Fórmula 1 GP da Hungria

F1: Ocon relata quebra de assento e voo “de quatro metros” após lambança de Zhou

Francês crê que voou “três ou quatro metros” após toque originado pelo piloto da Alfa Romeo

Esteban Ocon, Alpine A523

Esteban Ocon revelou que seu assento quebrou depois de ser jogado a “quatro metros” no ar durante o acidente na primeira curva que eliminou as duas Alpines do GP da Hungria de Fórmula 1 em 2023.

O piloto da Alfa Romeo, Guanyu Zhou, pareceu acionar o anti-stall quando tentou largar do quinto lugar no grid. Enquanto trabalhava para se recuperar, ele enfiou a frente na traseira de Daniel Ricciardo durante a frenagem na curva 1, em descida para a direita.

Leia também:

Isso projetou a AlphaTauri em Ocon e o eixo traseiro de sua Alpine foi lançado no ar. Ele pousou no sidepod do companheiro de equipe, Pierre Gasly.

Este último voltou aos boxes no final da primeira volta com falha no pneu traseiro direito, danos na asa traseira e um furo na tampa do motor.

Ele abandonou antes de Ocon ser retirado no final da volta seguinte. O vencedor do GP da Hungria de 2021 revelou mais tarde que seu assento havia quebrado como resultado do voo de “quatro metros”.

Ocon explicou: “Sofremos um golpe na curva 1. Foi um erro de Zhou. Isso nos levou a uma grande batida.

“Eu decolei, não sei, três metros, quatro metros nas rodas traseiras. Quando aterrissei, houve um grande golpe.

“Meu assento quebrou em pedaços, em duas partes. Então isso diz quanto foi o impacto.

“Infelizmente, os dois carros saíram depois disso. Essas são as consequências de correr atrás. As pessoas tendem a correr mais riscos. Nós sabíamos disso e sofremos com isso hoje.

“Vamos correr na próxima semana e isso é bom porque podemos esquecer rapidamente este fim de semana.”

Zhou recebeu uma penalidade de cinco segundos por iniciar a colisão e teve dois pontos de penalidade adicionados à sua licença. Os comissários argumentaram que o piloto da Alfa "causou uma reação em cadeia antecipadamente".

Eles acrescentaram: “Embora este tenha sido um incidente da primeira volta, onde alguma margem de manobra é dada aos pilotos que ficam presos no meio de vários carros, este incidente em particular não foi um desses.

“[Zhou] teve uma largada lenta e simplesmente não diminuiu o suficiente ao se aproximar da curva, resultando em uma colisão desnecessária.”

O chefe da equipe, Otmar Szafnauer, disse que foi “como jogar boliche” na curva 1. Sobre a quebra do assento de Ocon, ele acrescentou: “Eles são leves, feitos de carbono, então se você cair sobre eles da maneira certa, eles racham”.

Quer fazer parte de um seleto grupo de amantes de corridas, associado ao maior grupo de comunicação de esporte a motor do mundo? CLIQUE AQUI e confira o Clube de Membros do Motorsport.com no YouTube. Nele, você terá acesso a materiais inéditos e exclusivos, lives especiais, além de preferência de leitura de comentários durante nossos programas. Não perca, assine já!

Podcast #239 – O que esperar de Ricciardo em retorno à F1?

 

ACOMPANHE NOSSO PODCAST GRATUITAMENTE:

Faça parte da comunidade Motorsport

Join the conversation
Artigo anterior Verstappen faz rivais parecerem "grid da F2 contra carro de F1", diz chefe da Mercedes
Próximo artigo F1: McLaren reage a tese de favorecimento a Norris ante Piastri na estratégia do GP da Hungria

Principais comentários

Ainda não há comentários. Seja o primeiro a comentar.

Cadastre-se gratuitamente

  • Tenha acesso rápido aos seus artigos favoritos

  • Gerencie alertas sobre as últimas notícias e pilotos favoritos

  • Faça sua voz ser ouvida com comentários em nossos artigos.

Motorsport prime

Descubra conteúdo premium
Assinar

Edição

Brasil