F1: Ferrari conclui desenvolvimento de 2020 com novidades aerodinâmicas em Portimão

compartilhar
comentários
F1: Ferrari conclui desenvolvimento de 2020 com novidades aerodinâmicas em Portimão
Por:

O chefe de desenvolvimento de performance da equipe italiana ofereceu um panorama sobre a situação atual e como a Ferrari planeja 2021

A Ferrari anunciou que introduzirá novas atualizações de aerodinâmicas na parte traseira do SF1000 neste fim de semana, durante o GP de Portugal. Assim, a equipe italiana completa o programa de desenvolvimento de 2020 após uma temporada difícil na Fórmula 1.

Desde o início do ano, a Ferrari vem sofrendo com a falta de ritmo, ocupando apenas o sexto lugar no Mundial de Construtores, devido a déficits de aerodinâmica e motor.

Leia também:

Visando consertar pelo menos os problemas de aerodinâmica, a equipe de Maranello desenvolveu uma gama de atualizações, que foram apresentadas nos últimos GPs. Os pacotes vistos nos GPs da Rússia e de Eifel incluem novo bico, asa traseira e bargeboard.

No GP de Portugal deste fim de semana, a Ferrari completará as novidades com um novo difusor: "Já introduzimos algumas pequenas modificações no pacote de aerodinâmica em Sochi e outros em Nurburgring", disse o chefe de desenvolvimento de performance Enrico Cardille.

"Em Portimão teremos mais uma atualização, especialmente em cima do difusor, completando o programa determinado nos últimos meses".

As atualizações da Ferrari tiveram algum sucesso, especialmente com Charles Leclerc, que largou em quarto em Nurburgring e terminando em sétimo, após um sexto lugar em Sochi.

Segundo o chefe da equipe, Mattia Binotto, a equipe não espera que as atualizações tragam grandes ganhos de performance, mas mostram que o carro está indo na direção correta.

Cardile espera que a Ferrari "tenha a confirmação" em Portimão de que o desenvolvimento está "no caminho certo" após problemas de correlação no túnel de vento de Maranello.

"Indicações dos GPs passados são positivos e espero que o mesmo se aplique neste fim de semana. Temos que considerar que, mais do que nunca neste ano, o desenvolvimento está focado na próxima temporada".

"Com tudo igual, ainda esperamos ver uma melhora de performance no SF1000. Seria muito útil nos encontrarmos liderando o pelotão do meio, que estamos atualmente alguns décimos abaixo".

Para 2021, as equipes podem fazer apenas um desenvolvimento limitado em cima do carro atual, que passará também por um corte de downforce obrigatório pelo regulamento.

A Ferrari confirmou nesta semana que gastará suas duas fichas de desenvolvimento para 2021 na traseira de seu carro. Cardile explicou que a Ferrari, que também trabalha em um novo motor, está buscando recriar a traseira porque é onde "cria a maior margem de melhora".

"Eu digo que não é apenas porque é a área do carro com mudanças significativas introduzidas no regulamento técnico, mas também porque acreditamos que é um lugar pode podemos fazer progresso significativo. É por isso que decidimos gastar as fichas nesta área".

"Quando olhamos na classificação, estar em sexto machuca e estamos cientes que não é uma posição para a Ferrari. Queremos melhorar, para nós e os fãs que seguem nos apoiando mesmo neste momento difícil".

Nova parceria com ThePlayer.com, a melhor opção para apostas e diversão no Brasil

Neste fim de semana, a F1 visita Portimão, para o GP de Portugal. E em uma prova onde adaptação é essencial, a Mercedes e Hamilton podem respirar aliviados: o piloto ou a equipe venceram a edição inaugural das quatro últimas provas novas. Ele venceu em Mugello, Sochi e Austin. Já Rosberg venceu em Baku. Parece uma aposta certa não? Quer saber mais? Confira o ThePlayer.com e não perca nada!

CEO da F1 cita outros esportes e diz que categoria não pode usar “camisa de força” contra mudanças

Podcast – O mercado da F1 para 2021 e os 30 anos do bicampeonato de Senna

 

Russell garante permanência apesar de rumores de Pérez: "Estarei no grid com a Williams"

Artigo anterior

Russell garante permanência apesar de rumores de Pérez: "Estarei no grid com a Williams"

Próximo artigo

F1: Pilotos poderão obter superlicença com menos pontos por "motivos de força maior"

F1: Pilotos poderão obter superlicença com menos pontos por "motivos de força maior"
Carregar comentários

Sobre esta matéria

Categoria Fórmula 1
Evento GP de Portugal
Equipes Ferrari
Autor Filip Cleeren