F1: Franceses da Alpine devem ter destinos diferentes em 2025; entenda

Esteban Ocon está na espera do que pode acontecer com a Audi, mas já está de olho em assento na Haas. Pierre Gasly pode renovar com equipe francesa

Esteban Ocon, Alpine A524

O futuro de Esteban Ocon e Pierre Gasly na Fórmula 1 parece cada vez mais vago com o passar das semanas, mas as informações mais recentes apuradas pelo Motorsport.com nos permitem começar a ver as coisas com mais clareza.

Leia também:

Embora pouco mais de um quarto da temporada tenha sido disputado, já conhecemos metade do grid para o próximo ano, com 10 vagas já confirmadas. De resto, a situação evolui dia a dia, por vezes hora a hora, e depende principalmente da próxima decisão que for tomada no mercado de transferências. Não é novidade que isto diz respeito a priori a Carlos Sainz, que tem uma oferta da Audi que expiraria no final do mês.

O piloto espanhol, ‘vítima’ da chegada de Lewis Hamilton à Ferrari, até agora jogou para ganhar tempo na esperança de convencer a Red Bull ou a Mercedes. Porém, a maior probabilidade até o momento é vê-lo concordar em aderir ao projeto da Audi, que então movimentaria as peças deste tabuleiro. Entre os que esperam para ver se a porta da Sauber vai fechar definitivamente, está Esteban Ocon.

O francês, em final de contrato com a Alpine, demonstrou claramente a vontade de não esperar muito para resolver o assunto do seu futuro. Ele também relembrou a dolorosa lembrança de 2018, quando se viu sem assento para a temporada seguinte. “Quanto mais cedo isso for feito, melhor”, alertou.

No entanto, este calendário não se enquadra no da equipe de Enstone: “Queremos muito focar no aspecto técnico, melhorando o carro, a estrutura técnica, e vamos dedicar nosso tempo aos pilotos”, lembrou o diretor Bruno Famin em Ímola. Neste contexto, se Esteban Ocon quiser encontrar uma oferta de contrato em outro local e o mais rapidamente possível, as possibilidades são limitadas, especialmente se Sainz disser sim à Audi.

A Williams poderia ter sido um dos destinos, mas, segundo informações do Motorsport.com, o piloto francês não é visto por James Vowles como o novato que deveria ser contratado ao lado de Alexander Albon. O chefe da equipe Grove, que trabalhou ao lado dele na Mercedes, teme mais a falta de espírito de equipe do que o desempenho, tendo em mente a rivalidade entre ele e Sergio Pérez na Force India. Em vez disso, Valtteri Bottas seria o grande favorito hoje, com James Vowles conhecendo-o melhor do que ninguém sobre sua capacidade de ser um piloto de um time.

É, portanto, para Haas que Esteban Ocon e a sua gestão se podem voltar. A equipe americana, que planeja dar uma chance a Oliver Bearman, busca um piloto sólido e experiente, mas não faz mais de Kevin Magnussen sua prioridade. O dinamarquês passa por um período delicado após os incidentes em Miami e o risco de suspensão paira sobre ele. Ainda segundo nossas informações, a fusão entre Haas e Esteban Ocon está em andamento e falta apenas o anúncio da Audi e Sainz para que as coisas acelerem ainda mais.

Gasly com extensão encaminhada?

O que é preciso ter em mente é que as negociações no paddock estão a todo vapor e que a situação ainda pode evoluir muito, pois as discussões não foram interrompidas entre Esteban Ocon e Alpine, cujo ponto de discrepância continua sendo o cronograma.

E do outro lado da garagem, e Pierre Gasly? Também no final do contrato, ele está publicamente menos pressionado pelo seu futuro. Na realidade, o francês encontra-se sem dúvida numa posição mais complicada que o seu companheiro de equipe, no sentido de que a escolha parece ainda mais restrita.

Por enquanto, sua melhor opção seria ficar na Alpine, até porque ele não estaria no topo da lista em nenhuma equipe que atualmente procura piloto. De acordo com informações do Motorsport.com nesta fase, a maior probabilidade é vê-lo prolongar o seu contrato.

Verstappen SOFRE no fim mas segura NORRIS e vence em Ímola; debate

Faça parte do Clube de Membros do Motorsport.com no YouTube

Podcast #282 – Histeria contra Hulkenberg na F1 é justificável?

 

ACOMPANHE NOSSO PODCAST GRATUITAMENTE:

Faça parte do nosso canal no WhatsApp: clique aqui e se junte a nós no aplicativo!

Faça parte da comunidade Motorsport

Join the conversation
Artigo anterior F1: "Quebrado", Verstappen reclama das ondulações da pista de Ímola
Próximo artigo GP de Mônaco de F1: Horários e como assistir à etapa do Principado, com F2 e F3

Principais comentários

Ainda não há comentários. Seja o primeiro a comentar.

Cadastre-se gratuitamente

  • Tenha acesso rápido aos seus artigos favoritos

  • Gerencie alertas sobre as últimas notícias e pilotos favoritos

  • Faça sua voz ser ouvida com comentários em nossos artigos.

Motorsport prime

Descubra conteúdo premium
Assinar

Edição

Brasil