Fórmula 1
25 set
Corrida em
15 Horas
:
53 Minutos
:
03 Segundos
R
GP de Portugal
23 out
Próximo evento em
26 dias
04 dez
Próximo evento em
68 dias
R
GP de Abu Dhabi
11 dez
Próximo evento em
75 dias

F1: Mercedes sobra na pista e Hamilton lidera TL1 do GP da Hungria

compartilhar
comentários
F1: Mercedes sobra na pista e Hamilton lidera TL1 do GP da Hungria
Por:
, Repórter

Volta mais rápida de Hamilton foi feita com pneus duros que já tinham dez voltas de uso

Depois de duas etapas na Áustria, chegou a hora de uma troca de ares para a Fórmula 1, que levou o circo para a Hungria, uma das pistas clássicas da categoria, sede de grandes momentos da história da categoria, como a ultrapassagem de Piquet em cima de Senna em 1986. E na abertura das atividades do final de semana, com o TL1, a Mercedes sobrou na pista, fazendo mais uma dobradinha, com Lewis Hamilton na frente.

O GP da Hungria deste final de semana ganha uma importância ainda maior dentro da temporada, já que representa uma pista de condições totalmente opostas das que as equipes estavam acostumadas. No lugar de uma pista de alta como o Red Bull Ring, o Hungaroring tem uma média de velocidade bem mais baixa. Com isso, conseguimos ter uma noção melhor sobre onde cada equipe se encaixa dentro do grid.

Leia também:

A semana entre o GP da Estíria e o GP da Hungria foi marcada por polêmicas e rumores, a começar pela própria F1 como um todo.

Na sexta anterior, o governo húngaro endureceu as normas de entrada e permanência no país à cidadãos de fora da União Europeia devido à pandemia. Com isso, a situação das pessoas do Reino Unido, que compõem a maior parte do contingente da F1, ficou mais difícil. Sob risco de tomar uma multa ou até ser preso, essas pessoas têm a circulação restrita no país, podendo ir apenas do hotel para o circuito e de volta para o hotel.

Enquanto isso, a bolha de isolamento da F1 foi quebrada novamente por Valtteri Bottas que, ainda durante as entrevistas pós-GP da Estíria, anunciava que voltaria de novo para Mônaco tirar dois dias de folga antes de se juntar novamente aos companheiros de Mercedes. Na semana passada, a equipe levou uma advertência pela atitude de Bottas. Por enquanto, a Federação não se manifestou sobre o caso.

Enquanto isso, o mercado de pilotos esquentou ainda mais. Enquanto Bottas e Mercedes estão próximos de manter a parceria por mais um ano, rumores vindos da imprensa alemã apontam que Vettel pode estar próximo da Racing Point / Aston Martin, para ocupar o lugar de Sergio Pérez, que já estaria olhando as opções restantes no grid, como Haas e Alfa Romeo.

Na Ferrari, o clima novamente não era dos melhores. Após introduzir algumas atualizações para o GP da Estíria, que não renderam muito, a equipe trouxe o resto das novidades previstas para esse GP, na esperança de mudar sua situação, mas Vettel afirmou na coletiva da quinta-feira que não causaria uma mudança tão grande na performance do SF1000.

Dentro da pista, algumas coisas mudaram também. Após o excesso de voltas deletadas no GP da Áustria por abuso do limite de pista, a FIA se mexeu para evitar uma situação dessas novamente. A direção de prova enviou um documento às equipes afirmando que, caso um piloto ultrapassasse o limite de pista mais de três vezes, tomaria uma advertência, além de ter que se apresentar à direção, correndo o risco de tomar uma punição.

Apesar do treino ter acontecido com pista seca, a madrugada na Hungria foi marcada por chuva. Com menos de 30 segundos no relógio, quase metade do grid já estava na pista para as primeiras voltas de instalação, com as duas Ferraris, as duas Renaults e as duas McLarens entre elas.

Algumas equipes, como a Renault e a Alfa Romeo aproveitaram os primeiros minutos para testar suas atualizações. Para a equipe suíça, isso levou ao retorno de Robert Kubica aos cockpit. Após andar no TL1 do GP da Estíria no lugar de Antonio Giovinazzi, hoje ele ocupou o carro de Kimi Raikkonen para a sessão.

A primeira volta rápida do final de semana foi de Max Verstappen com a Red Bull, marcando 01min19s536, com pneus duros. Vale lembrar que o holandês foi o pole position de 2019. Logo após completar a volta, Verstappen foi ao rádio avisar a equipe que o carro estava baixo demais. O piloto da Red Bull conseguiu baixar seu tempo nas voltas seguintes para 01min18s383.

A dupla da Mercedes foi uma das últimas a sair dos boxes, já com 15 minutos transcorridos. Mas, logo na primeira tentativa, Valtteri Bottas saltou para a ponta, com 01min17s765. Apesar de Hamilton ter baixado o tempo do companheiro, o finlandês deu o troco com uma volta voadora, 01min16s559, abrindo quase nove décimos de dianteira.

