F1 - Hill: "Sainz parece mais líder que Leclerc na Ferrari"

Mas campeão de 1999 destaca que monegasco é o mais rápido dos dois pilotos e lança um alerta para o time de Maranello

Charles Leclerc, Ferrari, talks with pole man Carlos Sainz, Ferrari, on the grid

O campeão de 1996 da Fórmula 1, Damon Hill, destacou a inteligência tática de Carlos Sainz, afirmando que o vê mais como líder dentro da Ferrari do que seu companheiro, Charles Leclerc, o qual o britânico considera ser o mais rápido dos dois.

Em 2022, a Ferrari conseguiu produzir um carro capaz de retomar sua forma vitoriosa, mas terminou a primeira metade da temporada muito atrás da Red Bull e de Max Verstappen por diferentes fatores.

Leia também:

Além da confiabilidade, a equipe vem falhando em momentos determinantes, inclusive com casos dos pilotos tendo que assumir as rédeas das estratégias durante classificações e corridas.

Em Silverstone, Sainz desobedeceu a equipe, que o pedia para que deixasse Leclerc sozinho à frente na saída do safety car para frear os pilotos que vinham atrás. O espanhol rapidamente respondeu com "parem de inventar", conquistando a vitória e mostrando que estava com a razão.

Já na França, a Ferrari admitiu que foram os pilotos que decidiram onde e como Sainz daria vácuo a Leclerc, ajudando-o a fazer a pole position. No domingo, ainda vimos o espanhol corrigindo mais de uma vez seu engenheiro, incluindo a punição que havia tomado na saída dos boxes.

Em meio a tudo isso, Sainz conseguiu apenas a quinta posição, enquanto Leclerc cometeu um grande erro enquanto liderava e acabou abandonando. Na Sky Sports F1, Hill analisou a situação atual da Ferrari e seus dois pilotos.

"Sinto que Sainz parece mais um líder dentro da equipe. Parece ser mais estratégico e capaz de tomar decisões. Charles é claramente mais rápido, e provavelmente mais rápido que Carlos com o carro".

"Mas em termos de comunicação com os boxes, estão no meio do caminho. Nunca estão perto de onde deveriam estar. Alguém precisa assumir a responsabilidade e dizer: 'Vamos tomar essa decisão'. Seja o piloto ou o estrategista".

Hill acredita que a Ferrari tem carro e equipe para lutar até o fim e, assim como Binotto, vê a disputa ainda em aberto. Mas o britânico alerta que algo precisa mudar: "O potencial da Ferrari é enorme. Se solucionarem estes problemas, podem ser uma ameaça. Se puderem fazer rápido, podemos ter um campeonato muito difícil".

VÍDEO: Leclerc? Pérez? Quem foi o pior do GP da França?

 

Os melhores vídeos sobre esporte a motor estão no canal do Motorsport.com. Inscreva-se já, dê o like ('joinha') nos vídeos e ative as notificações para ficar por dentro de tudo o que rola em duas ou quatro rodas.

Podcast #187 – Marko está certo ao colocar Verstappen como “a maior história de sucesso da Red Bull”?

 

ACOMPANHE NOSSO PODCAST GRATUITAMENTE:

Faça parte da comunidade Motorsport

Join the conversation
Artigo anterior F1: Wolff diz que Mercedes ainda está devendo "muito tempo de volta" para voltar a vencer
Próximo artigo ANÁLISE: Conheça as alterações que tornaram a Ferrari mais competitiva na F1

Principais comentários

Cadastre-se gratuitamente

  • Tenha acesso rápido aos seus artigos favoritos

  • Gerencie alertas sobre as últimas notícias e pilotos favoritos

  • Faça sua voz ser ouvida com comentários em nossos artigos.

Motorsport prime

Descubra conteúdo premium
Assinar

Edição

Brasil Brasil