F1: Bottas nega rumores de que Mercedes já o comunicou de sua saída no fim do ano

Finlandês disse que seu foco está na disputa da rodada tripla, com os GPs da França, Áustria e Estíria

F1: Bottas nega rumores de que Mercedes já o comunicou de sua saída no fim do ano

O contrato de Valtteri Bottas com a Mercedes chega ao fim após a temporada atual, como tem sido a cada ano desde sua chegada à Brackley. Mas em meio a fortes rumores da chegada de George Russell para ocupar sua vaga em 2022, o finlandês afirmou que a equipe alemã não o comunicou nada sobre seu futuro na Fórmula 1 além deste ano, e que seu foco é melhorar o problemático 2021.

Desde sua chegada à Mercedes, Bottas só teve contratos anuais, mas desde que Russell substituiu Lewis Hamilton no GP de Sakhir de 2020, o futuro do finlandês parece ter se complicado.

Leia também:

Na coletiva de imprensa antes do GP da França, Bottas foi questionado se teria um plano B caso a saída da Mercedes seja confirmada no fim do ano: "Não pensei tanto nisso ainda, sinceramente".

"Obviamente, não é sempre que você pode se isolar do ruído ao redor, e a cada temporada é o mesmo, as mesmas perguntas e especulações, isso faz parte do esporte. Assim, não acredito que seja o momento para responder isso a fundo".

"Ainda não discuti nada sobre o contrato com a Mercedes e isso virá no seu momento. Agora, o foco está na rodada tripla e depois veremos isso em algum momento, mas não há muito mais que dizer agora".

Algumas informações que circulam pela imprensa europeia colocam que a Mercedes já teria comunicado a Bottas que não renovaria seu contrato para 2022, algo negado pelo piloto em pergunta do Motorsport.com.

"Vocês sabem, com Toto [Wolff], falamos muito, isso é normal. E seguimos conversando. Isso é normal. Mas isso não posso confirmar, pelo menos ninguém me disse nada disso. Então, isso não é correto, é apenas uma especulação, e estou certo de que existem vários tipos de rumores que não se baseiam em nada de concreto".

"As pessoas inventam histórias apenas pelos cliques, é assim que funciona".

Bottas também garantiu que, dependendo de como vai cada temporada, sua negociação com Wolff pode começar mais cedo ou mais tarde.

"A cada ano é diferente. Depende de como vai a temporada e a situação geral da equipe, se estão buscando outras opções ou não. Assim, em alguns anos foi antes, outros depois. Tudo que posso dizer é que queremos focar nas próximas três corridas".

"Elas exigirão muito de nós como equipe antes de tomarmos qualquer decisão juntos. E meu coração no momento... não me permito pensar muito nisso porque pode tornar-se uma distração. Só quero vencer corridas e, já sabem, obter os resultados que me proponho".

Alain Prost chegou a comentar nos últimos dias que a situação de Bottas é "psicologicamente complicada", mas o finlandês assinala o longo caminho por vir em 2021 como resposta.

"Seu olharmos para os últimos anos, é claro que houve altos e baixos. No geral, estou confortável. A equipe exige muito de você, o que é esperado, e eu exijo muito da equipe. O que queremos fazer é vencer, esse é o objetivo, em todas as corridas. E se não vencermos, isso nos faz trabalhar ainda mais".

"Não é uma sensação confortável quando a temporada não vai como você gostaria. Mas é assim. A vida e o esporte têm seus altos e baixos, então sei que eles são parte do caminho e os bons estão por vir. A equipe também sabe disso e sinto um bom apoio deles, o que torna mais fácil para lidar".

"Analisamos tudo que deu errado na corrida. E neste fim de semana será apenas a sétima prova de 23. Há um longo caminho pela frente mas, no momento, como equipe, não estamos na parte superior, diria, mas nosso objetivo é consegui-lo".

TELEMETRIA: A volta da F1 a um circuito ‘normal’ no GP da França e a renovação de Ocon

Assine o canal do Motorsport.com no Youtube

Os melhores vídeos sobre esporte a motor estão no canal do Motorsport.com. Inscreva-se já, dê o like (joinha) nos vídeos e ative as notificações, para sempre ficar por dentro de tudo o que rola em duas ou quatro rodas.

PODCAST: Qual é o tamanho do 'drama' de Bottas e Mercedes em 2021?

 

compartilhar
comentários
F1 - Verstappen defende que Pirelli não pode culpar equipes por falhas nos pneus e cobra mais explicações

Artigo anterior

F1 - Verstappen defende que Pirelli não pode culpar equipes por falhas nos pneus e cobra mais explicações

Próximo artigo

F1: Hamilton revela adaptação da Mercedes para evitar 'botão mágico' e diz que não se sente pressionado

F1: Hamilton revela adaptação da Mercedes para evitar 'botão mágico' e diz que não se sente pressionado
Carregar comentários