F1: Ferrari revela novo sidepod 'estilo Red Bull' na Espanha; veja imagens

Modelo representa uma ruptura em relação ao conceito adotado pelo time de Maranello desde o começo de 2022

Ferrari SF-23, floor

Ferrari SF-23, floor

Ronald Vording

Como forma de dar a volta por cima após um início de temporada desapontador, sofrendo com o ritmo de corrida do SF-23, a Ferrari apresentou nesta quinta-feira um pacote de atualização no GP da Espanha de Fórmula 1 que inclui um novo sidepod, que utiliza um conceito similar ao da Red Bull.

A Ferrari havia anunciado ainda no começo da temporada um grande pacote de atualizações, que, inicialmente, seria dividido entre Miami, Ímola e Barcelona mas, com o cancelamento do GP da Emilia Romagna, as novidades foram concentradas para a Espanha. Entre elas, o destaque, segundo apurado, é uma mudança no sidepod.

Leia também:

A equipe fez um bom uso de um modelo inwash desde a chegada dos novos carros com efeito solo em 2022, e manteve o conceito neste ano apesar da maioria do grid seguir o caminho da Red Bull. Porém, vendo a larga vantagem da rival este ano, o time de Maranello resolveu mudar a filosofia do carro para reverter seus problemas.

Ferrari SF-23, floor

Ferrari SF-23, floor

Photo by: Ronald Vording

Como pode ser visto em nossas imagens exclusivas, os novos sidepods são parte da repaginada do SF-23. Esta versão descarta a seção central em forma de banheira, que foi a marca da Ferrari desde o ano passado. Este modelo traz uma superfície superior mais horizontal, que ajuda a alimentar o fluxo de ar para a área do difusor.

Este é baseado no conceito da Red Bull, que o time austríaco vem usando para melhorar a performance do RB19, e que vem sendo copiado por outras equipes.

A variante da Ferrari com rampa de downwash segue o caminho de Alpine, Aston Martin e Mercedes, com o 'escorregador' no topo da carroceria para jogar o fluxo de ar para baixo, em direção à seção traseira do assoalho e a região em forma de garrafa.

Isso não surpreende, já que a Ferrari tem muita experiência com esse tipo de contorno de superfície, devido ao modelo de banheira. E o time italiano manteve parte do DNA original do sidepod, com a entrada, o corte inferior e o duto do chassi em 'S' ainda ali, mas com funções levemente alteradas.

Enquanto isso, houve uma pequena mudança na estrutura de armazenamento do retrovisor, com a faixa superior encurtada para expor a seção externa do corpo do espelho.

A decisão da Ferrari de mudar o conceito de sidepod vem em um momento na qual a equipe busca respostas para entender porque o SF-23 é rápido em classificação, mas sofre na corrida.

E enquanto o carro pode parecer diferente, Charles Leclerc minimizou as sugestões de que essas novidades possam trazer mudanças drásticas, esperando possa melhorar a consistência que falta.

Ferrari SF-23 bodywork detail

Ferrari SF-23 bodywork detail

Photo by: Giorgio Piola

"Não esperamos grandes milagres, para ser honesto", disse o monegasco. "A partir agora, vamos trazer pequenas atualizações em todas as corridas. Essa deve ir na direção correta, mas não espero uma mudança massiva".

"No momento, o que temos é um carro com picos extremos. Na classificação, com o ritmo de uma volta e pneus novos, sabemos exatamente como pilotar o carro. Mas assim que saímos dessas condições, o carro perde muito downforce".

"Isso deve nos ajudar, mesmo sem ser muita performance, pelo menos sendo mais consistentes no fim de semana. Isso, com sorte, nos ajudará no domingo".

O chefe Fréderic Vasseur disse que a sede em Maranello está "dando o máximo de si" para trazer as atualizações devido à insatisfação com os resultados.

"Estamos dando o nosso máximo para trazer as atualizações o mais rápido possível, porque não estamos felizes. Acho que os resultados que temos hoje não são o objetivo e queremos fazer melhor. Vamos continuar nos desenvolvendo em qualquer caso".

"O objetivo e o importante mindset que eu tenho que buscar é fazer amanhã um trabalho melhor que o de hoje. Assim que pudermos analisar as fraquezas do carro, a abordagem da equipe ou da fábrica, vamos colocar todos os nossos esforços nisso".

Vasseur citou o fato da Ferrari ter testado pit stop "milhares" de vezes nas férias para resolver esse ponto fraco de 2022. Agora, ele está pedindo que "todos os funcionários" ajudem a melhorar a performance da Ferrari.

"Seria um erro imaginar que a falta de performance vem somente da aerodinâmica. A performance vem de tudo: a capacidade de produzir peças rapidamente, estratégia, pit wall, mecânicos, pit stops, confiabilidade. Cada funcionário da empresa contribui para a performance".

Como funciona a estratégia de um time e por que a Ferrari vai mal? Rico Penteado explica

Quer fazer parte de um seleto grupo de amantes de corridas, associado ao maior grupo de comunicação de esporte a motor do mundo? CLIQUE AQUI e confira o Clube de Membros do Motorsport.com no YouTube. Nele, você terá acesso a materiais inéditos e exclusivos, lives especiais, além de preferência de leitura de comentários durante nossos programas. Não perca, assine já!

Podcast #232 - É o 'fim da linha' para o GP de Mônaco na F1?

 

ACOMPANHE NOSSO PODCAST GRATUITAMENTE:

Be part of Motorsport community

Join the conversation
Artigo anterior F1: Equipes testarão novo pneu da Pirelli em Barcelona
Próximo artigo Galvão relata 'trocos' em Senna após quase ser preso por causa de Ayrton

Top Comments

Ainda não há comentários. Seja o primeiro a comentar.

Sign up for free

  • Get quick access to your favorite articles

  • Manage alerts on breaking news and favorite drivers

  • Make your voice heard with article commenting.

Motorsport prime

Discover premium content
Assinar

Edição

Brasil