F1: Mercedes se vê entre lealdade a Hamilton e necessidade de se preparar para futuro

Parceria entre o heptacampeão e a equipe alemã foi estendida por mais um ano

F1: Mercedes se vê entre lealdade a Hamilton e necessidade de se preparar para futuro

Embora o contrato de Lewis Hamilton tenha acabado de ser prorrogado por mais um ano na Fórmula 1, questão dos pilotos da Mercedes para 2022 já está sendo levantada e o chefe da equipe, Toto Wolff, deve fazer um equilíbrio entre respeitar a vontade do heptacampeão mundial e a necessidade de se preparar para o futuro.

Após vários meses de suspense Hamilton e a escuderia alemã renovaram seu contrato. O que surpreendeu, no entanto, foi a duração do acordo, cobrindo apenas o ano de 2021.

Leia também:

Toto Wolff declarou logo após o anúncio que a vontade era de continuar a parceria além desta temporada, mas que muitos parâmetros foram levados em consideração em ambos os lados.

Alguns, portanto, viram esta curta duração como uma forma do piloto britânico se preparar para a aposentadoria da Fórmula 1 no final da próxima campanha. Questionado sobre o assunto, Wolff respondeu: "Acho que realmente é uma decisão de Lewis. Enquanto ele gostar de correr, acho que ele é genuinamente capaz de ir mais longe. Ele segue progrindo como piloto. Ele está cuidando de si mesmo em termos de treinamento físico e preparação mental, então eu não acho que em termos de capacidade isso vai acabar em 2021. Mas no final do dia, a decisão é dele. "

“Em termos contratuais, claro, não vou entrar em detalhes, mas sempre estivemos bem próximos do que o outro lado esperava. E para mim, ele é o melhor piloto. E ele conquistou sete títulos, sem cometer grandes erros nos últimos anos. Como muitos dentro da equipe e da organização como um todo, ele é um pilar importante do sucesso da equipe. "

“E, por outro lado, Lewis também reconhece que é uma das 2.000 pessoas que temos em nossa equipe, e que não existem apenas duas estrelas, mas 2.000. E cada um de nós contribui para o sucesso da equipe. E então, como ele tem uma visão global do mundo como um todo, tem sido um ano muito difícil, para nós pessoalmente, em termos de saúde, e também economicamente. Então ele sabia que mesmo que tivesse sido eficiente do seu lado, existe uma realidade financeira e econômica que é importante respeitar”, disse.

O fim da parceria de Hamilton no final da temporada de 2021 inevitavelmente levanta especulações na questão que envolve George Russel dentro do programa da Mercedes, e/ou possivelmente a chegada de Max Verstappen, cujo contrato assinado com a Red Bull em 2019 foi anunciado até 2023. "Eu acho que é Lewis tem que decidir o que o futuro reserva para ele”, disparou Wolff quando o assunto começou.

“É por isso que não quero comentar sobre a posição de Lewis. Por outro lado, a equipe tem que decidir a longo prazo o que faremos com os pilotos. Valtteri (Bottas) e Lewis têm 100 % de nós no que diz respeito a compromisso e lealdade para 2021. Vamos apoiá-los totalmente.”

"E então olharemos para além deste ano e esclareceremos o alinhamento que imaginamos para 2022 em diante. E nossas primeiras discussões serão com Valtteri e Lewis, respeitando nossos valores de lealdade e integridade. Mas, por outro lado, jovens pilotos são o futuro, por isso temos que pensar em como queremos nos organizar para os próximos anos”, concluiu.

CORRIDAS aos SÁBADOS ganham força e podem ESTREAR na F1 em 2021; congelamento de motores é APROVADO

PODCAST #088 - F1 na Band e o 'fico' de Hamilton: o que esperar de 2021?

 

Nova parceria com ThePlayer.com, a melhor opção para apostas e diversão no Brasil

Registre-se gratuitamente no ThePlayer.com e acompanhe tudo sobre Fórmula 1 e outros esportes! Você confere o melhor conteúdo sobre o mundo das apostas e fica por dentro das dicas que vão te render muita diversão e também promoções exclusivas. Venha com a gente!

compartilhar
comentários
F1 aprova congelamento dos motores para 2022; equipes se mostram abertas à adoção de corridas sprint

Artigo anterior

F1 aprova congelamento dos motores para 2022; equipes se mostram abertas à adoção de corridas sprint

Próximo artigo

ANÁLISE: Equipes de F1 enfrentam dramas nas viagens devido Covid-19

ANÁLISE: Equipes de F1 enfrentam dramas nas viagens devido Covid-19
Carregar comentários

Sobre esta matéria

Categoria Fórmula 1
Pilotos Lewis Hamilton
Equipes Mercedes
Autor Fabien Gaillard