F1- Chefe da Red Bull detona Wolff: "Deveria olhar para o seu próprio negócio"; entenda polêmica

Horner disparou contra dirigente da Mercedes depois dele ter palpitado sobre futuro da equipe austríaca

F1- Chefe da Red Bull detona Wolff: "Deveria olhar para o seu próprio negócio"; entenda polêmica

O chefe da Mercedes, Toto Wolff, acredita que a porta permanece aberta para a Volkswagen entrar na Fórmula 1 com a Red Bull no futuro, apesar dos planos da equipe de seguir em frente com seu próprio motor. Christian Horner, por sua vez, respondeu às declarações do austríaco sugerindo que ele olhasse "para o seu próprio negócio".

A escuderia austríaca anunciou em fevereiro que formaria sua própria divisão de motores, chamada Red Bull Powertrains. O novo departamento será baseado em Milton Keynes, e já está fazendo planos para produzir uma nova unidade de força interna para 2025.

Leia também:

Apesar do esforço atual da Red Bull para projetar seu próprio motor, a equipe foi associada a uma possível ligação com o Grupo Volkswagen, que declarou publicamente que as novas regras de F1 poderiam ser "de grande interesse" para uma entrada na categoria.

Toto Wolff disse que a estratégia do time de Horner para o planejamento do motor "não era estúpida", acreditando que a porta ainda estaria aberta para uma marca da Volkswagen como Porsche ou Audi no futuro.

"Por um lado, eles estão interessados em fazer sua própria unidade de força, mas não é segredo que o Grupo Volkswagen com suas duas marcas está olhando para a Fórmula 1 e tem participado das discussões", disse.

“Então [a Red Bull] pode a qualquer momento decidir se quer se limitar a sua própria unidade de força ou ir com um grande fabricante alemão."

"Poderia ficar dentro das unidades de força da Red Bull ou poderia ir para a Porsche/Audi. Portanto, no geral, acho que faz sentido o que eles fazem."

Wolff espera que a Volkswagen opte por entrar na categoria máxima do automobilismo no futuro, acreditando que uma parceria com a Red Bull faz sentido, dadas as suas conexões anteriores.

"Acho que estamos nos estágios iniciais", disse.

“Eles manifestaram interesse, e isso foi público, e a esse respeito, espero muito que entrem no esporte."

"O Grupo Volkswagen tem uma conexão histórica com a Red Bull em todas as plataformas, e é lógico que eles vão olhar para um relacionamento com a RBR, e se eles podem utilizar a propriedade intelectual da Honda, e o aprendizado de qualquer unidade de força Volkswagen entraria."

"Estou dizendo que sim, porque não tenho ideia e não é da minha conta. Mas eles se beneficiarão com todos esses relacionamentos e propriedade intelectual levada adiante."

Questionado sobre as declarações de Wolff, o chefe da Red Bull, Horner, disparou: "Toto gosta de pensar que sabe tudo o que acontece com as outras pessoas. Ele deveria olhar para o seu próprio negócio".

O britânico enfatizou que a escuderia austríaca está fazendo tudo o que está ao seu alcance para produzir o motor internamente.

“Estamos construindo um sistema fantástico, temos um grande talento, estará totalmente integrado com a área de chassi."

Horner disse que atualmente não há discussões no que tange trabalhar com um fabricante externo.

"No momento, não há nenhuma discussão em andamento, ele está focado em ser chamado de motor Red Bull", disse Horner.

"Mas é claro que esse motor poderia ter qualquer nome no futuro. Mas integrá-lo totalmente a Milton Keynes é tremendamente empolgante", concluiu.

F1 2021: BRIGA de 'gato e rato' entre Mercedes e Red Bull nos treinos em Portugal | SEXTA-LIVRE

Assine o canal do Motorsport.com no Youtube

Os melhores vídeos sobre esporte a motor estão no canal do Motorsport.com. Inscreva-se já, dê o like (joinha) nos vídeos e ative as notificações, para sempre ficar por dentro de tudo o que rola em duas ou quatro rodas.

PODCAST: Por que temporada de 2021 promete ser a mais equilibrada dos últimos anos?

 

compartilhar
comentários
F1: Hamilton admite dificuldades para encontrar equilíbrio com Mercedes em Portimão

Artigo anterior

F1: Hamilton admite dificuldades para encontrar equilíbrio com Mercedes em Portimão

Próximo artigo

F1: Verstappen supera Hamilton e lidera terceiro treino livre para o GP de Portugal

F1: Verstappen supera Hamilton e lidera terceiro treino livre para o GP de Portugal
Carregar comentários