F1: Mercedes e Red Bull 'encerram' Abu Dhabi e falam sobre rivalidade em 2022

Chefes das equipes deixaram polêmicas de corrida final de 2021 para trás e apontaram para novas batalhas com o regulamento revisado

Carregar reprodutor de áudio

Após um final de temporada cheio de polêmicas, não só na pista como também nos bastidores, os chefes de Mercedes e Red Bull, Toto Wolff e Christian Horner, acreditam que é hora de seguir em frente na Fórmula 1 e esperam um 2022 tão emocionante quanto o último ano. O próximo campeonato reserva uma das maiores mudanças de regulamento da história da categoria. 

A aerodinâmica dos carros foi modificada - com a volta do efeito solo - para garantir que haja mais disputas roda a roda e a diminuição do ar sujo - que impede que os pilotos sigam uns aos outros de perto. Isso pode embaralhar o grid e criar novas rivalidades.

Leia também:

"Tem se falado tanto sobre Abu Dhabi (última corrida de 2021, que decidiu o título entre Max Verstappen e Lewis Hamilton) que chegou a um ponto realmente prejudicial para todos nós, partes interessadas da F1", disse Wolff na coletiva de imprensa da primeira sessão de pré-temporada. "Fechamos o capítulo e vamos pensar em 2022. O jogo começou de novo, está tudo zero a zero, e haverá novas oportunidades e riscos."

"Às vezes, [a rivalidade] fica feroz e brutal, mas há muito em disputa. É um mundial e há a luta na pista e fora dela por vantagens, mas precisamos seguir em frente", acrescentou.

Toto Wolff, Team Principal and CEO, Mercedes AMG

Toto Wolff, Team Principal and CEO, Mercedes AMG

Photo by: Carl Bingham / Motorsport Images

Para Horner, as batalhas da última temporada foram importantes para a volta da Fórmula 1 ao topo da audiência e do interesse de patrocinadores. Segundo ele, essa crescente pode continuar em 2022 com as novas regras e possíveis rivalidades surgindo em um grid mais equilibrado.

"Acho que talvez compartilhemos diferenças de opinião sobre Abu Dhabi, mas tudo está feito e deixado para trás, e todo o foco de agora é em 2022”, comentou o chefe da Red Bull também na coletiva. "Eu acho que 2021 foi bem documentado, o que vimos no ano passado foi uma competição fantástica da primeira à última corrida."

"Creio que isso tenha sido parte fundamental do renascimento da popularidade da F1 e, certamente, esperamos que o próximo ano seja igualmente emocionante."

"Acredito que possam haver outros concorrentes se juntando a essa batalha. Então, é uma redefinição completa. É sem dúvida a maior mudança de regulamento nos últimos 40 anos, mas tenho certeza que a intensidade da rivalidade entre times e pilotos será mais pertinente do que nunca."

Christian Horner, Team Principal, Red Bull Racing, lifts the Constructors trophy on the podium

Christian Horner, Team Principal, Red Bull Racing, lifts the Constructors trophy on the podium

Photo by: Steven Tee / Motorsport Images

Os novos carros da F1 'estrearam' na pista já nesta quarta-feira (23), com os testes de Barcelona. Charles Leclerc, da Ferrari, liderou a tabela de tempos da primeira sessão, seguido de Lando Norris (McLaren) e George Russell (Mercedes). Na parte da tarde, Norris superou o monegasco e ficou com o primeiro lugar geral do dia.

Apesar de já ter 'lançado' o carro antes, a Red Bull finalmente apresentou a versão 'real' do RB18 ao sair dos boxes. No evento oficial em 9 de fevereiro, mostrou apenas um show car da FIA com sua tradicional pintura.

F1 2021: Ferrari agressiva? Mercedes favorita? E a Red Bull? Rico Penteado avalia carros de 2022 | TELEMETRIA

Assine o canal do Motorsport.com no YouTube

Os melhores vídeos sobre esporte a motor estão no canal do Motorsport.com. Inscreva-se já, dê o like ('joinha') nos vídeos e ative as notificações para ficar por dentro de tudo o que rola em duas ou quatro rodas.

Podcast #162: Quais outras rivalidades podem implodir na F1 em 2022?

 

ACOMPANHE NOSSO PODCAST GRATUITAMENTE:

compartilhar
comentários
F1: Hamilton é flagrado 'espiando' garagem da Red Bull e outras equipes nos testes de Barcelona
Artigo anterior

F1: Hamilton é flagrado 'espiando' garagem da Red Bull e outras equipes nos testes de Barcelona

Próximo artigo

Pré-temporada F1 2022: Norris lidera primeiro dia de testes em Barcelona e Verstappen é o piloto com mais voltas

Pré-temporada F1 2022: Norris lidera primeiro dia de testes em Barcelona e Verstappen é o piloto com mais voltas