F1: Horner vê possibilidade de Red Bull explorar erros da Mercedes

compartilhar
comentários
F1: Horner vê possibilidade de Red Bull explorar erros da Mercedes
Por:

Christian Horner, chefe de equipe da Red Bull, também destacou a força operacional do time austríaco

O chefe da Red Bull, Christian Horner, disse que o último erro da Mercedes nas regras expôs uma clara fraqueza da equipe campeã mundial e pode ser um sinal de complacência se aproximando. Lewis Hamilton foi penalizado com duas punições de cinco segundos no GP da Rússia, depois de treinar largadas fora da área designada pela FIA.

Mais tarde, a Mercedes confessou ter avisado erroneamente a Hamilton que ele estaria bem em praticar suas largadas fora do pitlane, uma ação que levou os comissários a remar de volta na entrega de dois pontos de penalidade de licença para o campeão mundial.

Leia também:

Com as memórias ainda frescas do erro que a Mercedes cometeu no GP da Itália, quando Hamilton foi trazido para uma troca de pneus apesar do pitlane estar fechado, isso destacou que a montadora alemã não é infalível.

E em um final de semana em que a Red Bull produziu os pitstops mais rápidos da temporada - com um de 1.86s para Max Verstappen e uma parada de 1.89s para Alex Albon - Horner diz que os erros da Mercedes são algo que sua equipe pode explorar.

"É por isso que gostaríamos desesperadamente de ter um carro para desafiá-los, porque acho que operacionalmente temos uma equipe muito forte", disse Horner, que viu Verstappen dividir os pilotos da Mercedes com o segundo lugar em Sochi.

"Demonstramos isso novamente com o pitstop mais rápido e, se não quebramos o recorde [geral], certamente estávamos muito, muito perto disso. Foi o mais rápido que medimos e consegui 1.8s segundos no meu relógio”.

Horner disse que estar na frente na F1 às vezes pode dificultar a operação sem nenhum problema, já que ele sugeriu que, após um longo período de domínio, era muito fácil para os erros se infiltrarem na complacência.

"Só podemos nos concentrar em nós mesmos", disse ele. "Eles [a Mercedes] obviamente tiveram alguns problemas e quando você está constantemente na frente, às vezes é mais fácil ser a equipe desafiadora".

"Às vezes, a complacência pode escapar quando você passa por um período de dominação”.

Mas apesar da Red Bull sentir que há uma oportunidade de explorar os erros da Mercedes, Horner é realista de que os regulamentos estáveis no próximo ano tornarão difícil esperar uma mudança massiva na situação competitiva para 2021.

"Acho que 2022 é a grande oportunidade", disse ele. “Eu acho que 2021, quando você considera que o DNA desses carros é transportado, então há muitas peças transportadas”.

"Mas isso não significa que não possamos desbloquear mais potencialmente do nosso carro e desenvolver o carro de forma eficaz. Acho que podemos diminuir essa diferença.”

Vettel DETONA Ferrari e diz que foi usado como ‘ESCUDEIRO’ para Leclerc no GP da Rússia de F1; veja

PODCAST: Qual é o limite de Max Verstappen na Red Bull?

 

F1: GP da Austrália ainda espera ser abertura da temporada em 2021

Artigo anterior

F1: GP da Austrália ainda espera ser abertura da temporada em 2021

Próximo artigo

Análise técnica: atualizações da Ferrari na Rússia reveladas após acidente de Vettel

Análise técnica: atualizações da Ferrari na Rússia reveladas após acidente de Vettel
Carregar comentários

Sobre esta matéria

Categoria Fórmula 1
Equipes Red Bull Racing , Mercedes
Autor Jonathan Noble