F1: Bottas ficou "surpreso" com sugestão de que parada desastrosa foi causada por erro de posicionamento dele

Finlandês disse que alertou Mercedes antes do fim de semana em Mônaco sobre os problemas em paradas no começo de 2021

F1: Bottas ficou "surpreso" com sugestão de que parada desastrosa foi causada por erro de posicionamento dele

Valtteri Bottas disse que ficou "surpreso" ao ouvir que a Mercedes havia sugerido que o seu posicionamento levemente errado foi um fator que contribuiu para a desastrosa troca de pneus em Mônaco e o consequente ao abandono do GP de Fórmula 1.

O finlandês foi forçado a abandonar o GP de Mônaco após a Mercedes não conseguir retirar o pneu dianteiro direito durante a parada. A porca da roda foi danificada após a pistola de ar se colocada em um determinado ângulo, com a equipe conseguindo removê-la apenas na fábrica, dias depois.

Leia também:

A Mercedes sugeriu que o ângulo errado foi causado pelo modo como Bottas chegou aos boxes, sendo um fator para a pistola não entrar reto, como deveria. Mas o finlandês não está tão convencido assim de que ele fez algo diferente do que deveria.

Perguntado se ficou surpreso ao ouvir que a Mercedes o havia culpado por conta da posição, Bottas disse: "Sim, fiquei surpreso. Eu vi o vídeo e, para mim, estava no lugar correto ao parar, então fiquei bastante surpreso".

Bottas disse que os dados que ele viu na reunião após o GP de Mônaco mostraram que ele estava apenas alguns centímetros fora, algo que se encaixa dentro dos níveis normais de tolerância,

"Nós analisamos tudo em detalhes e sabemos que provavelmente poderíamos ter feito um trabalho melhor como equipe e o pitstop, da minha parte, foi bem normal".

"Claro, eu quis ver todos os relatórios sobre onde eu parei. Acho que estava dois ou três centímetros fora da linha central. E se você olhar para os números, são bons. É possível variar em 10 a 15 centímetros".

Valtteri Bottas, Mercedes W12 wheel nut detail

Valtteri Bottas, Mercedes W12 wheel nut detail

Photo by: Giorgio Piola

Bottas também revelou que havia levantado preocupações sobre uma fraqueza em potencial nas paradas da Mercedes antes do GP de Mônaco.

"Já era uma das minhas preocupações há algumas semanas, e falei disso com a equipe. Então sabemos que isso não veio do nada. Sabíamos que nossos pitstops não eram tão perfeitos".

"E há outras áreas também como aquecimento de pneus na classificação. Eu sabia que isso seria um problema em Mônaco, e foi uma das coisas que destaquei muito antes do fim de semana".

Bottas disse que a Mercedes havia aprendido lições importantes com o problema de Mônaco, o que deve impedir uma repetição no futuro.

"Como equipe, temos que maximizar o aprendizado disso. Houve uma análise detalhada, claro, do que aconteceu, porque aconteceu e como impedir que isso aconteça no futuro. Então é uma questão de aprender e corrigir o problema. Acho que a equipe entende isso e fizemos correções para que, com sorte, não tenhamos isso no futuro de novo".

F1 2021: O QUEBRA-CABEÇAS das equipes e pilotos na DESAFIADORA Baku com RICO PENTEADO | TELEMETRIA

Assine o canal do Motorsport.com no Youtube

Os melhores vídeos sobre esporte a motor estão no canal do Motorsport.com. Inscreva-se já, dê o like (joinha) nos vídeos e ative as notificações, para sempre ficar por dentro de tudo o que rola em duas ou quatro rodas.

Podcast- Quais os episódios fora da F1 que mais marcaram nossas vidas?

 

 

compartilhar
comentários
F1 - Norris revela que não consegue pilotar McLaren como gostaria: "Tive que me adaptar a muitas coisas"

Artigo anterior

F1 - Norris revela que não consegue pilotar McLaren como gostaria: "Tive que me adaptar a muitas coisas"

Próximo artigo

F1 pode punir pilotos por 'lentidão desnecessária' em Baku; entenda

F1 pode punir pilotos por 'lentidão desnecessária' em Baku; entenda
Carregar comentários