Com um terço de treino transcorrido, Hamilton liderava uma dobradinha da equipe alemã, com uma volta em 01min16s126, com 2s2 de vantagem para Verstappen, terceiro. Destaque para o sexto lugar de George Russell, mas com pneus macios. 

 

Nos minutos seguintes, Lando Norris e Daniil Kvyat foram ao rádio avisar que a chuva começava a aumentar na parte de trás do circuito. Sem relação com a chuva, na saída da Curva 1, Robert Kubica foi o primeiro a ver a pista ao contrário.

 

O aumento da chuva levou os pilotos aos boxes na marca de 50 minutos para o fim da sessão. Romain Grosjean reabriu as atividades com pouco mais de 40 minutos na contagem regressiva, mas ainda usando pneus para pista seca. O resto do grid seguiu o mesmo caminho, já que a chuva era localizada em um setor da pista e não mudou muito as condições.

Com 37 minutos para o fim, Bottas pulou para a frente com 01min16s089, apenas 0s037 a frente de Hamilton. Neste momento do treino, a maior parte do grid já estava com pneus macios, baixando seus melhores tempos. Apenas as duas Mercedes e as duas Racing Points tinham tempos de volta na casa de 01min16s.

Faltando 25 minutos na sessão, Hamilton tirou da cartola uma volta em 01min16s003 andando com pneus duros de 10 voltas e pulou para a ponta. Neste momento, apenas Pierre Gasly da AlphaTauri ainda não havia marcado tempo, e as imagens da transmissão davam a impressão de que o francês não sairia dos boxes no TL1.

 

O final do TL1 foi marcado por simulações de corridas das equipes, com os pilotos marcando tempos mais altos do que vinham fazendo até então.

No final das contas, Hamilton terminou o primeiro treino livre do ano na frente, com sua volta voadora de 01min16s003, feita com pneus duros. A dobradinha da Mercedes foi completa com Bottas em segundo, a 0s086 do companheiro de equipe. Fechando o Top 5, Pérez a 0s572 do tempo de Hamilton, Stroll, a 0s964 e Ricciardo, a 1s197. Vettel, Leclerc, Verstappen, Norris e Ocon completaram o Top 10 do TL1.

Cla Piloto Equipes Voltas Tempo Dif
1 United Kingdom Lewis Hamilton Mercedes 37 1'16.003  
2 Finland Valtteri Bottas Mercedes 37 1'16.089 0.086
3 Mexico Sergio Perez Racing Point 20 1'16.530 0.527
4 Canada Lance Stroll Racing Point 35 1'16.967 0.964
5 Australia Daniel Ricciardo Renault 28 1'17.200 1.197
6 Germany Sebastian Vettel Ferrari 26 1'17.238 1.235
7 Monaco Charles Leclerc Ferrari 29 1'17.404 1.401
8 Netherlands Max Verstappen Red Bull 28 1'17.435 1.432
9 United Kingdom Lando Norris McLaren 26 1'17.523 1.520
10 France Esteban Ocon Renault 35 1'17.615 1.612
11 Spain Carlos Sainz Jr. McLaren 32 1'17.675 1.672
12 Denmark Kevin Magnussen Haas 35 1'17.713 1.710
13 Thailand Alex Albon Red Bull 28 1'17.727 1.724
14 France Romain Grosjean Haas 35 1'17.890 1.887
15 Canada Nicholas Latifi Williams 31 1'17.969 1.966
16 Russian Federation Daniil Kvyat AlphaTauri 35 1'18.292 2.289
17 Italy Antonio Giovinazzi Alfa Romeo 30 1'18.425 2.422
18 United Kingdom George Russell Williams 29 1'18.574 2.571
19 Poland Robert Kubica Alfa Romeo 26 1'19.150 3.147

A F1 volta à pista novamente nesta sexta para o segundo treino livre para o GP da Hungria, que está marcado para as 10h, horário de Brasília. Acompanhe toda a cobertura do final de semana no Motorsport.com e não perca nosso Tempo Real do TL2.

E já deixe anotado: assim que acabar o TL2, corre para o YouTube do Motorsport para acompanhar o Sexta-Livre, com nossa equipe comentando o que aconteceu de mais importante no dia da F1 e da MotoGP.

DIRETO DO PADDOCK: A quinta-feira da F1 e da MotoGP

PODCAST: Guerra de bastidores na F1 e entrevista com Igor Fraga

 

Análise técnica: confira as últimas atualizações para o GP da Hungria

Artigo anterior

Análise técnica: confira as últimas atualizações para o GP da Hungria

Próximo artigo

Hamilton revela que conversou com pilotos que não ficaram de joelhos na Áustria

Hamilton revela que conversou com pilotos que não ficaram de joelhos na Áustria
Carregar comentários

Sobre esta matéria

Categoria Fórmula 1
Autor Guilherme Longo