F1: Hamilton revela que sente carro "um pouco lento" no Catar

Início dos trabalhos da categoria em Losail tem protagonistas não satisfeitos com primeiro dia de pista

F1: Hamilton revela que sente carro "um pouco lento" no Catar

Lewis Hamilton disse que se sente "um pouco lento" em comparação com os outros competidores da Fórmula 1 após os treinos de sexta-feira para o GP do Catar.

Hamilton entra em alta no fim de semana do Catar, após reduzir a liderança do rival Max Verstappen no campeonato para 14 pontos.

Leia também:

O treino de sexta-feira no Circuito Internacional de Losail viu Verstappen e o companheiro de equipe de Hamilton na Mercedes, Valtteri Bottas, liderando TL1 e TL2, respectivamente.

Hamilton terminou a 0s7 de Verstappen no TL1 e mais de quatro décimos do tempo de Bottas no TL2, terminando o dia em quarto lugar na tabela.

Os pilotos enfrentaram um desafio adicional para fazer seus ajustes na sexta-feira, já que não tinham dados anteriores para trabalhar no Catar, com Hamilton admitindo que ainda não se sentia totalmente confortável.

“Eu nem sei quão grande é a diferença, mas estou fora”, disse Hamilton. "Definitivamente, não estou perto."

Hamilton disse que “não tinha ideia” se iria enfrentar Verstappen novamente neste fim de semana após a luta no Brasil, acrescentando: “Como eu disse, estou um pouco lento, então preciso descobrir isso esta noite."

Verstappen terminou à frente de Hamilton no TL2, ficando em terceiro atrás de Bottas e Pierre Gasly de AlphaTauri, mas também sentiu que tinha mais trabalho pela noite.

“Foi a primeira vez à noite, é claro, então foi importante entender como o carro iria reagir”, disse Verstappen depois de vencer o TL1 durante o dia.

“Houve uma grande mudança entre o pneu médio e o macio para mim. É por isso que acho que o pneu macio não foi tão incrível.”

"Mas, novamente, pela primeira vez aqui, há um monte de coisas para entender."

Verstappen ficou impressionado com a natureza veloz da pista de Losail, mas não tinha certeza de como os atuais carros de F1 se sairiam na corrida, dada a dificuldade de seguir.

“Para ser honesto, tem sido muito divertido guiar”, disse Verstappen. “Eu acho que é uma pista muito legal. É difícil dizer sobre a corrida. Com esses carros, é muito difícil de seguir. Acho que depois de uma volta de qualquer maneira, vai ser bom.”

Ambos os pilotos rejeitaram comentar a decisão dos comissários de negar o pedido da Mercedes para revisar o incidente da Curva 4 no Brasil, que foi anunciado antes do TL2.

“Eu não tenho nenhuma opinião sobre isso, porque eu não fiz parte disso, e [tenho] ​​me concentrado em tentar fazer o meu fim de semana”, disse Hamilton.

Verstappen acrescentou que foi “boa” a decisão, mas sentiu que era “também esperada”.

F1 2021: BOTTAS 1º no TL2 do CATAR, Verstappen INOCENTADO e RBR AMEAÇA PROTESTAR contra Mercedes

Assine o canal do Motorsport.com no YouTube

Os melhores vídeos sobre esporte a motor estão no canal do Motorsport.com. Inscreva-se já, dê o like ('joinha') nos vídeos e ative as notificações, para sempre ficar por dentro de tudo o que rola em duas ou quatro rodas.

Podcast #146: Hamilton teve a maior exibição da carreira no Brasil?

 

SIGA NOSSO PODCAST GRATUITAMENTE:

 

 

 

compartilhar
comentários
F1: Entenda por que direito de revisão da Mercedes sobre manobra de Verstappen foi negado
Artigo anterior

F1: Entenda por que direito de revisão da Mercedes sobre manobra de Verstappen foi negado

Próximo artigo

F1 - Wolff: Parafusos soltos na asa traseira levaram à exclusão de Hamilton em Interlagos

F1 - Wolff: Parafusos soltos na asa traseira levaram à exclusão de Hamilton em Interlagos
Carregar comentários