F1: Binotto diz que Sainz precisa administrar a pressão de ter "carro rápido" para disputar melhores posições

Piloto espanhol bateu no Q2 em Ímola, depois de ter feito tempo bom o suficiente para o segundo lugar da sessão

F1: Binotto diz que Sainz precisa administrar a pressão de ter "carro rápido" para disputar melhores posições
Carregar reprodutor de áudio

O chefe da Ferrari na Fórmula 1, Mattia Binotto, acredita que Carlos Sainz precisa aprender a administrar a pressão de ter um carro na frente pela primeira vez.

O espanhol bateu no Q2 em Ímola na sexta-feira (22), depois de ter feito um tempo bom o suficiente para o segundo lugar da sessão, atrás de Max Verstappen.

Embora tenha avançado para o Q3, ele não conseguiu participar e, assim, caiu para a 10ª colocação no grid para a corrida sprint de sábado.

Leia também:

Sainz tem sido ofuscado pelo companheiro de equipe Charles Leclerc na classificação e nas corridas até agora em 2022, mas Binotto disse que não há nenhum problema em particular.

"Eu não acho que há problemas. Certamente você precisa se adaptar. Acho que ele cometeu alguns erros, que são importantes. Mas, acho que ele está se aprimorando, está indo cada vez mais rápido", disse o chefe da Ferrari.

“E se eu olhar ontem, quando ele estava guiando, ele estava guiando muito rápido. Uma pena, porque quando ele saiu, acho que não era o momento certo para ir ao limite. Ele sabe muito bem."

“Acho que é uma questão de administrar a pressão. Talvez pela primeira vez na carreira ele tenha um carro rápido o suficiente para disputar as melhores posições."

"E ele simplesmente precisa se acostumar com isso. Mas ele fará isso muito rapidamente, porque eu sei o quão inteligente e capaz ele é de gerenciar a pressão."

A Ferrari anunciou um contrato estendido com Sainz na semana passada, e Binotto acredita que o acordo traz benefícios óbvios.

“Por que mais dois anos? Acho que porque, primeiro, estamos muito felizes com ele, a maneira como ele se integrou à equipe, a maneira como está atuando. E acho que ele está correspondendo às expectativas", disse Binotto.

“E depois disso, começamos essa experiência com ele, acho que estamos muito, muito felizes. E era o momento certo para olhar para frente. Acho que renovar e estender é como dar a estabilidade à equipe também."

“Sabemos que nossos pilotos estão confirmados até o final de 2024. E podemos aproveitar isso. E acho que nosso principal objetivo é tentar realmente criar as bases para o futuro. E junto com essa formação, acho que é o melhor que podemos fazer", concluiu.

VÍDEO: Vai ter chuva na Corrida Sprint de Ímola?

Assine o canal do Motorsport.com no YouTube

Os melhores vídeos sobre esporte a motor estão no canal do Motorsport.com. Inscreva-se já, dê o like ('joinha') nos vídeos e ative as notificações para ficar por dentro de tudo o que rola em duas ou quatro rodas.

Podcast debate classificação para o GP da Emilia Romagna, com Verstappen na pole

 

ACOMPANHE NOSSO PODCAST GRATUITAMENTE:

compartilhar
comentários
F1: Com pista seca, Russell lidera TL2 em Ímola focado em simulações de corrida
Artigo anterior

F1: Com pista seca, Russell lidera TL2 em Ímola focado em simulações de corrida

Próximo artigo

F1: Alfa Romeo troca chassi de Bottas após dano no exaustor

F1: Alfa Romeo troca chassi de Bottas após dano no exaustor