Fórmula 1 GP do Canadá

F1: Horner rebate indireta da Mercedes sobre "queda" da Red Bull

James Allison havia dito no início do fim de semana em Montreal que o RB20 havia ficado mais lento com as atualizações

Max Verstappen, Red Bull Racing RB20

O chefe da Red Bull, Christian Horner, rebateu uma alegação recente da Mercedes de que a equipe austríaca vivia um "downgrade" na Fórmula 1 após a introdução dos últimos pacotes de atualização.

Durante o fim de semana do GP de Canadá, o diretor técnico da Mercedes, James Allison, sugeriu que a Red Bull teria tornado o RB20 mais lento com as atualizações recentes.

Leia também:

"Parece que a atualização deles se tornou um downgrade", explicou. "Então dedos cruzados para que isso realmente atrapalhe eles. Isso [ter uma atualização que não funciona] torna a vida mais difícil, porque, no momento em que você deixa de confiar em suas ferramentas, você precisa dar um passo atrás, e perde muito tempo. O tempo é o seu maior amigo, enquanto perder tempo é o pior inimigo".

Mas, com a Red Bull vencendo o GP do Canadá, com George Russell em terceiro após largar da pole, Horner aproveitou para 'brincar' com a fala de Allison.

"Mesmo com nosso downgrade, nós conseguimos bater eles na melhora. Foi uma corrida recompensante para vencer".

O triunfo de Max Verstappen em Montreal veio em um fim de semana no qual todos esperavam ver novamente a Red Bull fragilizada, devido às deficiências da equipe nas zebras. Então, tirar mais uma vitória que, como a de Ímola, poderia ter ido para um rival, deixa Horner animado para as próximas pistas, que devem minimizar a falha do RB20.

"As últimas corridas foram mares desconhecidos para nós, mas ainda conseguimos vencer duas das últimas três provas. Fizemos a pole em Ímola, conseguimos fazer o tempo da pole aqui com um carro que ambos os pilotos estavam reclamando. Então há muito para focar para vermos onde é possível melhorar".

"Sabemos que há circuitos mais tarde no ano como Singapura onde esses problemas podem ser um fator. Mas estamos esperando Ferrari, McLaren e Mercedes, que esteve junto neste fim de semana, serem competitivas em todos os circuitos".

"Então, tendo vencido seis de nove provas, vamos ter que dar o nosso melhor para mantermos a diferença".

Mas, mesmo com a Mercedes sendo uma ameaça no Canadá, Horner sente que é cedo demais para sugerir que a equipe alemã "está de volta".

"A Mercedes sempre se deu bem em circuitos verdes, e não há curvas de alta velocidade aqui. Então, com as mudanças no asfalto, eles brincaram com suas forças. Então vamos ver nas próximas corridas se é real ou um ponto fora da curva".

MAX SEGURA NORRIS E VENCE, Russell ERRA mas bate Hamilton no PÓDIO! SHOW DE HORROR de Ferrari/ Pérez

Faça parte do Clube de Membros do Motorsport.com no YouTube

Podcast Motorsport.com debate: Como demissão de Ocon impacta no mercado da F1?

 

ACOMPANHE NOSSO PODCAST GRATUITAMENTE:

Faça parte do nosso canal no WhatsApp: clique aqui e se junte a nós no aplicativo!

Faça parte da comunidade Motorsport

Join the conversation
Artigo anterior F1: Mercedes se enche de otimismo com promessa de novo assoalho para Espanha
Próximo artigo RETA FINAL: Vitória de Verstappen é questionada por manobra; Hamilton é sabotado?

Principais comentários

Ainda não há comentários. Seja o primeiro a comentar.

Cadastre-se gratuitamente

  • Tenha acesso rápido aos seus artigos favoritos

  • Gerencie alertas sobre as últimas notícias e pilotos favoritos

  • Faça sua voz ser ouvida com comentários em nossos artigos.

Motorsport prime

Descubra conteúdo premium
Assinar

Edição

Brasil