F1: Masi explica advertência a Vettel por camisa em apoio à causa LGBTQIA+

Diretor de corridas da categoria relembra que pilotos devem trajar macacões durante hino nacional em respeito à cerimônia

F1: Masi explica advertência a Vettel por camisa em apoio à causa LGBTQIA+

O diretor de corridas da FIA, Michael Masi, esclareceu porque quatro pilotos da Fórmula 1 receberam advertências por usarem camisas durante a cerimônia do hino nacional antes do GP da Hungria. Sebastian Vettel, Carlos Sainz, Lance Stroll e Valtteri Bottas foram chamados para ver os comissários após a prova e todos receberam a mesma penalidade.

Se algum dos pilotos receber mais duas penas relacionadas à direção nesta temporada, eles receberão uma punição de grid.

Leia também:

Os pilotos devem usar camisas apenas na primeira parte das cerimônias e removê-las antes do hino nacional. Eles argumentaram que, nas condições agitadas e chuvosas antes do início, se esqueceram de tirá-las.

A decisão de penalizá-los por exibirem mensagens causou polêmica nas redes sociais, mas Masi afirma que todos conhecem as regras desde o início da temporada de 2021.

"No início deste ano, esclarecemos", disse ele. "E após discussão interna com a FIA e a F1, dissemos que queríamos continuar dando a todos os pilotos a oportunidade de mostrar efetivamente seu apoio ao We Race as One da maneira que desejassem. No entanto, o hino nacional deve ser respeitado e devem vestir seus trajes de corrida."

“Ficou esclarecido e bem claro que assim que esse momento fosse exibido e os pilotos mostrassem seu reconhecimento, teriam de tirar a camisa ou qualquer outra coisa que vestissem e ir ao hino nacional com o uniforme."

"Tem sido o mesmo para uma série de eventos. Este é o primeiro em que aconteceu desde então e todos os que mantiveram suas camisas, não apenas Sebastian, receberam uma advertência por não seguirem as instruções do diretor da prova."

"Foi observado por várias pessoas, incluindo o delegado da mídia que estava lá. Eu na televisão. Foi de mim para os comissários: uma violação e por isso foi uma pena pela primeira vez."

Questionado pelo Motorsport.com se uma reprimenda que pudesse desencadear uma penalidade no grid era uma punição muito forte, Masi respondeu: "Você olha para todas as punições com base no que é. Repreensões são o castigo mais baixo além de uma advertência, que na verdade, é um aviso."

"Você precisa ter duas penas de pilotagem e uma de não para finalmente chegar a uma castigo de posições", concluiu.

F1 2021: Hamilton MAL, mas na PONTA, Verstappen VIVO com carro ESTROPIADO e mais | RETA FINAL

Assine o canal do Motorsport.com no Youtube

Os melhores vídeos sobre esporte a motor estão no canal do Motorsport.com. Inscreva-se já, dê o like (joinha) nos vídeos e ative as notificações, para sempre ficar por dentro de tudo o que rola em duas ou quatro rodas.

PODCAST: Como Verstappen se encaixa entre rivais históricos de Hamilton?

 

SIGA NOSSO PODCAST GRATUITAMENTE:

compartilhar
comentários
F1: Entenda a extensão dos danos no carro de Verstappen após a batida na Hungria
Artigo anterior

F1: Entenda a extensão dos danos no carro de Verstappen após a batida na Hungria

Próximo artigo

F1: Honda examinará se é possível consertar motor rachado de Verstappen

F1: Honda examinará se é possível consertar motor rachado de Verstappen
Carregar comentários