F1- Pérez reclama de condições na Austrália e dispara: "Um dia teremos um grande acidente"

Piloto mexicano destacou que é necessário pensar em mudar o horário de largada da corrida em Melbourne já que havia pouca visibilidade

Sergio Perez, Red Bull Racing RB19

Zak Mauger / Motorsport Images

O piloto da Red Bull, Sergio Pérez, explicou como foi difícil a sua corrida de recuperação no GP da Austrália da Fórmula 1 e pediu às autoridades que evitem uma situação como a de Melbourne porque podem provocar um grande acidente: "A última relargada foi perigosa. Primeiro por causa do aquecimento e depois porque não conseguimos ver nada. Não podemos competir nessas condições."

Pérez subiu para a quinta posição no GP da Austrália depois de não conseguir completar uma única volta na classificação no sábado devido a uma falha no sistema de freios de seu RB19, segundo o próprio disse no final da sessão.

Leia também:

Para domingo, a Red Bull decidiu fazer modificações no carro do mexicano durante o período de parque fechado, obrigando-o a largar da área dos boxes, algo que faz pouca diferença já que deveria ter largado da posição 20.

Durante a corrida, Pérez foi recuperando posições até ficar em sétimo lugar, para depois subir para quinto devido ao incidente dos pilotos da Alpine na última relargada e a penalidade de cinco segundos de Carlos Sainz por fazer Fernando Alonso rodar.

"O objetivo era o controle de danos e é isso que conseguimos hoje", disse o piloto da Red Bull no final da terceira etapa do campeonato.

O mexicano destacou que as quatro zonas de DRS estavam dificultando seus avanços na corrida, além do aparecimento da primeira bandeira vermelha provocada pelo acidente da Williams de Alex Albon, que deu uma parada gratuita aos líderes e estragou qualquer jogo de estratégia.

“Foi uma grande, grande confusão com DRS no início, tive que correr muito mais riscos se quisesse progredir mais e provavelmente não teria terminado a corrida ou provavelmente poderia ter terminado um pouco um pouco acima", disse Perez.

Sergio Pérez, Red Bull Racing RB19

Sergio Pérez, Red Bull Racing RB19

Photo by: Lionel Ng / Motorsport Images

“Mas sim, foi uma aposta e o safety car nos prejudicou, porque todos pararam, então não havia muita estratégia que pudéssemos fazer e isso nos deixou um pouco fora de sincronia e significou uma corrida um pouco mais difícil à nossa frente a partir daquele momento", disse 'Checo'.

Pérez não teve dúvidas de que era preciso interromper a corrida com bandeira vermelha diante do caos da última relargada e destacou que também é necessário pensar em mudar o horário de largada da prova já que a visibilidade havia piorado.

“Sim, foi necessário porque houve muitos incidentes. No final, houve muitos incidentes e a bandeira vermelha foi necessária. O último reinício foi perigoso, primeiro por causa do aquecimento e depois porque não conseguíamos ver nada”.

“Não podemos competir nessas condições. Um dia haverá um grande acidente se não pudermos ver nada", concluiu.

GIAFFONE opina: Verstappen não quer ter amigos e lembra Alonso, RBR vai 'liberar' Pérez

Quer fazer parte de um seleto grupo de amantes de corridas, associado ao maior grupo de comunicação de esporte a motor do mundo? CLIQUE AQUI e confira o Clube de Membros do Motorsport.com no YouTube. Nele, você terá acesso a materiais inéditos e exclusivos, lives especiais, além de preferência de leitura de comentários durante nossos programas. Não perca, assine já!

Treinos que valem pontos? F1 vai 'longe demais' com entretenimento?

 

ACOMPANHE NOSSO PODCAST GRATUITAMENTE:

Faça parte da comunidade Motorsport

Join the conversation
Artigo anterior F1 - Alonso diz que tentou 'forçar erro' de Hamilton na Austrália: "Guiou de forma fantástica"
Próximo artigo F1: Horner vê bandeira vermelha no final do GP da Austrália como 'correta'

Principais comentários

Ainda não há comentários. Seja o primeiro a comentar.

Cadastre-se gratuitamente

  • Tenha acesso rápido aos seus artigos favoritos

  • Gerencie alertas sobre as últimas notícias e pilotos favoritos

  • Faça sua voz ser ouvida com comentários em nossos artigos.

Motorsport prime

Descubra conteúdo premium
Assinar

Edição

Brasil