Últimas notícias

F1: Alpine ainda tem seis candidatos para vaga em 2023

Segundo o CEO da Alpine, Laurent Rossi, inicialmente havia 14 nomes na lista, mas agora há seis candidatos, dentre eles pilotos que estão no grid da F1. Equipe não tem pressa em tomar decisão, pois teme cometer "erro"

Fernando Alonso, Alpine F1 Team A522 and team mate Esteban Ocon, Alpine F1 Team A522

A perda de Fernando Alonso e Oscar Piastri forçou a equipe Alpine a olhar para o mercado para escolher um piloto que irá ser companheiro de equipe de Esteban Ocon em 2023 na Fórmula 1. Os franceses chegaram até a fazer um teste na Hungria, com o carro de 2021. Antonio Giovinazzi, Nyck de Vries e Jack Doohan estavam presentes na sessão. 

Anteriormente, Mick Schumacher também foi apontado como candidato à vaga na equipe, mas o nome de Pierre Gasly vem ganhando cada vez mais força. Acredita-se que o piloto francês esteja prestes a deixar AlphaTauri e se juntar a seus compatriotas um ano antes do término do contrato com a Red Bull - eles prometeram não colocar obstáculos se encontrarem um substituto.

Leia também:

No entanto, como se vê, a Alpine não está apenas olhando para os pilotos nomeados. Seis pilotos permanecem na lista de candidatos no momento, que já teve 14 nomes.

"Estamos demorando porque não queremos cometer um erro", disse o CEO da Alpine, Laurent Rossi, ao RacingNews365. “Agora estamos em uma situação confortável. Diga o que quiser, mas nosso espaço é o mais requisitado de todo o paddock. Somos a quarta equipe do grid [na atual tabela do Campeonato de Construtores], então as pessoas estão esperando por nós antes de tomar uma decisão.

"Escolhemos 14 pilotos, como Otmar [Szafnauer] anunciou anteriormente. Agora estamos reduzidos a seis. Alguns ainda não estão completamente livres para fazer uma troca e outros podem não se encaixar no plano. Até o final de setembro devemos ter uma boa ideia de quem queremos assinar", disse o CEO da Alpine.

Embora Rossi não tenha citado nomes. Existe a possibilidade de que o sexto candidato - além dos cinco que já foram nomeados - pode ser considerado Daniel Ricciardo, que, após ser demitido da McLaren, perderia a temporada para retornar em 2024.

Um possível retorno a Enstone, onde o australiano já competiu em 2019-20, não pode ser completamente descartado.

O chefe da Alpine não disse quem foram os oito candidatos que já foram riscados da lista.

BEBEDEIRA e ZOEIRA: Rubinho e Massa citam Kimi, Schumi e Alonso como PARÇAS. Mas quem são os CHATOS?

Podcast #196 - Após recorde, qual Alonso ficará para a história da F1?

 

ACOMPANHE NOSSO PODCAST GRATUITAMENTE:

Artigo anterior F1: Steiner dá 'sinal verde' para Ricciardo correr na Haas em 2023
Próximo artigo F1: Brawn compara situação de Hamilton com retorno de Schumacher à Mercedes
Assinar