F1- Honda nega trapaça em motor: nossa segunda unidade é a mesma que a primeira

Fabricante japonês ajudou a Red Bull a conquistar vitórias nas últimas quatro corridas

F1- Honda nega trapaça em motor: nossa segunda unidade é a mesma que a primeira

A Honda descartou as teorias sobre ganhos de desempenho no motor na Fórmula 1, dizendo que "nossa segunda unidade de potência é a mesma que a primeira".

O fabricante japonês ajudou a Red Bull a conquistar vitórias nas últimas quatro corridas, mas tem sido particularmente forte desde o GP da França, quando a Honda apresentou sua segunda unidade de potência da temporada.

Leia também:

O passo à frente colocou em foco se a Honda encontrou ou não potência extra ao fazer mudanças de confiabilidade no motor.

O chefe da equipe de Hamilton, Toto Wolff, comentou sobre o desempenho da rival na França: "Eles deram um grande passo à frente com seu motor e a introdução da nova unidade. E seu carro é bom, sem dúvida."

Também houve sugestões de que a vantagem da Honda era o resultado de ser capaz de operar a unidade de força de um modo mais agressivo, após ter sido contida no início da campanha por causa de preocupações com possíveis falhas.

No entanto, o diretor técnico da Honda na F1, Toyoharu Tanabe, negou que tenha havido qualquer mudança nas especificações do motor.

Questionado sobre os rumores de um salto de 15bhp, Tanabe disse: “Estou muito feliz se for verdade, mas não é verdade."

“De acordo com os regulamentos atuais, nenhuma atualização de desempenho pode ser aplicada durante a temporada. Como resultado, nossa segunda unidade de potência é a mesma que a primeira em termos de especificação e desempenho.”

Toyoharu Tanabe, F1 Technical Director, Honda

Toyoharu Tanabe, F1 Technical Director, Honda

Photo by: Sam Bloxham / Motorsport Images

Tanabe disse que se a Honda tivesse feito algum ajuste em seu motor para melhorar a confiabilidade, o que poderia ter ajudado a elevar o desempenho, as outras equipes teriam sido notificadas sobre isso pela FIA.

“De acordo com os regulamentos atuais de unidades de potência, precisamos apresentar quaisquer alterações”, disse ele. “[Você] só tem permissão para alterar por razões de confiabilidade, custo ou logística, e então precisamos enviar [informações] muito detalhadas para a FIA primeiro, e a FIA aprovar essas alterações."

“A FIA distribui todos os documentos para os outros fabricantes de unidades de potência, portanto, precisamos ter a aprovação dos outros fabricantes para alterar qualquer especificação de peça única."

“Temos muito cuidado para alterar o desempenho. Não é possível melhorar o desempenho durante a temporada. Essa é a minha resposta a essa suspeita. ”

Tanabe disse que qualquer progresso que outros tenham visto do motor Honda em corridas recentes é simplesmente o resultado de uma melhor implantação de seus sistemas de gerenciamento de energia para maximizar o tempo de volta.

“Temos aprendido aos poucos como usar a unidade de potência”, explicou. 

“Ajustamos nossa fraqueza e, em seguida, aumentamos nossos pontos fortes."

“Como resultado, a especificação, o desempenho, é o mesmo, mas o desempenho na pista, acredito que temos melhorado.”

Embora a rival Mercedes tenha apontado várias vezes a vantagem que a Red Bull e a Honda têm nas retas, Tanabe não acredita que a unidade de força da Honda seja a referência na F1.

“Continuamos analisando nossa posição em relação aos outros fabricantes de unidades de potência. Essa análise inclui o desempenho do chassi também, porque se você tem um bom carro, com menos downforce, às vezes você vê um bom desempenho de potência do motor. Então, é um pouco difícil de julgar”, disse ele.

“O resultado atual mostra que ainda não somos o número um. Mas, como eu disse, não podemos melhorar o desempenho puro. Então, estamos trabalhando muito para usar a unidade de potência de forma eficiente na pista. Portanto, queremos usar o hardware atual de forma mais eficiente com o engenheiro da equipe", concluiu.

VEJA primeiras fotos do NOVO CARRO da F1 2022 com ANÁLISE de Rico Penteado

Assine o canal do Motorsport.com no Youtube

Os melhores vídeos sobre esporte a motor estão no canal do Motorsport.com. Inscreva-se já, dê o like (joinha) nos vídeos e ative as notificações, para sempre ficar por dentro de tudo o que rola em duas ou quatro rodas.

Podcast #116 - TELEMETRIA: Quais as esperanças de Hamilton na Áustria? Rico Penteado responde

 

compartilhar
comentários
F1: Ricciardo "não entrará em pânico" após sexta ruim na Áustria

Artigo anterior

F1: Ricciardo "não entrará em pânico" após sexta ruim na Áustria

Próximo artigo

F1: Entenda como superstição está por trás de novo hábito de Alonso

F1: Entenda como superstição está por trás de novo hábito de Alonso
Carregar comentários