Fórmula 1 GP de São Paulo

F1: Haas vai em busca de revisão sobre violação de limites de pista nos EUA; entenda

FIA vai avaliar se a equipe apresentou novas evidências para que alguma punição possar ser considerada

Kevin Magnussen, Haas VF-23, Nico Hulkenberg, Haas VF-23

A Haas apresentou uma petição à FIA para obter o direito de revisão sobre supostas infrações aos limites de pista no GP dos Estados Unidos de Fórmula 1.

Leia também:

Após a corrida em Austin, há duas semanas, houve alegações de que alguns pilotos tomaram a liberdade de abusar dos limites da pista em áreas do circuito que não eram muito policiadas. As onboards de vários carros mostraram vários pilotos ultrapassando as linhas brancas dos limites de pista na Curva 6 do Circuito das Américas.

Esses incidentes escaparam, em grande parte, do escrutínio da FIA, pois não foram registrados na lista oficial de violações dos limites da pista durante a corrida em Austin. As imagens foram suficientes, no entanto, para levar várias equipes a questionar a FIA no  GP do México sobre o motivo pelo qual o que pareciam ser violações óbvias dos limites da pista não foram analisadas.

Entende-se que a resposta da FIA estava de acordo com o que os comissários de bordo declararam após o GP dos EUA. Ela admitiu que as câmeras de CCTV e a infraestrutura de monitoramento naquela curva não eram suficientes para policiar adequadamente os limites da pista com a precisão necessária, portanto, não poderia levar a questão adiante.

Isso já havia sido destacado na corrida de Austin, quando o piloto da Williams, Alex Albon, escapou sem punição por várias violações dos limites da pista na Curva 6 - além da penalidade de cinco segundos que ele havia recebido por outras infrações.

Alex Albon, Williams FW45

Foto de: Glenn Dunbar / Motorsport Images

Alex Albon, Williams FW45

Os comissários de bordo, explicando por que não puniram Albon, apesar de as imagens a bordo indicarem que ele estava passando dos limites, disseram: "Com base nas imagens de vídeo disponíveis (que não incluíam CCTV), os Comissários determinam que, embora possa haver alguma indicação de possíveis infrações ao limite da pista na Curva 6, as evidências disponíveis não são suficientes para concluir de forma precisa e consistente que ocorreram quaisquer violações e, portanto, não tomam nenhuma ação adicional."

Mas o argumento da FIA de que o monitoramento na Curva 6 não era bom o suficiente para julgar as infrações aos limites da pista não satisfez a Haas, que agora apresentou formalmente uma solicitação ao órgão regulador para que o assunto seja revisto.

Conforme revelado pela primeira vez pela publicação alemã Auto Motor Und Sport, entende-se que, como parte de sua solicitação, a Haas apresentou imagens detalhadas a bordo, tanto dos carros envolvidos quanto dos que os seguiam, para destacar as supostas múltiplas violações das regras.

Acredita-se que entre os pilotos envolvidos na questão estejam Sergio Pérez, Albon, Logan Sargeant e Lance Stroll. Quaisquer sanções a esses pilotos podem ser fundamentais para alterar a ordem da corrida, o que potencialmente levaria o piloto da Haas, Nico Hulkenberg, a subir no grid, o que poderia ter um impacto significativo na luta pelo campeonato de construtores.

A FIA acusou o recebimento do pedido de direito de revisão e agora reunirá novamente os comissários do GP dos Estados Unidos para analisar a questão. Entende-se que essa reunião ocorrerá na próxima semana, onde a primeira decisão tomada será se a Haas forneceu ou não novas evidências suficientes para cumprir o requisito de uma audiência de direito de revisão real.

Os estatutos da FIA deixam claro que é preciso haver novas evidências disponíveis para que qualquer revisão oficial seja realizada.

Nico Hulkenberg, Haas F1 Team in Parc Ferme

Foto de: Andy Hone / Motorsport Images

Nico Hulkenberg, equipe Haas F1 em Parc Ferme

O artigo 14.1.1 do Código Esportivo Internacional da FIA estabelece que: "Se, em competições que fazem parte de um campeonato, copa, troféu, desafio ou série da FIA, ou de uma série internacional, for descoberto um novo elemento significativo e relevante que não estava disponível para as partes que solicitaram a revisão no momento da decisão em questão, os comissários de pista que deram uma decisão ou, na falta disso, aqueles designados pela FIA, podem decidir reexaminar sua decisão após um pedido de revisão."

Embora a Haas tenha reunido provas detalhadas em vídeo das violações dos limites da pista, não está claro se a FIA aceitará isso como um "novo elemento", já que os comissários de pista têm acesso total às câmeras onboard durante os GPs.

Além disso, o ângulo da câmera a bordo por si só não é suficiente para julgar adequadamente uma violação dos limites da pista, pois não oferece uma visão de todas as quatro rodas em relação às linhas brancas.

Na esteira do que aconteceu em Austin, a FIA deixou claro que aumentará a atenção às violações dos limites da pista em curvas onde surgem problemas como a Curva 6.

Um porta-voz do órgão regulador disse: "A FIA atualizará sua infraestrutura de monitoramento para oferecer uma cobertura aprimorada, a fim de garantir que quaisquer possíveis violações possam ser identificadas de forma confiável durante a corrida no futuro."

AO VIVO: Veja DEBATE sobre a corrida sprint do GP de São Paulo

Quer fazer parte de um seleto grupo de amantes de corridas, associado ao maior grupo de comunicação de esporte a motor do mundo? CLIQUE AQUI e confira o Clube de Membros do Motorsport.com no YouTube. Nele, você terá acesso a materiais inéditos e exclusivos, lives especiais, além de preferência de leitura de comentários durante nossos programas. Não perca, assine já!

Podcast #254 – O que esperar do GP de São Paulo, em Interlagos?

 

ACOMPANHE NOSSO PODCAST GRATUITAMENTE:

 



 

Faça parte da comunidade Motorsport

Join the conversation
Artigo anterior F1: Pérez ganha fôlego em batalha contra Hamilton por vice; veja tabela após sprint em Interlagos
Próximo artigo F1: Companheiros comparados: quem é o melhor piloto de cada time em 2023?

Principais comentários

Ainda não há comentários. Seja o primeiro a comentar.

Cadastre-se gratuitamente

  • Tenha acesso rápido aos seus artigos favoritos

  • Gerencie alertas sobre as últimas notícias e pilotos favoritos

  • Faça sua voz ser ouvida com comentários em nossos artigos.

Motorsport prime

Descubra conteúdo premium
Assinar

Edição

Brasil