F1: Horner acredita que largada será crucial no GP dos Estados Unidos

Verstappen e Hamilton largarão da primeira fila em Austin

F1: Horner acredita que largada será crucial no GP dos Estados Unidos

O chefe da Red Bull na Fórmula 1, Christian Horner, acredita que a largada será crucial no GP dos Estados Unidos, depois que os rivais pelo título Max Verstappen e Lewis Hamilton se classificaram na primeira fila.

Verstappen bateu Hamilton por pouco na sessão de classificação de sábado e garantiu a pole em Austin, com o segundo Red Bull de Sergio Pérez começando em terceiro.

Leia também:

O holandês e o britânico largando lado a lado é uma perspectiva tentadora depois do que aconteceu no início da temporada entre os rivais.

Além disso, há a subida íngreme para a curva 1, que permite que diferentes linhas de corrida sejam tomadas, mas também fornece espaço para o carro interno empurrar um concorrente para longe, o que Hamilton fez com Nico Rosberg em 2015.

O chefe da Red Bull, Horner, reconheceu que a largada será crucial no domingo, dada a dificuldade de ultrapassagem no Circuito das Américas, e está prevendo fogos de artifício na corrida até a curva 1.

"Acho que é difícil seguir aqui, então você definitivamente quer liderar na curva 1", disse Horner à Sky .

Lewis Hamilton, Mercedes, arrives in Parc Ferme after Qualifying

Lewis Hamilton, Mercedes, arrives in Parc Ferme after Qualifying

Photo by: Charles Coates / Motorsport Images

O principal ponto de ultrapassagem do COTA é a curva 11, que vem depois de uma reta DRS com um quilômetro de extensão.

Isso pode ser ainda mais significativo, dada a vantagem da Mercedes em linha reta sobre a Red Bull, que preocupou Horner no início do fim de semana.

No entanto, o dirigente acredita que, se Verstappen conseguir a largada, poderá sair do alcance de Hamilton.

"Acho que é muito difícil seguir esses carros, então, se conseguirmos um de setor limpo, você espera que, ao chegar na curva 11, tenha uma pequena lacuna."

"Isso vai ser crucial. Se Max puder ver o capacete amarelo de Sergio em seus espelhos, acho que ele ficaria muito mais feliz com isso."

Questionado sobre a possibilidade de Hamilton persegui-lo no início, Verstappen disse que não estava preocupado com o que poderia acontecer.

"Acho que só temos que nos concentrar em nós mesmos, tentar fazer uma boa corrida e tentar ser o mais rápido possível", disse o holandês.

"Não estou preocupado com o que vai acontecer atrás de mim, só preciso me concentrar em mim", concluiu.

F1 AO VIVO: VERSTAPPEN TIRA POLE DE HAMILTON E LARGA EM PRIMEIRO NOS ESTADOS UNIDOS; assista debate

Assine o canal do Motorsport.com no YouTube

Os melhores vídeos sobre esporte a motor estão no canal do Motorsport.com. Inscreva-se já, dê o like ('joinha') nos vídeos e ative as notificações, para sempre ficar por dentro de tudo o que rola em duas ou quatro rodas.

Podcast #138 – Red Bull não sabe o que fazer contra Mercedes após GP da Turquia?

 

 

SIGA NOSSO PODCAST GRATUITAMENTE:

compartilhar
comentários
F1: Mercedes modifica carros para evitar "massacre" em Austin
Artigo anterior

F1: Mercedes modifica carros para evitar "massacre" em Austin

Próximo artigo

Globo traz 'artilharia pesada' com Corinthians para bater de frente com F1 na Band

Globo traz 'artilharia pesada' com Corinthians para bater de frente com F1 na Band
Carregar comentários