entrar na categoria: "Assustador"
Próximo artigo F1: A atualização "misteriosa" da Mercedes para França e o inconsistente progresso do W13

Principais comentários

Ainda não há comentários. Seja o primeiro a comentar.

Cadastre-se gratuitamente

  • Tenha acesso rápido aos seus artigos favoritos

  • Gerencie alertas sobre as últimas notícias e pilotos favoritos

  • Faça sua voz ser ouvida com comentários em nossos artigos.

Motorsport prime

Descubra conteúdo premium
Assinar

Edição

Brasil