F1: Impedido de usar número de Ricciardo, Sargeant define numeração que usará na Williams

Norte-americano vai usar #2 que pertenceu a Vandoorne

Logan Sargeant, Williams FW44

Um dos três pilotos que irá estrear como titular na temporada 2023 da Fórmula 1 é Logan Sargeant, que foi o último a confirmar, de fato, seu assento depois de conseguir a superlicença e garantir seu cockpit na Williams. O jovem estadunidense, segundo anunciado pela sua equipe, levará o número #2 em seu carro. 

Leia também:

O número 2 pertenceu a Stoffel Vandoorne durante sua passagem pela F1 e o regulamento permite que cada piloto mantenha a numeração por dois anos depois de sair grid. No entanto, o belga já está há quatro temporadas fora da principal categoria do automobilismo e o número passou a ficar disponível em 2021. 

Sargeant espera que ele dê sorte à sua nova aventura, onde será o primeiro piloto estadunidense desde Alexander Rossi em 2015.

 

Nas sessões de treinos livres que Logan Sargeant já fez (duas participações no final desta temporada: no Brasil e em Abu Dhabi), o americano usou o número 45, o mesmo que carregou nos testes de pós-temporada em Abu Dhabi, onde representou a Williams no teste de jovens pilotos. Este ano, em seu Carlin na Fórmula 2, ele usou o 6.

“Na Fórmula Renault corri com esse número e fiz uma temporada muito boa naquele ano”, explicou Sargeant sobre sua escolha, embora tenha revelado que queria outro número.

"O número 3 é o meu número, mas está ocupado, então pensei: por que não escolher um número vencedor do passado e correr com ele na F1?" O #3 atualmente pertence a Daniel Ricciardo e, caso o australiano não volte como piloto titular, ele não será liberado até 2025.

Como diz o post de Williams, Logan Sargeant será identificado como LS2, enquanto ainda haverá um LS18 com Lance Stroll. Embora a Fórmula 1 atualmente exija a escolha de um número que acompanhe cada piloto ao longo de sua permanência na primeira divisão, houve outras vezes em que o número foi marcado pela posição da equipe no Mundial de Construtores do ano anterior.

Seis campeonatos mundiais de pilotos foram conquistados com o número 2: Jack Brabham em 1960, Phil Hill em 1961, Denny Hulme em 1967 e com ele Alain Prost conquistou três de seus quatro títulos, em 1985, 1989 e 1993. O outro, em 1986 , Foi com o 1º de ter sido campeão no ano anterior.

Números dos pilotos da F1 em 2023:

Número Piloto
1 Netherlands Max Verstappen
4 United Kingdom Lando Norris
10 France Pierre Gasly
11 Mexico Sergio Perez
14 Spain Fernando Alonso
16 Monaco Charles Leclerc
18 Canada Lance Stroll
20 Denmark Kevin Magnussen
22 Japan Yuki Tsunoda
23 Thailand Alexander Albon
24 China Guanyu Zhou
27 Germany Nico Hülkenberg
31 France Esteban Ocon
44 United Kingdom Lewis Hamilton
55 Spain Carlos Sainz
63 United Kingdom George Russell
77 Finland Valtteri Bottas
81 Australia Oscar Piastri
Desconhecido Netherlands Nyck de Vries
2 United States Logan Sargeant

VÍDEO: Ricciardo será sombra para Pérez na Red Bull?

Faça parte do Clube de Membros do Motorsport.com no YouTube

Quer fazer parte de um seleto grupo de amantes de corridas, associado ao maior grupo de comunicação de esporte a motor do mundo? CLIQUE AQUI e confira o Clube de Membros do Motorsport.com no YouTube. Nele, você terá acesso a materiais inéditos e exclusivos, lives especiais, além de preferência de leitura de comentários durante nossos programas. Não perca, assine já!

Podcast #206 – Saída de Binotto resolve os problemas da Ferrari?

 

ACOMPANHE NOSSO PODCAST GRATUITAMENTE:

Faça parte da comunidade Motorsport

Join the conversation
Artigo anterior F1: McLaren anuncia Palou como reserva para 2023
Próximo artigo 'Brasileira' Aurelia Nobels vence seletiva da FIA que visa colocar mulheres na F1

Principais comentários

Cadastre-se gratuitamente

  • Tenha acesso rápido aos seus artigos favoritos

  • Gerencie alertas sobre as últimas notícias e pilotos favoritos

  • Faça sua voz ser ouvida com comentários em nossos artigos.

Motorsport prime

Descubra conteúdo premium
Assinar

Edição

Brasil Brasil