F1: Mercedes revisará sistema de freio após erro de Hamilton em Baku

Diretor técnico da equipe afirmou que se sente no dever de dar carro ao inglês que seja mais difícil de cometer erros

F1: Mercedes revisará sistema de freio após erro de Hamilton em Baku

Lewis Hamilton admitiu culpa pelo erro no reinício do GP do Azerbaijão de Fórmula 1, mas o diretor técnico da Mercedes, Mike Elliott, disse que a equipe compartilha parte dessa culpa e fará alterações em seu sistema para a próxima corrida.

Leia também:

“Lewis fez todas as coisas certas”, disse Elliott. “Ele colocou o carro no grid, desligou os vários botões e configurações de que precisava desligar, ligou os que precisavam ser ligados, estava tudo pronto para começar a corrida corretamente.”

“Ele teve um início fantástico, colocou-se ao lado de Pérez e, como eles estavam mudando de posição, Lewis desviou e, no processo de desviar, apenas apertou o ‘botão mágico’ e, infelizmente, não percebeu que tinha feito isso.”

"Então, ele não tinha consciência de que teria um problema."

Embora Hamilton tenha assumido a culpa pelo erro, Elliott disse que a equipe revisaria suas práticas para torná-las mais difíceis de serem repetidas no futuro.

“Eu sei que Lewis meio que se sente culpado por isso”, disse Elliot. “Mas a realidade é que ele comete tão poucos erros e isso é o que realmente o diferencia dos outros pilotos.”

“É nosso dever tentar dar a ele um carro onde seja mais difícil para ele cometer erros. Precisamos dar nossa parte nisso, ver como podemos melhorar e isso é algo que colocaremos em prática para a próxima corrida.”

F1: Entenda em DETALHES o funcionamento do BOTÃO que levou a ERRO dramático de HAMILTON em BAKU

Assine o canal do Motorsport.com no YouTube

Os melhores vídeos sobre esporte a motor estão no canal do Motorsport.com. Inscreva-se já, dê o like ('joinha') nos vídeos e ative as notificações, para sempre ficar por dentro de tudo o que rola em duas ou quatro rodas.

PODCAST: Erro de Hamilton mostra um campeão sob pressão?

 

compartilhar
comentários
F1- Rosberg rejeita futuro como chefe de equipe por causa de Wolff: “Isso não é para mim”
Artigo anterior

F1- Rosberg rejeita futuro como chefe de equipe por causa de Wolff: “Isso não é para mim”

Próximo artigo

F1: Hill diz que Pérez tem bom ritmo de corrida e não é como Bottas

F1: Hill diz que Pérez tem bom ritmo de corrida e não é como Bottas
Carregar comentários