F1: Hamilton "não sabe o que poderia ter feito" de diferente para vencer Red Bull em Austin

Heptacampeão perdeu liderança para Verstappen no pit stop e tentou devolver com estratégia de pneus menos gastos no fim do GP, mas não deu certo

F1: Hamilton "não sabe o que poderia ter feito" de diferente para vencer Red Bull em Austin

Lewis Hamilton disse não ter certeza do que a Mercedes poderia ter feito diferente para vencer a Red Bull no GP dos Estados Unidos no domingo, depois de perder terreno na corrida pelo título da Fórmula 1. O heptacampeão tomou a liderança de Max Verstappen na Curva 1 na primeira volta, mas foi prejudicado depois que a equipe austríaca optou por chamar o holandês a um pit stop mais cedo e fez o undercut.

O britânico voltou a oito segundos atrás do rival após sua segunda parada e usou seus pneus mais frescos para tirar cerca de 1s por volta em um ponto. Com isso, reduziu a diferença para menos de dois, mas não conseguiu chegar perto o suficiente nas últimas voltas para tentar a ultrapassagem.

Leia também:

Com o resultado, Hamilton está agora a 12 pontos de Verstappen no campeonato de pilotos, com cinco corridas pela frente nesta temporada.

"Foi uma corrida divertida", disse Lewis. "Fizemos uma boa largada e ele parecia estar perto com o pneu médio. Então a Red Bull parou muito cedo e a equipe tentou me compensar depois. Eu esperava que isso nos desse uma chance de lutar no final, mas acho que a posição na pista foi a chave."

Hamilton sentiu que a rival tinha sido "mais rápida com todos os pneus" e disse que sua vantagem em condições mais quentes "apareceu durante o fim de semana".

"Não sei o que poderíamos ter feito de maneira diferente", acrescentou o piloto da Mercedes. "Vou sentar e conversar com a equipe depois. Acho que fizemos um ótimo trabalho hoje. Vamos para as próximas duas pistas que são muito fortes para a Red Bull, com certeza vai ser difícil."

O chefe da escuderia alemã, Toto Wolff, não acha que poderia ter chamado Hamilton aos boxes logo depois de Verstappen, mas sentiu que seu ritmo com pneus duros era forte o suficiente para ter vencido a corrida.

"Acho que poderíamos ter ganho, é claro, porque estávamos na liderança e tínhamos um desempenho muito forte com os compostos de faixa branca", comentou. "De certa forma, precisamos refazer o fim de semana de sexta a domingo, onde julgamos mal, onde erramos e o que fizemos de bom."

“Haverá muitas discussões positivas sobre o que aprender", concluiu.

F1 2021: Verstappen SEGURA Hamilton após GUERRA ESTRATÉGICA e vence em Austin; veja análise do GP | PÓDIO

Assine o canal do Motorsport.com no YouTube

Os melhores vídeos sobre esporte a motor estão no canal do Motorsport.com. Inscreva-se já, dê o like ('joinha') nos vídeos e ative as notificações, para sempre ficar por dentro de tudo o que rola em duas ou quatro rodas.

Podcast #139 – Qual o campeonato da F1 mais emocionante do século?

 

SIGA NOSSO PODCAST GRATUITAMENTE:

compartilhar
comentários
F1 investe em celebridades para bombar nos EUA; veja quem roubou a cena
Artigo anterior

F1 investe em celebridades para bombar nos EUA; veja quem roubou a cena

Próximo artigo

F1 tem 'volta à normalidade' em Austin com 400 mil pessoas e invasão de pista

F1 tem 'volta à normalidade' em Austin com 400 mil pessoas e invasão de pista
Carregar comentários